Primeiro trem contêiner da China para o Porto de Baku transformará o comércio entre Europa e Ásia

Aug 04, 2015, 08:30 ET from Port of Baku

BAKU, Azerbaijão, 4 de agosto de 2015 /PRNewswire/ -- Na segunda-feira, o primeiro trem contêiner em bloco da China chegou ao Porto de Baku no Azerbaijão. A cerimônia de boas-vindas ao novo terminal de ferry-boat contou com a presença de importantes autoridades do Azerbaijão, Cazaquistão e Geórgia, bem como representantes dos seus portos, empresas de transportes ferroviários e marítimos e membros dos corpos diplomáticos nacionais.

O primeiro trem do noroeste da China para o Azerbaijão resultou de um esforço conjunto do Comitê de Coordenação no desenvolvimento da Rota Internacional Transcaspiana de Transporte (Trans-Caspian International Transport Route - TITR). O Comitê teve início com a Kazakhstan Railways e abrange portos, ferrovias, empresas logísticas e de transportes marítimos do Azerbaijão, Cazaquistão, Geórgia, Turquia e China.

O trem, transportando 82 contêineres de vinte pés, partiu da cidade de Shihezi, na Região Autônoma de Xinjiang Uygur da China em 28 de julho, viajando mais de 4.000 km antes de chegar ao porto do Mar Cáspio de Aktau, no Cazaquistão. De lá, o trem foi transportado por ferry-boat para o novo Porto de Baku no Alyat, 70 km ao sul da capital do Azerbaijão, Baku.

O governo do Azerbaijão está construindo um novo e avançado complexo portuário perto de Alyat que inclui zonas de logística, um estacionamento TIR seguro, instalações de uma base de abastecimento de petróleo de uso comum e áreas alfandegárias. O novo porto abrange uma área total de 400 hectares. Esta construção faz parte de uma estratégia maior do presidente Ilham Aliyev do Azerbaijão para fortalecer a economia não petrolífera do país e diversificá-la dos hidrocarbonetos. Localizado nos cruzamentos estratégicos da Europa e Ásia e próximo a mercados consideráveis, como China, Turquia, Irã e Rússia, o Porto de Baku está prestes a se tornar o principal hub logístico e comercial da Eurásia.

Como players ativos no antigo comércio da Rota da Seda, os países sem litoral do Cáucaso e da Ásia Central têm como objetivo reavivar e impulsionar o antigo comércio terrestre entre a China e a Europa. A futura conclusão do projeto ferroviário Baku-Tbilisi-Kars ligando as redes ferroviárias do Azerbaijão, Geórgia e Turquia com a União Europeia, oferece novas oportunidades para o transporte de carga da China e do Extremo Oriente através de uma rota terrestre mais curta e rápida. A rota marítima atual da China Oriental para a Europa é de 30 a 35 dias. Os membros do Comitê de Coordenação pretendem diminuir o tempo de entrega porta a porta de mercadorias chinesas para a Europa para menos de 14 dias.

Contato:
Tural Aliyev
+1-310-570-2420
taliyev@portofbaku.com

FONTE Port of Baku

SOURCE Port of Baku



RELATED LINKS

http://www.portofbaku.com