Maersk despacha os maiores navios porta-contêineres de 13.000 TEU para Antuérpia

ANTUÉRPIA, Bélgica, 23 de junho de 2011 /PRNewswire/ -- Os navios porta-contêineres que chegam ao porto de Antuérpia continuam a registrar uma série de "primeiras vezes". Na noite de 22 de junho, o navio Maersk Enfield ancorou em Antuérpia em sua viagem inaugural. Com capacidade para 13.000 TEUs (twenty-foot equivalent units -- unidades equivalentes a 20 pés), essa é a primeira vez que uma empresa dinamarquesa, a Maersk Line, despacha navios desse porte para Antuérpia. Esse aumento em escala demonstra a grande confiança que o porto de Antuérpia passou a inspirar nas empresas, depois de completada a terceira fase de aprofundamento do rio Escalda. "O aprofundamento do rio acabou se tornando um sucesso comercial. Agora somos concorrentes de nível superior, com os maiores navios de contêineres do mundo atracando com confiança em Antuérpia", declarou o encarregado municipal do porto e presidente da Autoridade Portuária, Marc Van Peel.

Antuérpia tem visto um aumento espetacular da quantidade de navios porta-contêineres gigantes (ULCS -- ultra-large container ships) atracando em seu porto nos últimos meses. Graças ao aprofundamento do rio Escalda, esses navios gigantes podem navegar com calados de até 13,10 metros, independentemente da maré. Com margens deixadas para a maré, o calado máximo, no momento, passa a ser de 15,50 metros. No final de 2009, o calado máximo (dependente da maré) era de 14 metros. Por causa do aprofundamento, as companhias de navegação podem, agora, aumentar a carga de seus navios em 1.500 TEUs para atracar no porto de Antuérpia. A Comissão Permanente para a Navegação no Escalda vai continuar a rever as condições de acesso ao porto. Nesse meio tempo, a comissão está investigando a possibilidade de reduzir as percentagens para quilhas, quando passarem pelos "limiares" de acesso ao mar.

Ao dar a preferência ao porto de Antuérpia, as companhias de navegação optam não apenas por acessibilidade, mas também por sustentabilidade. "Nossa localização bem afastada do mar é altamente apreciada, sob esse aspecto", declarou Marc Van Peel. "Antuérpia fica a 100 quilômetros mais afastada do mar do que outros portos na faixa que vai de Hamburgo a Le Havre. Isso possibilita o uso máximo do transporte por navio, reduzindo o uso de transporte rodoviário ou ferroviário, o que significa economias de tempo e de custos, além dos ganhos com redução das emissões de carbono. Essa é uma vantagem importante para as companhias de navegação que se esforçam para ganhar em sustentabilidade", ele concluiu.

Durante sua estada em Antuérpia, o navio Maersk Enfield vai ficar ancorado da doca Deurganck à margem esquerda. Após 24 horas de sua chegada, vai partir para Felixstowe, no Reino Unido.

FONTE  Port of Antwerp

FONTE Port of Antwerp

SOURCE Port of Antwerp




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.