A Isolux Corsán consegue seu primeiro grande contrato de geração elétrica na Ásia

20 jun, 2011, 12:33 BST De Isolux Corsan

MADRI, June 20, 2011 /PRNewswire/ --


  • Construirá uma central de geraçãoelétrica de 180 MW em Khulna, a terceira cidade industrial de Bangladesh, no valor de 110,3 milhões de euros

  • O grupo conta com uma ampla experiência emprojetos de geraçãoelétrica que somam mais de 3.000 MW

A Isolux Corsán consegue seu primeiro grande contrato de geração elétrica na Ásia. Trata-se da construção de uma central de geração elétrica de ciclo aberto de 180 MW potência em Khulna, terceira cidade industrial em Bangladesh, situada a 150 km da capital Dacca. O projeto, adjudicado pela empresa elétrica pública de Bangladesh, North-West Power Generation Company Ltd, será executado em um prazo de 22 meses. O montante do contrato é de 110,3 milhões de euros (160 M US$).

A ação enquadra-se dentro do Plano de Desenvolvimento Energético de Bangladesh, iniciado pelo governo de Hasina Wajed, atual presidenta e filha do fundador de Bangladesh, com o propósito de conseguir, em 2020, a eletrificação total do país. Bangladesh é o sétimo país mais populoso do mundo com 168 milhões de habitantes e um dos que também registra uma maior densidade de população com grandes necessidades energéticas.

A nova central elétrica que a Isolux Corsan construirá em Khulna produzirá eletricidade para satisfazer o consumo elétrico de uma população de 5 milhões de habitantes. A instalação será construída com tecnologia de última geração. O grupo executará também a ligação da central com a rede elétrica e as redes de gás e diesel existentes na zona.

A Isolux Corsán acumula uma ampla experiência na construção e entrada em operação de centrais de geração elétrica em: ciclo aberto, ciclos combinados, co-geração, de carvão, eólicas, fotovoltaicas, biomassa e hidráulicas. Os projetos, executados em diversos países da Europa, América Latina, África e Ásia, excederam os 3.000 MW. Neste sentido, a Isolux Corsán é uma das empresas líder em construção de projetos fotovoltaicos "chave na mão" com mais de 270 MWp instalados, entre eles a central fotovoltaica de Rovigo (Itália) considerada a maior da Europa.

O grupo executa atualmente na Argentina, as obras de duas centrais para a Enarsa com uma potência conjunta de 846 MW e uma central de carvão em Rio Turbio com tecnologia de leito fluido uma das menos poluentes. Também iniciou os trabalhos para a construção no departamento de Meta (Colômbia) de um complexo industrial que inclui uma central de bioetanol com capacidade de processamento de 2.100.000 Tn de cana/ano e uma central de co-geração elétrica de 50 MW a partir de resíduo de cana

Além disso, a empresa executou recentemente para o Governo de Angola uma central térmica flutuante com duas turbinas de gás de 100 MW em ciclo aberto, para abastecer à capital Luanda e ultima a construção da central de geração de gás dual fuel de Futila, com 80 MW de potência, entre outras realizações.

Posicionamento naÁsia

A construção da central de Khulna é o primeiro projeto que a Isolux Corsán desenvolverá em Bangladesh. Desta maneira, o grupo reforça sua presença no continente asiático, onde opera de maneira estável em países como a Arábia Saudita, Jordânia, Kuwait, Oman, Qatar , Síria e Índia. Neste último país, conta com 710 quilômetros de rodovias em concessão e construção, executando, também, várias linhas de transmissão de energia em Uttar-Pradesh e no estado de Maharashtra.

Sobre a Isolux Corsán

A Isolux Corsán é uma empresa global de referência nas áreas de construção, energia, concessões e serviços industriais. Desenvolve sua atividade em mais de 30 países de quatro continentes e é o primeiro grupo empresarial espanhol não negociado do setor da construção e da obra pública. As concessões de transporte de energia, rodovias e estacionamentos, bem como a construção de grandes infraestruturas, constituem seus principais pólos de crescimento. A Isolux Corsán conta com 3.812 quilômetros de linhas de transmissão no Brasil e nos USA. Possui 1.700 quilômetros de rodovias no Brasil, Índia, México e Espanha e conta com mais de 21.600 vagas de estacionamento em concessão. O grupo conta com uma dilatada experiência na construção e manutenção de grandes infraestruturas: rodoviárias, ferroviárias, construção civil, hidráulica e marítima e edificação residencial e não residencial. No setor energético, a Isolux Corsán é um dos maiores construtores mundiais de projetos EPC no setor fotovoltaico, com mais de 267 MW em operação em 2010. Conta com uma posição relevante entre as grandes construtoras de centrais de geração EPC com mais 3.000 MW construídos e em execução e destaca-se também em processos industriais, com a execução de projetos chave na mão no setor Oil & Gas e de centrais de biocombustíveis. Em 2010, A empresa registrou receitas superiores a 3.240 milhões de euros, um resultado bruto de exploração de 311 milhões de euros e uma carteira de negócio acumulada de 30.180 milhões de euros.

ISOLUX CORSÁN
Diretora de Comunicação:Isabel Saracho(+34-91-449-30-21) | isaracho@isoluxcorsan.com
Assessoria de imprensa Macarena Ramírez (+34-91-449-32-93) | mramirez@isoluxcorsan.com


FONTE Isolux Corsan