A European Myeloma Platform [Plataforma Europeia de Mieloma] Aplaude a Aprovação do REVLIMID pela EMEA e Apoia as Iniciativas para pôr Rapidamente a Terapia Oral à Disposição dos Doentes em toda a Europa

21 jun, 2007, 16:08 BST De European Myeloma Platform

BRUXELAS, Bélgica, June 21 /PRNewswire/ --

A European Myeloma Platform (EMP), aplaude a decisão da EMEA de conceder autorização de comercialização do REVLIMID (lenalidomida) para tratamento de doentes com mieloma múltiplo que tenham recebido, pelo menos, uma terapia anterior. O REVLIMID é o primeiro medicamento de administração oral aprovado na Europa para doentes de mieloma múltiplo em mais de 40 anos e está a ajudar a mudar o paradigma de tratamento em doentes com mieloma múltiplo.

<< Estamos muito entusiasmados com a decisão da EMEA de aprovar o REVELIMID na Europa >>, disse o Dr. Rolf Pelzing, Vice-Chairperson, EMP. << Por experiência pessoal, posso confirmar os resultados positivos do REVLIMID no tratamento do mieloma múltiplo. O REVLIMID será uma importante opção nova para doentes com mieloma múltiplo em toda a Europa e vamos continuar a colaborar com as autoridades locais para garantir que todos os que precisam tenham acesso a esta terapia oral tão depressa quanto possível. >>

A EMP participou em várias reuniões com a EMEA para representar os interesses dos doentes de mieloma europeus e continuará a trabalhar com as entidades reguladoras locais para ajudar a garantir aprovações de reembolso. A EMP está também a trabalhar estreitamente com a International Myeloma Foundation (IMF) e a apoiar as suas iniciativas para informar e capacitar os doentes de mieloma em toda a Europa.

O mieloma múltiplo é uma forma rara de cancro das células do plasma. É a segunda forma mais comum de cancro de sangue e afecta cerca de 80 000 pessoas na Europa e calcula-se que mais 750 000 em todo o mundo. Não há cura para o mieloma, mas o tempo de sobrevivência e a qualidade de vida está a melhorar significativamente. Hoje em dia, os principais especialistas acreditam que as novas terapias orais do cancro podem dar aos prestadores de cuidados de saúde os instrumentos necessários para transformar o mieloma numa doença crónica que se possa gerir.

O REVLIMID com dexametasona esteróide está aprovado também nos EUA pela Food & Drug Administration (FDA) para doentes de mieloma múltiplo previamente tratados, bem como para doentes com síndromas mielodispásicas (MDS).

A EMP é uma organização chapéu-de-chuva dos grupos de apoio a doentes com mieloma. Segundo os princípios básicos da sua orientação, << Doentes pelos Doentes >>, é a única organização pan-europeia gerida por doentes e pelos seus familiares para outros doentes.

    
    Para mais informação contacte:
    Dr. Rolf Pelzing
    +49-2151-305170
    rolf.pelzing@t-online.de

FONTE European Myeloma Platform