Desempenho da Vale em 1. Trimestre de 2008

25 abr, 2008, 17:17 BST De VALE

RIO DE JANEIRO, Brasil, April 25 /PRNewswire/ --

- Permanecer Forte num Mundo de Mudança

A Companhia Vale do Rio Doce (Vale) apresentou um desempenho sólido no primeiro trimestre de 2008 (1 T/08), apesar dos efeitos negativos da volatilidade nos câmbios e das pressões sobre os custos, geradas pelo aumento dos preços das entradas. Neste contexto, foram fundamentais a expansão da produção e o esforço para a contenção de custos, com o objectivo de alcançar resultados fortes.

    
    Os principais destaques do nosso desempenho no 1 T/08 foram:

    -- Exportações recorde de minério e granulados de ferro no primeiro 
       trimestre: 76,572 milhões de toneladas métricas - um aumento de 15%
       face ao 1 T/07.
    -- Recordes de exportações, para um primeiro trimestre, de metais do 
       grupo do alumínio (136,000 toneladas métricas), alumina (833,000
       toneladas métricas), cobalto (740 toneladas métricas) e platina 
       (86,000 onças troy).
    -- Rendimentos brutos de 8,048 biliões de dólares, mais 4,8% do que no 
       1 T/07.
    -- Lucros operacionais, conforme medidos pelo ajustamento de
       EBIT(a) (resultados antes dos encargos financeiros e impostos), de 
       2,915 biliões de dólares, um aumento de 7,9% face ao 1 T/07.
    -- Margem ajustada de EBIT de 37,2%, contra 36,1% no 1 T/07.
    -- EBITDA(b) (resultados antes dos encargos financeiros,
       impostos, depreciações e amortizações) ajustada de 3,729 biliões de 
       dólares, um aumento de 17,1% face ao 1 T/07.
    -- Lucros líquidos de 2,021 biliões de dólares, o que corresponde a um 
       lucro por acção de 0,41 dólares, numa base totalmente diluída, uma 
       redução de 8,8% sobre os resultados do 1 T/07 de 2,217 biliões de 
       dólares.
    -- Investimentos num total de 1,695 biliões de dólares, dos quais 1,304 
       biliões de dólares em crescimento orgânico - Pesquisa & 
       Desenvolvimento e Projectos - e 391 milhões de dólares na manutenção 
       das actividades existentes.
    -- Concretização de três novos projectos: a mina de minério de
       ferro, Fazendão, no Sistema Sudoeste, no estado de Minas Gerais, a 
       terceira planta de produção de granulados, Samarco, no estado de 
       Espírito Santo e Dalian, instalações de transformação de níquel na 
       província de Liaoning, China.
    -- Distribuição de dividendos de 0,26 dólares por acção ordinária ou 
       preferencial - 1,25 biliões de dólares - a realizar a partir de
       30 de Abril de 2008, o que corresponde à primeira prestação do 
       dividendo mínimo para 2008, do qual 55% será na forma de juros sobre 
       títulos e 45% em dividendos.
    -- Investimento na responsabilidade social da empresa de 155 milhões de 
       dólares, dos quais 105 milhões de dólares foram distribuídos para a 
       conservação e protecção ambiental e 50 milhões de dólares para 
       projectos sociais.



    Web site: http://www.cvrd.com.br
              http://www.vale.com

FONTE VALE