A Thomson Finaliza a Aquisição da Reuters; As Acções da Thomson Reuters Começam Hoje a ser Negociadas

17 abr, 2008, 21:20 BST De Thomson Reuters

NOVA IORQUE, April 17 /PRNewswire/ --

- Anunciado Programa de Reaquisição de Acções no valor de 500 Milhões de dólares para Fonte de Informação Inteligente, Líder Mundial, para Empresas e Profissionais

A Thomson Corporation anunciou hoje a finalização da aquisição da Reuters Group PLC, formando a Thomson Reuters (NYSE: TRI; TSX: TRI; LSE: TRIL: Nasdaq: TRIN), a fonte de informação inteligente, líder mundial, para empresas e profissionais nos mercados financeiros, legais, de impostos e contabilidade, científicos, serviços de saúde e media. A Thomson Reuters tem mais de 50000 funcionários operando em 93 países em seis continentes com receitas pró-forma em 2007 de aproximadamente US 12,4 biliões de dólares.

(Logo: http://www.newscom.com/cgi-bin/prnh/20020227/NYW014LOGO)

Em vigor a partir de hoje, as acções da Thomson Reuters começarão a ser negociadas nas bolsas em Toronto, Nova Iorque e Londres e são ilegíveis para inclusão nos índices da S&P/TSX e da FTSE 100 do Reino Unido. As acções ordinárias da Thomson Reuters Corporation estão listadas na Bolsa de Valores de Toronto e na Bolsa de Valores de Nova Iorque sob a denominação "TRI". As acções ordinárias da Thomson Reuters PLC estão listadas na Bolsa de Valores de Londres sob a denominação "TRIL" e as suas ADS estão listados no Nasdaq sob a denominação "TRIN".

Thomas H. Glocer, CEO da Thomson Reuters, afirmou, "Este é um dia muito emocionante para os nossos accionistas, clientes e funcionários. A Thomson Reuters irá oferecer a informação inteligente necessária para dar às empresas e aos profissionais o conhecimento para agir. Chamámos à nossa informação 'inteligente' uma vez que esta não é apenas sensata, altamente relevante e actualizada, mas também está disponível em formatos que as aplicações podem utilizar e aos quais podem também acrescentar valor adicional. Estamos a testemunhar o amadurecimento da económica da informação e do conteúdo, da qual a Thomson Reuters será a moeda de troca."

" A Thomson Reuters irá beneficiar do valor criado pelos mais diversificados fluxos de receitas, uma base de capital mais ampla e sinergias resultantes da aquisição. A nossa posição de liderança e projecção global irão oferecer-nos mais oportunidades de crescer mais rapidamente do que a Thomson ou a Reuters conseguiriam de forma isolada," afirmou o Sr. Glocer.

A Thomson Reuters desvendou hoje a sua nova marca e uma campanha de publicidade global. O Sr. Glocer afirmou, " A nova identidade empresarial dinâmica é um ponto de partida marcante do ponto vista histórico das duas empresas e representa o posicionamento da Thomson Reuters como a principal fonte de informação inteligente no mundo para empresas e profissionais."

A Thomson Reuters também anunciou hoje que, com base nos fundamentos actuais, poderá readquirir mais de 500 milhões de dólares das suas acções ao longo do ano. "Os nossos planos para voltar a comprar acções da Thomson Reuters sublinha a nossa força financeira e dá ênfase ao valor dos accionistas," afirmou o Sr. Glocer. "Iremos gerir a estrutura de capital da Thomson Reuters e definir a nossa politica de distribuição de capitais, de forma a manter um balanço forte mas eficiente," afirmou o Sr. Glocer.

Em Março, a Thomson entrou num acordo irrevogável predefinido com o seu corretor para permitir a reaquisição das acções da Thomson Reuters PLC até 1 de Maio. O acordo permite à Thomson Reuters ser activa no mercado logo após fecho da aquisição e durante um período interno que, de outra forma, estaria fechado a negociação. Todas as reaquisições de acções serão feitas de acordo com leis, regras e regulamentos de títulos aplicáveis. As acções readquiridas serão canceladas pela Thomson Reuters PLC.

