Cientistas da Abbott Criam uma Molécula com Duas Funções de Anticorpos

18 out, 2007, 16:35 BST De Abbott

ABBOTT PARK, Illinois, October 18 /PRNewswire/ --

- A primeira combinação de Grandes Moléculas Apresentam Propriedades e Possibilidades de Fabricação

A Abbott (NYSE: ABT) comunicou hoje que os seus cientistas são os primeiros a descobrir uma tecnologia que conjuga a função e a especificidade de dois ou mais anticorpos monoclónicos (mAbs) numa entidade molecular que apresenta propriedades semelhantes à dos medicamentos e exequibilidade de fabricação. Estas moléculas, chamadas domínio Ig de variável dupla (DVD-Ig(TM)) (www.abbott.com/global/url/content/en_US/60.15:15/feature/Feature_0029.htm), permitirão o desenvolvimento de candidatos individuais a um medicamento que tenha como alvo várias moléculas causadoras de doenças em várias categorias terapêuticas.

Tornado público online, no princípio da semana, na Nature Biotechnology (http://www.nature.com/nbt/journal/vaop/ncurrent/full/nbt1345.html), este ensaio que é um marco demonstra uma plataforma completamente nova que pode ser relevante para o cancro, as doenças auto-imunes e outras doenças complicadas em que estão em jogo diversos mediadores da doença. Simultaneamente, o bloqueio de múltiplos alvos, pela utilização dos agentes de DVD-Ig pode aumentar a eficácia em comparação com a inibição de um único alvo, usando um mAb.

<< Combinando a especificidade de dois ou mais anticorpos num medicamento foi um desafio significativo para os investigadores que perspectivam terapias biológicas da próxima geração >>, disse o Prof. Chengbin Wu da Abbott Scientists e o Prof. Tariq Ghayur que construíram as moléculas DVD-Ig e chefiaram a equipa de investigação. << A abordagem da Abbott é notavelmente versátil e eficaz na criação de uma entidade molecular única com propriedades semelhantes às de um medicamento e a capacidade de atingir múltiplos mediadores de doença. Estamos muito entusiasmados pelas portas que isto abre ao desenvolvimento de medicamentos que atravessam um leque de áreas terapêuticas. >>

O processo de combinação de duas ou mais mAbs implica o uso de técnicas de biologia molecular, tais como a reacção de polimerase em cadeia (PCR), para ligar as regiões (domínios variáveis) de dois corpos diferentes que têm por alvo moléculas específicas causadoras de doença. A molécula resultante tem dois domínios variáveis (duplo), cada um dos quais tem como alvo um antigene diferente causador de doença.

Embora outros programas de investigação públicos e privados se tenham esforçado por combinar dois anticorpos numa entidade, o resultado foi limitado pela fraca farmacocinética, estabilidade e exequibilidade de fabricação.

Dirigir-se apenas para um alvo da doença com o tradicional mAb pode resultar em pouca eficácia porque a doença pode progredir a diversos níveis. Por exemplo, na artrite reumatóide (AR) os diferentes mediadores (mecanismos) da doença contribuem para vários aspectos da doença como a inflamação, a angiogénese, a formação de pano (camadas mais espessas de tecido de granulação e erosão do osso e da cartilagem. Portanto, alvejar dois ou mais mecanismos de doença na AR pode apresentar uma eficácia muito maior do que objectivar um simples mecanismo.

Usando a tecnologia DVD-Ig, as equipas de investigação da Abbott já criaram um candidato único a medicamento que tem como alvo múltiplos componentes da doença, um dos quais o TNF-alfa, um alvo bem definido da AR. A avaliação pré-clínica deste candidato a medicamento está em curso.

A abordagem DVD-Ig da Abbott tem diferentes vantagens tecnológicas, científicas e de desenvolvimento do medicamento comparada com os mAbs e com tentativas anteriores para criar um anticorpo multiespecífico. A abordagem é compatível com qualquer anticorpo, incluindo os mAbs humanizados, os mAbs totalmente humanos e os mAbs quiméricos e pode ser alargada para além os anticorpos às proteínas receptoras e outras moléculas semelhantes. Os medicamentos DVD-Ig podem ver a eficácia aumentada porque têm por alvo diversas moléculas causadoras de doença e podem responder a processos patológicos redundantes, em que duas moléculas diferentes têm o mesmo efeito causador de doença.

A Abbott completou a validação da tecnologia no programa DVD-Ig e está actualmente a confirmar o desenvolvimento do processo e a fabricar a plataforma de tecnologia. Simultaneamente, tem sido desenvolvido, na Abbott, até ao momento, um trabalho pré-clínico numa série de combinações.

Sobre a Abbott

A Abbott é uma empresa global, baseada em cuidados de saúde alargados dedicada à descoberta, desenvolvimento, fabricação e comercialização de produtos farmacêuticos e médicos, incluindo nutricionais, dispositivos e de diagnóstico. A empresa emprega 65 000 pessoas e comercializa os seus produtos em mais de 130 países.

Web site: http://www.abbott.com

FONTE Abbott