Comunicado de Imprensa da AVG Referente aos Problemas com a Actualização do Produto

12 nov, 2008, 17:40 GMT De AVG

AMESTERDÃO, Holanda, November 12 /PRNewswire/ --

A AVG está a trabalhar de forma activa no sentido de remediar o problema que alguns utilizadores estão a encontrar relacionado com as mais recentes actualizações das versões comerciais e gratuitas do AVG 7.5 e AVG 8.0, em algumas línguas. Um número de utilizadores que instalou a actualização recebeu um aviso que, por lapso, transmitia que o ficheiro de sistema do Windows user32.dll, na versão do produto 5.1.2600.3099, estava infectado com um vírus Trojan e foi pedida a eliminação de um ficheiro essencial ao funcionamento do Windows XP.

O problema apenas afecta os utilizadores das versões do Windos XP em Holandês, Francês, Italiano, Português e Espanhol.

A AVG está a tomar estas medidas para prestar assistência aos utilizadores para resolver o problema:

    
    - Disponibilização imediata de uma nova actualização para corrigir o
      problema.
    - Criação de uma secção específica de informações no website da AVG que
      permite aos utilizadores resolver o problema.

Os utilizadores afectados deverão seguir as seguintes hiperligações para mais informações e para fazer o download da ferramenta de correcção:

    
    (1) http://www.avg.com/support/HotTopics1574 FalsePositiveuser32.dll
    (2) http://www.avg.com/support/HotTopics1574 FalsePositiveuser32.dll - 
        ferramenta de correcção

Os utilizadores afectados que não consigam utilizar os seus computadores deverão contactar o seu revendedor da AVG ou pedir a um amigo seu para que faça o download da informação e da ferramenta de correcção. Após executar a ferramenta de correcção, os utilizadores deverão correr o programa de actualização da AVG para fazer o download e instalação da correcta actualização da AVG.

A AVG lamenta profundamente a inconveniência à qual os utilizadores foram sujeitos. Estamos a trabalhar para resolver o problema e garantir que outras vulnerabilidades potenciais sejam identificadas e eliminadas antes de causar qualquer tipo de impacto nos utilizadores.

FONTE AVG