A 15 de Maio de 2007, a Thomson concordou em adquirir a Reuters por 352,5 pence e 0,16 de acções ordinárias da Thomson Reuters PLC por cada acção ordinária da Reuters. A 19 de Fevereiro de 2008, a Thomson e a Reuters receberam as aprovações reguladoras da Comissão Europeia (CE), do US Department of Justice (DOJ) e do Canadian Competition Bureau (CCB). Os accionistas de ambas as empresas aprovaram de forma esmagadora a transacção no dia 26 de Março de 2008, conduzindo a aprovações subsequentes em tribunal em Ontário e no Reino Unido.

A 1 de Maio de 2008, a Thomson Reuters planeia anunciar os resultados para o primeiro trimestre, assim como anunciar uma perspectiva financeira para o que resta de 2008.

Mais informações sobre a Thomson Reuters podem ser obtidas neste novo Sítio Web, www.thomsonreuters.com.

Sobre a Thomson Reuters

A Thomson Reuters é a principal fonte de informação inteligente do mundo para empresas e profissionais. Combinamos competência empresarial com tecnologia inovadora, de forma a oferecer informação decisiva a pessoas responsáveis pela tomada de decisões nos mercados financeiros, legais, de impostos e contabilísticos, científicos, serviços de saúde e media, apoiada pela agência noticiosa que mais confiança inspira a nível mundial. Com sede em Nova Iorque e grande actividade em Londres e Eagan, Minnesota. A Thomson Reuters emprega mais de 50000 pessoas em 93 países. As acções da Thomson Reuters estão listadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE: TRI); na Bolsa de Valores de Toronto (TSX: TRI); na Bolsa de Valores de Londres (LSE: TRIL); e no Nasdaq (Nasdaq: TRIN). Para mais informações visite www.thomsonreuters.com.

Este comunicado de imprensa inclui declarações prospectivas que têm por base certos princípios e reflectem as expectativas actuais da Thomson Reuters. As declarações prospectivas são aquelas que não se tratam de factos históricos e que incluem as expectativas da Thomson Reuters sobre as suas perspectivas futuras e planos de reaquisição de acções. As declarações prospectivas estão sujeitas a inúmeros riscos e incertezas que poderão causar resultados ou acontecimentos reais de forma a divergir materialmente das expectativas actuais.

Alguns dos factores que podem fazer com que os resultados reais divirjam materialmente das expectativas actuais incluem riscos relacionados com a capacidade da Thomson Reuters de desenvolver produtos e serviços adicionais que vão ao encontro das necessidades dos clientes, atrair novos clientes, condições económicas gerais e actividade da concorrência.

Os factores adicionais são discutidos em materiais preenchidos ocasionalmente pela Thomson Reuters Corporation e pela Thomson Reuters PLC com as Autoridades Reguladoras de Títulos e Valores. A Thomson Reuters renuncia qualquer intenção ou obrigação de actualizar ou rever quaisquer declarações prospectivas, quer como resultado de nova informação, acontecimentos futuros ou outros, a não ser quando exigido pelas leis, regras ou regulamentos aplicáveis.

     
    CONTACTOS:
    Frank DeMaria
    Global Director, Media Relations
    +44-(0)-207-542-6005
    frank.demaria@thomsonreuters.com

    Fred Hawrysh
    Global Director, Corporate Affairs
    +1-203-539-8314
    fred.hawrysh@thomsonreuters.com

    Frank Golden
    Senior Vice President, Investor Relations
    +1-203-539-8470
    frank.golden@thomsonreuters.com

    Victoria Brough
    EMEA Media Relations
    +44-(0)-207-542-8762
    victoria.brough@thomsonreuters.com

Web site: http://www.thomsonreuters.com

FONTE Thomson Reuters