A Sociedade de Cirurgia Plástica, Líder Mundial, Divulga as Primeiras Orientações Internacionais para Turistas de Cirurgia Plástica

12 jun, 2006, 09:30 BST De The International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)

NOVA IORQUE, June 12 /PRNewswire/ --

A Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), em representação de cerca de 1500 dos principais cirurgiões plásticos de estética certificados pela Ordem, em 73 países, lançou o seu site com a publicação das primeiras linhas de orientação abrangentes internacionais para consumidores que viajam para se submeterem a intervenções de cirurgia plástica, vulgarmente referidos como Plastic Surgery Tourism (Turismo para Cirurgia Plástica). http://www.isaps.org

As linhas de orientação da ISAPS, a serem desenvolvidas há quase um ano, reflectem uma tendência crescente do consumidor e foram criadas para responder a milhares de inquéritos que a ISAPS recebeu dos consumidores, profissionais de medicina, comunicação social e organizações governamentais.

Dr. João Carlos Sampaio Góes de São Paulo, Brasil, actual Presidente do ISAPS, liderou estas inovadoras linhas mestras bem como o site da ISAPS. <<Os consumidores de todo o mundo têm procurado a ISAPS, há mais de 30 anos, para obterem informação mais fiáveis e precisa sobre cirurgiões plásticos qualificados e conselhos sobre os procedimentos mais recentes. Agora, pela primeira vez, há um padrão mundial a que os consumidores podem recorrer quando viajam por razões de cirurgia plástica estética>>.

As linhas mestras foram desenvolvidas sob a direcção do cirurgião plástico americano, Dr. Malcom Paul, Clinical Professor of Surgery, Aestetic and Plastic Surgery Institute, Universidade da Califórnia, Irvine. <<Estas recomendações fáceis são a primeira paragem obrigatório antes de alguém pensar viajar para fazer uma cirurgia plástica>>, comentou o Dr. Paul.

    
    Eis algumas linhas de orientação para viajantes que vão fazer cirurgia
    plástica:

    1. Qual é a especialização do cirurgião? Um ginecologista para fazer um
       aumento dos seios ou um dermatologista para fazer um lifting facial
       não são escolhas adequadas.
    2. O cirurgião plástico está credenciado? A ISAPS faz uma lista de nomes
       e endereços de cerca de 1500 cirurgiões plásticos, credenciados, em 73
       países.
    3. O centro ou clínica de cirurgia é certificado? Peça informação da
       certificação e da entidade certificadora.
    4. O seu seguro de saúde é válido para fora do país? A maior parte dos
       prestadores de seguros de saúde não cobrem indivíduos que façam
       cirurgias fora do seu país. Pense em obter uma cobertura extra.
    5. E os cuidados posteriores? Os doentes têm de ficar na zona onde a
       cirurgia foi efectuada, durante, pelo menos, uma semana, dependendo
       dos procedimentos. Informe-se antecipadamente onde vi ficar e se essas
       instalações estão preparadas para as suas necessidades pós-
       operatórias.
    6. E quanto a complicações? Qual o médico que vai tratar de si no seu 
       país, se tiver complicações e quem pagará os procedimentos secundários
       ou de revisão?
    7. O pessoal principal do consultório do cirurgião fala fluentemente a
       sua língua? Se não entender perfeitamente, prepare-se para 
       complicações.
    8. Com quem vai comunicar? Deve falar directamente com o médico e a
       equipa do médico. O agente de viagens só deve tratar da viagem e 
       instalação.
    9. O cirurgião é membro de associações internacionais reconhecidas? A
       adesão à ISAPS é feita apenas por convite e é concedida apenas após
       uma extensa triagem.
   10. Procurou referências? Peça nomes e informação de contacto com doentes 
       que se submeteram recentemente a procedimento semelhante e fale com 
       eles sobre a sua experiência com o cirurgião, o pessoal, instalações 
       de cuidados posteriores e acompanhamento pós-operatório.

Ao comentar o novo site da ISAPS, o seu presidente eleito, Dr. Bryan C. Mendelson de Melbourne, Austrália, notou: <<A informação que outrora só estava disponível para alguns está agora à disposição imediata dos consumidores em quase todos os países. AS linhas de orientação para viajantes que vão fazer cirurgia plástica proporciona aos consumidores padrões de comparação vitais e eu podem até talvez salvar-lhes a vida para avaliarem se - médico que escolheram para a sua cirurgia plástica está devidamente preparado e credenciado para a intervenção em que estão a pensar.>>

    
    Agradecemos a inclusão do website da ISAPS como referência

    Para obter informação completa: http://www.isaps.org/

Site: http://www.isaps.org/

FONTE The International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)