2014

A Cátedra Meliá apresenta seu primeiro estudo sobre "Alavancas de Competitividade" do Setor Turístico O estudo analisa os valores intangíveis que compõem a experiência do turista e seu impacto sobre a marca turística da Espanha

Sob o lema "Comprometidos com nosso turismo" e a partir de mais de 3.000 entrevistas em 7 países, a rede hoteleira espanhola é a primeira a identificar os fatores mais valorizados pelos mercados emissores na hora de viajar para a Espanha, as oportunidades de melhorias e a visão do turista em relação ao serviço turístico da Espanha comparado aos destinos concorrentes.

SÃO PAULO, 28 de março de 2014 /PRNewswire/ -- O vice-presidente e CEO da Meliá Hotels International, Gabriel Escarrer, apresentou o primeiro estudo da Cátedra Meliá Hotels International de Estudos Turísticos, denominado "Alavancas de Competividade do Setor Turístico", com o qual a companhia hoteleira quer contribuir para o turismo. Acompanhado por personalidades como o Alto Comissariado de Marca da Espanha, Carlos Espinosa de los Monteros; a Diretora Geral da Turespaña, Marta Blanco; e o Vice-presidente Executivo da Exceltur, José Luis Zoreda; Escarrer apontou os fatores que compõem a experiência dos nossos turistas sobre o prisma: atendimento e serviço prestados ao cliente.

"O principal valor corporativo da Meliá é a vocação de nossos serviços - explicou o executivo - e por isso, estamos conscientes da importância de um serviço de excelência para satisfazer e, mais importante ainda, fidelizar os nossos clientes". A partir desta convicção, o estudo conclui que os atributos intangíveis que definem o caráter e estilo de vida espanhol, bem como o atendimento e serviço que oferecemos ao cliente representam 30% da experiência global do turista que viaja para a Espanha e analisa os aspectos que geram menos satisfação e os atributos mais valorizados pelos principais mercados emissores de viajantes para o país, e sua posição a frente dos destinos concorrentes.

O estudo foi realizado com base nos turistas europeus que visitaram a Espanha em uma ou mais ocasiões, a partir de mais de 3.000 entrevistas representando 7 nacionalidades, com uma precisão estatística superior a 98%. Com o alto valor da Espanha como destino turístico, alguns dos resultados demonstram certa mudança nas percepções dos viajantes internacionais sobre o país. Alguns dos aspectos constatados no estudo foram:

  • "Apesar da alta valorização dos fatores "tangíveis" como clima, praias, natureza, patrimônio cultural e gastronomia, em matéria de" atendimento e serviço ao cliente", ainda que com um alto e notável índice de satisfação, o país não cumpre com as expectativas criadas.
  • Destacam-se os atributos mais mencionados espontaneamente sobre a Espanha, como: destino, proximidade do mar, beleza das praias, gastronomia e cultura, bem como hospitalidade, amabilidade e simpatia.
  • As marcas-destino mais mencionadas são, nesta ordem e com notável diferença entre elas: Barcelona (top 5), Madrid (Top 20) e Mallorca (Top 40). Já os destinos: Canárias, Ibiza, Benidorm, Granada, Sevilha e Tenerife, Compostela, Marbella, Málaga, Menorca e Valência são os seguintes mencionados, em um ranking em que a Catalunha fica muito atrás de Barcelona.
  • Os clássicos estereótipos (touros, flamenco e sangria) não formam parte dos atributos mais mencionados espontaneamente.
  • No serviço, os valores que recebem pior índice de satisfação são os relacionados à profissionalização de nossos recursos humanos: Idiomas, qualificação profissional, conhecimento do destino e conhecimento em geral, eficácia, capacidade de resolução, etc.
  • O estudo registra uma grande diferença entre o nível de exigência e a satisfação pelo serviço prestado, que se acentua à medida que cresce a exigência do viajante, e o que requer uma reflexão ante a necessidade da Espanha de "competir por qualidade", incrementando a excelência da oferta.
  • Ainda que a Espanha mantenha uma cômoda vantagem frente a outros destinos concorrentes do Mediterrâneo nas preferências dos emissores europeus, País seguirá potencializando suas forças e melhorando suas carências detectadas.
  • Os britânicos e alemães valorizam, sobretudo, o Sol, a gastronomia, a hospitalidade e a amabilidade espanhola. Os italianos apreciam a diversão, alegria e calor humano. Os russos, por seu lado, escolhem a Espanha por praticamente tudo, o que permite prever que este mercado emissor continuará seu crescimento nos próximos anos.

