C&A alerta para a escassez de algodão orgânico

08 abr, 2014, 08:00 BST De C&A Europe

DÜSSELDORF, Alemanha, April 8, 2014 /PRNewswire/ --



"Vamos levar o Bio Cotton a todas as pessoas, todos os dias" 

Apesar da crescente procura nos mercados internacionais, a produção global de algodão orgânico contínua em declínio. Este fato acarreta consequências ecológicas, sociais e económicas para todos os envolvidos na cadeia de fornecimento mundial de algodão orgânico. Relativamente à produção global de algodão, a percentagem total de algodão orgânico é atualmente de 1%.

Para a C&A Europa, que se dedica a promover a produção de algodão orgânico há 10 anos, contrariar esta realidade é uma prioridade. Thorsten Rolfes, Chefe de Comunicação Corporativa Europa, explica: "Estamos num ponto crítico onde a procura de algodão orgânico excede a oferta. A incerteza da sua disponibilidade ameaça pôr em risco o investimento a longo prazo em algodão orgânico".

Após a subida constante da produção mundial de algodão orgânico até 2011 o rendimento das colheitas subsequentemente desceu 8%. Isto apesar de, em simultâneo, 50% dos países produtores terem aumentado a produção de algodão orgânico. As razões para esta situação passam pela falta de conhecimento relativamente a métodos de cultivo orgânicos e pela falta de cooperação entre as comunidades.

Para consciencializar as pessoas face a esta situação, a C&A acaba de publicar a brochura "Vamos levar o Bio Cotton a todas as pessoas, todos os dias". Nela se explica o valor adicional e os desafios atuais na produção de algodão orgânico e são reveladas oportunidades para os envolvidos na cadeia de fornecimento global. Na brochura, a C&A identifica ainda uma particular responsabilidade por parte das empresas da indústria do vestuário.

"As marcas desempenham um papel fundamental no desenvolvimento do algodão orgânico enquanto recurso sustentável. Algumas marcas estão a agir, mas a crise de fornecimento mostra que muito mais tem de ser feito. O segredo está na colaboração - ao trabalhar em conjunto com especialistas, as comunidades e os governos locais permite-se que o algodão orgânico alcance o seu verdadeiro potencial", comenta Rolfes. "Mas as empresas podem fazer a diferença, não só nos países produtores como também nos mercados de venda, ao alertar os seus clientes para o tema do algodão orgânico. A nossa experiência diz-nos que é possível consciencializar, satisfazer a procura e ter lucro."

A C&A é atualmente a maior compradora de algodão orgânico, tendo vendido mais de 100 milhões de produtos feitos de algodão orgânico no ano fiscal de 2013 - outro aumento significativo face ao ano anterior. A percentagem de algodão orgânico utilizado face à totalidade de algodão é de 38%. A maioria (75%) do algodão orgânico processado, cultivado sem recurso a pesticidas e fertilizantes artificiais é proveniente de projetos agrícolas apoiados pela C&A Foundation - cerca de 60 mil agricultores na Índia beneficiam destes projetos. Os programas sociais e ambientais focam nas comunidades locais das regiões de produção com a finalidade de melhorar as condições de vida dos agricultores de algodão. Exemplos de projetos incluem a irrigação gota-a-gota e o fornecimento de sementes orgânicas, juntamente com instruções para os agricultores e outros parceiros importantes na cadeia de fornecimento do algodão orgânico.

A "CottonConnect", empresa independente criada pela C&A em parceria com a Textile Exchange e a Shell Foundation, também está vinculada a estes princípios. O objetivo da "CottonConnect" é estruturar a cadeia de fornecimento de algodão global com uma maior sustentabilidade, através da colaboração com 22 empresas têxteis de retalho e com marcas de moda. Todos os lucros são totalmente reinvestidos.

A C&A estabeleceu como meta obter todo o seu algodão a partir de uma produção sustentável até ao ano de 2020. Ao mesmo tempo, a C&A Foundation apoia várias iniciativas com a finalidade de aumentar a produção orgânica e melhorar as condições de vida dos agricultores.  Recentemente, a Fundação, em parceria com a CottonConnect, realizou na Índia a primeira Organic Cotton Roundtable, cujo objetivo foi o de apelar à ação por parte dos investidores, de modo a enfrentar a baixa produção de algodão orgânico.

Pode encontrar mais informação sobre o algodão orgânico na C&A, na brochura "Vamos levar o Bio Cotton a todas as pessoas, todos os dias" e em http://www.c-e-a.pt/biocotton.

Sobre a C&A Europa: 

Com mais de 1 575 lojas espalhadas por 21 países europeus, e mais de 37 500 colaboradores, a C&A Europa é uma das principais empresas de retalho de moda na Europa. C&A Europa é uma empresa pertencente à Cofra Holding AG.

Press contact:

C&A Europe
Fashion Center
Wanheimer Straße 70
D-40468 Düsseldorf

Thorsten Rolfes
Corporate Communications C&A Europe
T: +49-211-9872-2749
F: +49-211-9872-2748
M: +49-172-2020023
E: Thorsten.Rolfes@canda.com

FONTE C&A Europe