CEO do Fundo de Investimento Direto Russo, Kirill Dmitriev, Defende Investimento na Rússia

21 set, 2011, 17:04 BST De Russian Direct Investment Fund (RDIF)

SOCHI, Rússia, September 21, 2011 /PRNewswire/ --

Durante uma apresentação no Fórum Internacional de Investimento de Sochi, o CEO do Russian Direct Investment Fund (RDIF), Kirill Dmitriev, defendeu hoje a ideia de investir na Rússia e o papel que o RDIF assumirá enquanto catalisador de investimentos a longo prazo na crescente economia do país. Dmitriev apresentou as suas ideias na sessão plenária do Fórum, presidida pelo Primeiro Ministro Russo, Vladimir Putin.

Num mundo onde a maioria dos balanços contabilísticos dos países estão pesadamente endividados e onde o crescimento nas outras economias desenvolvidas está estagnado, a Rússia destaca-se pelos seus fortes alicerces macroeconómicos e taxas de crescimento consistentemente elevadas. Kirill Dmitriev disse:

"O sistema económico global enfrenta alguns problemas sérios, taxas de endividamento extremamente elevadas e a incapacidade para fazer crescer as suas economias. Neste contexto, a Rússia, a sexta maior economia mundial por paridade de poder de compra, tem algumas vantagens que a distinguem: as reservas internacionais são as terceiras maiores do mundo; o índice de dívida soberana em relação ao PIB é apenas de 9%, o mais baixo entre todas as maiores economias globais; nos últimos cinco anos, o tamanho da classe média triplicou; e os rendimentos dos agregados familiares e gastos dos consumidores são mais elevados do que nos outros países do BRICS."

A economia russa deverá crescer 4-5% este ano, de acordo com várias estimativas. De forma a acelerar esse crescimento, Dmitriev disse que o país precisa de estimular mais investimentos a longo prazo que irão impulsionar melhorar na eficácia na sua economia. O RDIF tem uma posição ideal para funcionar como um catalisador para esse tipo de investimentos. Segundo Dmitriev:

"O investimento a longo prazo irá trazer empresas mais competitivas, criará novos postos de trabalho e ajudará a modernizar a tecnologia. O RDIF, como um investidor e um facilitador de investimentos nas principais participações privadas internacionais e fundos soberanos, está bem colocado para acalentar este investimento."

Em jeito de conclusão, o CEO acrescentou:

"Já demos início à avaliação de um conjunto de 20 potenciais transações e, a partir de hoje, nomeamos um Conselho Consultivo Internacional, composto pelas principais participações privadas internacionais e fundos soberanos. Todos os executivos do Conselho Consultivo Internacional frisaram o enorme potencial de investimento existente na Rússia e o papel fundamental que o RDIF irá desempenhar para estimular de mais investimentos."

Sobre o Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF)

O Fundo de Investimento Direto Russo (Russian Direct Investment Fund - RDIF) foi constituído em junho de 2011. O RDIF será capitalizado com aproximadamente 10 mil milhões USD por fundos governamentais russos nos próximos cinco anos e baseia-se em fazer investimentos patrimoniais que geram forte retorno, localizados maioritariamente na Rússia. Em cada investimento que faz, o RDIF é obrigado a assegurar um coinvestimento que, pelo menos, corresponda ao seu compromisso, atuando assim como um catalisador para investimentos diretos na economia russa. Mais informações disponíveis em: http://www.rdif.ru.

FONTE Russian Direct Investment Fund (RDIF)