A Mina de Ouro Secreta do Comércio Cambial: Oito Formas de Alcançar o Sucesso e o Crescimento no Mercado do Comércio Cambial a Retalho

06 dez, 2012, 09:00 GMT De FOREX CLUB

MOSCOVO, December 6, 2012 /PRNewswire/ --

  • A FOREX CLUB apresenta um roteiro para o crescimento e o sucesso na indústria do comércio cambial a retalho
  • As perspectivas e recomendações aplicam-se a todos os principais intervenientes, incluindo uma apresentação de sociedades de corretagem, comerciantes, gestores de dinheiro e as próprias sociedades de corretagem

Na 10.ª Feira Internacional do Dinheiro e Financiamento em Xangai de 2012, a principal conferência anual sobre serviços financeiros na China, Demetrious (Dema) Zamboglou, Chefe de Cobertura e Quantidade na FOREX CLUB, referiu como alcançar um negócio e uma negociação no comércio cambial bem-sucedidas através da compreensão e adesão aos princípios das "Oito Minas de Ouro do Comércio Cambial"  Estes são os oito passos essenciais que as sociedades de corretagem, IBs, gestores de dinheiro e os próprios comerciantes devem aplicar para alcançar riqueza e sucesso no mundo do comércio cambial a retalho.  

     (Logo: http://photos.prnewswire.com/prnh/20120517/533090 )

Para visualizar a apresentação de acompanhamento, clique em http://www.multivu.prnewswire.com/mnr/prne/prnewswire/forex/To-Know-the-Eight-Secret-Golden-Fish-of-FX-English.pdf

As oito minas de ouro do comércio cambial são:

  1. Educação - as taxas do comércio cambial são influenciadas por diversos factores e a chave para o sucesso consiste em tomar decisões fundamentadas.  A educação é essencial para adquirir uma margem de previsão através da compreensão das ferramentas de análise técnica/fundamentais e do domínio de soluções de alto desempenho, aproveitando ao máximo integrar uma comunidade de negociação
  2. Execução - trata-se de um pré-requisito que tanto pode resultar como fracassar para negociações bem-sucedidas e é essencial para a prestação de serviços das sociedades de corretagem a todos os clientes. Os comerciantes e os investidores devem optar pelas melhores plataformas para execução para atingir entradas e saídas incisivas, atenuando derrapagens e garantido maiores retornos
  3. Preço - os comerciantes e os investidores devem procurar a transparência ao seleccionarem uma plataforma de uma sociedade de corretagem/negociação para aumentar a rentabilidade.  Os custos como as comissões podem ser obscurecidos por sociedades de corretagem menos escrupulosas
  4. Reputação - escute as aprovações de outros comerciantes e participantes na indústria ao seleccionar uma sociedade de corretagem e preste atenção às conversas que surgem nas comunidades de negociação online dos meios de comunicação social independentes reputáveis.  A reputação é fundamental para o sucesso mútuo  
  5. Transparência - Certifique-se de que os seus fundos estão seguros, independentemente de ser um corrector de apresentação, agente financeiro ou negociante.  Garanta que todos os custos, termos e condições são explícitos e que há uma gama dedicada e de confiança de serviços de apoio ao cliente disponíveis 24 horas, 7 dias por semana.
  6. Análises - Estar informado significa estar um passo à frente.  Acesso às melhores informações, em tempo real, e possuir as ferramentas correctas para as processar incita sucesso no comércio cambial e na indústria cambial como um todo
  7. Regulamentação - As sociedades de corretagem respeitável promovem transparência, confiança e relações cliente-sociedade de corretagem regulamentadas.  Seleccione a sociedade de corretagem que pode oferecer um câmbio organizado com os padrões mais elevados de regulamentação e transparência  
  8. Disciplina - Não deixe que as emoções prejudiquem os seus lucros.  Uma má execução, falta de experiência, custos ocultos e informação insuficiente pode levar ao insucesso - tudo se resume às emoções e disciplina  Os negociantes de todos os níveis devem desenvolver o seu próprio sistema de câmbio, definir metas de lucro (com paragens-perdas e saber quando recolher os lucros) e seleccionar o parceiro correcto com base na reputação, transparência, informações e - especialmente para os negociantes que abrangem a maior área geográfica do mercado - educação para negociantes inexperientes (principiante, novato) e intermédios.

Ao comentar as oito minas de ouro do comércio cambial, Dema Zamboglou, Chefe de Cobertura e Quantidade, FOREX CLUB, afirmou: "Pretendíamos partilhar com o nosso importante público chinês de peritos financeiros os nossos conhecimentos sobre a melhor prática, padrões e princípios da indústria cambial para garantir e lhes mostrar que o comércio cambial pode ser realizado com sucesso se forem seguidas algumas directrizes e princípios explícitos.

"O comércio cambial é uma das classes de activos em rápido crescimento a nível global e é atractivo para os clientes de todas as origens e níveis de experiência.  E a parte mais importante de uma navegação com sucesso no mercado de comércio cambial quando é um negociante inexperiente ou intermédio é a educação. Ao avaliar o valor destas oito minas de ouro do comércio cambial, negociantes, investidores, correctores de apresentação, agentes financeiros e consumidores têm o potencial de alcançar o sucesso e crescimento para uma prosperidade a longo prazo."  

Notas para os editores

Sobre o orador

Demetrious Zamboglou, Chefe de Cobertura e Quantidade, FOREX CLUB

Demetrious (Dema) Zamboglou associou-se à FOREX CLUB como Chefe de Cobertura e Quantidade em Fevereiro de 2012. Também é um membro do conselho do grupo de empresas FOREX CLUB.

Dema é responsável pela gestão de riscos do mercado, estrutura de fixação de preços e pela melhoria e gestão da rentabilidade no âmbito das limitações de regulação.  Possui um histórico sólido de liderança no comércio de derivados, modelação matemática, avaliação e promoção e capacidades técnicas e quantitativas comprovadas, com uma abordagem lateral e inovadora de programação informática, gestão de projectos algorítmicos, sistemas de comércio e exposição automática global.

Antes de se associar à FOREX CLUB, Dema era um Analista de Riscos e Coordenador de Projectos na Alpari (Reino Unido) Ltd. Neste cargo, supervisionou margens de lucro melhoradas e o desempenho empresarial geral através da criação de estratégias de reconversão inovadoras e modelos de pressão e também auxiliou no desenvolvimento da política de comércio. Chefiou igualmente o projecto de exposição automática global no Reino Unido e nos EUA, impulsionando políticas e estratégias de gestão de riscos após as alterações regulamentares da FSA e CFTC.

Foi um dos finalistas do "30 under 30" da revista Square Mile (Reino Unido) tanto em 2010 como em 2011. Dema encontra-se a frequentar um Doutoramento em "Sinalização de Riscos em Operações de Negociações Financeiras" no Kings College em Londres.

Sobre o grupo de empresas FOREX CLUB

Clique nesta hiperligação para obter mais informações sobre a FOREX CLUB.

FONTE FOREX CLUB