No parágrafo de conclusões e desafios para a marca turística da Espanha, o vice-presidente da Meliá destacou a vontade desta linha de estudos em contribuir, por meio do conhecimento, à competitividade geral do setor que constitui a "locomotiva do crescimento" da Espanha e "proceder à ação" dos atores públicos e privados mais influentes. "Nosso modelo turístico, indicou "deve evoluir em direção a uma maior excelência" e, para isto, não podemos ter profissionais pouco excelentes". Além disto, acrescentou: "A Espanha não pode ser um destino commodity à custa das conjunturas do norte da África, e sim, uma marca turística de primeiro nível internacional e de excelência por si só".

Por sua parte, o Alto Comissário da Marca Espanha, Carlos Espinosa de los Monteros, elogiou o valor do Estudo apresentado. "Somos os melhores em valores que dizem respeito ao calor humano - como hospitalidade e proximidade - e devemos lutar para sermos também os melhores profissionais", acrescentou Espinosa. A Diretora Geral da Turespaña, Marta Blanco, destacou a oportunidade do bom momento do turismo em 2013 para que a Espanha se prepare para "um futuro com muito mais concorrentes e com a exigência de se diferenciar pela qualidade e excelência". José Luís Zoreda, vice-presidente executivo da Exceltur, acrescentou que "é fundamental melhorar a informação turística e o conhecimento dos clientes, cada vez mais exigentes. O estudo da Meliá contribui com tudo isso e coloca em foco a necessidade de maior cooperação público-privada para uma diferenciação por meio da excelência".

Sobre a Meliá Hotels International

A Meliá Hotels International foi fundada em 1956 em Palma de Mallorca (Espanha), e é uma das maiores companhias hoteleiras do mundo, além de líder absoluta do mercado espanhol. Atualmente, opera mais de 365 hotéis e 95.000 apartamentos em 40 países de 4 continentes, comercializados sob as marcas: Gran Meliá Hotels & Resorts, Meliá Hotels & Resorts, ME by MeliáInnside by MeliáTryp by Wyndham, Sol Hotels e Paradisus Resorts. Seu portfólio de produtos e serviços é complementado pelo Club Meliá, único clube de férias operado por uma companhia espanhola.

Sobre a Meliá Hotels International no Brasil

A Meliá Hotels International está no Brasil desde 1992 e mantém escritório corporativo em São Paulo. Atualmente, administra 15 empreendimentos localizados nas cidades de São Paulo, Angra dos Reis, Brasília e Campinas sob as marcas Meliá Hotels & Resorts e TRYP by Wyndham. A Meliá Hotels International Brasil vem atuando principalmente no segmento de hotéis "business" e também administra o Meliá Angra Marina & Convention, no segmento "resort".

Próximas Aberturas no Brasil: Meliá Barra (PE), Innside Barra (PE), Innside Santos (SP), TRYP Belo Horizonte (MG) e TRYP Itaboraí (RJ).

www.meliahotelsinternational.com

CONTATO: Denise Meyer
Diretora de Marketing / Marketing Director
Brasil
Meliá Hotels International
Tel.: (55-11) 3043-8484
E-mail: denise.meyer@melia.com.br

FONTE Meliá Hotels International

SOURCE Meliá Hotels International



RELATED LINKS
http://www.meliahotelsinternational.com

More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.