Manly Manners -- o livro arrojado, sexy e intelectualmente instigante sobre estilo de vida e etiqueta para homens modernos do Senador Wayne James -- a ser lançado em novembro de 2014

NOVA YORK, 18 de junho de 2014 /PRNewswire/ -- "Com licença, 'Srta. Boas Maneiras'— por favor!  Boas maneiras é coisa de homem. E agora há um homem a cargo disso", declara Wayne James, ex-senador e autor de Manly Manners:  Lifestyle & Etiquette for the Young Man of the 21st Century (Boas Maneiras Masculinas: Etiqueta para o Jovem Homem do Século XXI [em tradução livre]). O livro é elegante e sofisticado, mas arrojado; sexy e espirituoso, mas com pesquisas meticulosas e amplamente informativo; clássico, embora iconoclasta; espiritual, às vezes, irreverente, outras; e tanto intelectualmente instigante quanto de causar espanto. E o que realmente é de tirar o chapéu é o jovem e musculoso brasileiro com peito nu na capa do livro, cuja jovialidade serve para incitar jovens homens comuns do século 21 — seus contemporâneos — a pegar e ler um livro sobre boas maneiras.  Manly Manners responde abertamente a perguntas e trata de assuntos que muitos homens adultos têm muita vergonha de, até mesmo, mencionar — mas que gostariam de fazer.  Todo um capítulo, por exemplo, é devotado ao assunto do sexo; e nele discute-se tudo desde a etiqueta associada com sexo casual e espontâneo até o sexo para o propósito aparentemente divino da procriação, e desde masturbação até como — e quando — pagar por um garoto ou garota de programa (onde seja legal, é claro!).  O livro também identifica, explora e oferece uma solução para o medo subconsciente, pequeno e sujo do homem do século XXI — descrito por James como "O Obsoleto Masculino" — a conclusão ao "problema que não tem nome" feminino desvelado por Betty Friedan em seu livro revolucionário de 1963, A Mística Feminina. Manly Manners, então — de capa a capa — é diferente de qualquer outro livro sobre boas maneiras.

Foto - http://photos.prnewswire.com/prnh/20140617/119050

Deve uma taça de vinho tinto ser segurada de um modo, e uma taça de vinho branco, de outro? Como um cavalheiro poderia sugerir um enema antes de se envolver em sexo anal? O homem deve ir atrás ou adiante de uma moça ao subir um lance de escadas? A regra muda ao descer as escadas? Como um homem identifica seu talento — essa coisa com a qual ele nasceu para realizar e que é geneticamente predisposto a fazer melhor que qualquer outra pessoa na face da Terra?  Quais são as diretrizes novas e emergentes para o planejamento de um casamento entre pessoas do mesmo sexo?  Como o marido de um barão ou conde deve ser tratado? (Certamente, não como "baronesa" ou "condessa"!). O marido de um presidente ou governador seria um "Primeiro-Cavalheiro"?  Com o que se come caviar melhor: com uma colher de prata ou de plástico?  Qual é a diferença entre o vin santo e o amarone? O que um rapaz jovem deve fazer se tiver uma ereção durante uma massagem profissional? Virar de costas ou fingir-se de morto?  Muitos homens ocidentais usam garfos e vestem calças, mas quantos conhecem as origens bizantinas do garfo, ou que as calças têm sua origem nas culturas que costumavam andar a cavalo do Oriente? E o que distingue um traje sob encomenda de um sob-medida? Tais assuntos — e muitos outros, alguns mais triviais, outros muito mais secretos — são tratados nos 20 capítulos e mais de 800 páginas de Manly Manners. O livro é dividido em duas partes, a Parte I é voltada para o desenvolvimento do homem espiritual, interior; e o foco da Parte II está no homem social, exterior. A premissa do autor é que a ética deve preceder a etiqueta na jornada de um cavalheiro rumo ao refinamento. Para esse fim, este livro sobre maneiras mergulha em assuntos como quanto se a divindade — que, a propósito, contribui para as boas maneiras — é algo exclusivo de Jesus Cristo ou se é direito de nascimento de todos os seres humanos, bem como fornece orientação sobre as complexidades de alguém se conduzir corretamente à mesa em uma jantar formal.

"Meu objetivo era escrever um livro que não desse para parar de ler: um livro de consulta que seja como uma romance de suspense, ou como o roteiro de um documentário da Discovery Channel", declarou James. "Manly Manners fornece orientação prática: por exemplo, como escrever uma carta para terminar um relacionamento ou para reconciliação; ou como lidar com bullying; ou como se conduzir quando detido por um policial; ou como usar a mídia social de maneira responsável; ou o que esperar quando for convidado a um jantar na Etiópia ou um funeral na China." 

Publicado pela i-Universe, uma filial da Pearson, empresa controladora da Penguin Books, Manly Manners estará disponível em formato capa dura e brochura na Barnes & Noble (www.barnesandnoble.com ou www.bn.com ) e Amazon.com a partir de novembro de 2014.  O livro também será oferecido em formato e-book.  E, a fim de fornecer orientação em tempo real para jovens rapazes em todo o mundo que venham a ter perguntas sobre assuntos pertinentes ao estilo de vida e à etiqueta dos homens, James criou um blog em manlymanners.wordpress.com.  

Wayne James, nascido em St. Croix, não é estranho aos mundos do estilo, da diplomacia e da cortesia.  Em março de 1987, enquanto estava em seu último semestre na faculdade de direito da Georgetown University, James apresentou sua primeira coleção de moda na Anita Shapolsky Gallery no bairro SoHo de Nova York. Uma semana depois, Bergdorf Goodman, possivelmente o varejista de moda mais perspicaz do mundo, comprou os direitos exclusivos da coleção; James concluiu sua faculdade de direito em maio; e suas peças foram vendidas na famosa Fifth Avenue de Nova York em julho daquele ano.  Um ano mais tarde, em 1988, James foi elogiado por Nina Hyde, editora de moda do Washington Post como "uma das estrelas em ascensão entre os jovens designers de Nova York". Em 1999, James criou a Homeward Bound Foundation, a organização que colocou o Monumento Middle Passage no fundo do Oceano Atlântico para servir como lápide para, estima-se, milhões de africanos que pereceram na rota para o Novo Mundo a bordo de embarcações de escravos entre os séculos XV e XIX. Ele seria condecorado naquele ano com a Medalha Internacional Humanitária em Paris por seus esforços com a fundação.  Em 2008, James foi eleito senador das Ilhas Virgens dos Estados Unidos e atuou como oficial de ligação do Senado com a Casa Branca.  Desde janeiro de 2011, Wayne James tem vivido em três continentes, devotando seu tempo integral à escrita de Manly Manners:  Lifestyle & Etiquette for the Young Man of the 21st Century.

"Além de ter crescido em uma família com uma longa tradição em boas maneiras e estilo, toda minha vida tem me preparado para escrever Manly Manners", afirmou James. "Nunca tive medo de viver minha vida — do meu jeito — abraçando todas as suas vicissitudes e tornando-me mais forte e sábio a cada etapa do caminho. Meu objetivo é ensinar jovens rapazes o que eu fui ensinado e o que descobri por mim mesmo nessa grande jornada chamada vida. E uma coisa é certa:  Boas maneiras talvez não tornem alguém homem, mas certamente, cavalheiro", concluiu James.

Contato: Wayne James +1-917-756-7817
e-mail: wagj91461@hotmail.com

FONTE Wayne James

SOURCE Wayne James




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.