Grupos de Cancro da Cabeça e Pescoço e Membros do Parlamento Europeu Apelam à Comissão Europeia para Apoiar a Estratégia do Diagnóstico Precoce

23 set, 2014, 08:30 BST De European Head and Neck Society (EHNS)

BRUXELAS, September 23, 2014 /PRNewswire/ --


  • Prova Oral* apresentada por deputados do Parlamento Europeu (MEP's), convida a Comissão a apoiar a campanha Europeia de educação e sensibilização que destaca os sinais e sintomas do cancro da cabeça e pescoço
  • 60% dos doentes com cancro da cabeça e pescoço são diagnosticados num estadio avançado, dos quais 60% irão morrer da doença dentro de 5 anos. Taxa de sobrevivência do cancro da cabeça e pescoço é 80-90% para doentes diagnosticados em estadios iniciais

A Sociedade Europeia de Cabeça e Pescoço (EHNS) e a Aliança Europeia de Doentes com Cancro (ECPC) reuniram hoje novamente no Parlamento Europeu para solicitar a implementação de um programa Europeu de sensiblização para o diagnóstico precoce do cancro da cabeça e pescoço.    

Para ver o Release de Notícias de Multimídia, acesse:

http://www.multivu.com/players/English/72762527-EHNS-early-diagnosis-days/

A reunião, conduzida pelo deputado Ciprian Tănăsescu, decorre durante a segunda Semana de Sensibilização do Cancro da Cabeça e Pescoço da Campanha Make Sense, e terá a participação de deputados, representantes da Comissão Europeia e de um painel de peritos Europeus de cancro da cabeça e pescoço. O intuito de evento é aproveitar o apoio da Comissão Europeia para uma estratégia de diagnóstico precoce no cancro da cabeça e pescoço, concebida pela EHNS e ECPC. Este objetivo foi delineado numa Prova Oral* apresentada por deputados no início deste mês, a qual apela à Comissão para:

  • Desenvolver uma estratégia que estimule o diagnóstico precoce nos cancros da cabeça e pescoço
  • Disponibilizar atividades que aumentem a sensibilização para os cancros da cabeça e pescoço na Europa
  • Garantir o financiamento para mais investigação científica no cancro da cabeça e pescoço

Mais de 150.000 pessoas na Europa são diagnosticadas anualmente com cancro da cabeça e pescoço, e aproximadamente 70.000 morrem da doença por ano. O diagnóstico precoce permanece no centro da Campanha Make Sense da EHNS, a qual foi lançada em 2012 para aumentar a sensibilização do cancro da cabeça e pescoço e melhorar a qualidade de vida e os resultados dos doentes com esta doença.

"Existe uma relativa falta de consciência para o cancro da cabeça e pescoço, para os seus sinais e sintomas, apesar de ser o 6º tipo de cancro mais comum a nível global. Consequentemente, mais de metade dos doentes são diagnosticados em estadios avançados, onde a taxa de sobrevivência é de apenas 60%." comentou o deputado anfitrião Ciprian Tănăsescu. "As campanhas de prevenção do cancro devem permanecer uma prioridade dentro da UE, e o apoio da Comissão irá a ajudar  a promover a sensibilização, encorajar o dianóstico precoce e, em última instância, melhorar os resultados dos doentes no futuro."  

O evento surge na sequência de um Livro Branco da EHNS/ECPC, lançado para os deputados durante a inauguração da Semana de Sensibilização do Cancro da Cabeça e Pescoço da Campanha Make Sense de 2013. O Livro Branco, 'Cancro da Cabeça e Pescoço: O cancro "curável" que mata mais de metade dos seus doentes - é tempo de agir' abordou a necessidade urgente de aumentar a sensibilização, diagnóstico e encaminhamento dos doentes com cancro da cabeça e pescoço, por toda a Europa.  Houve um apoio significativo do Livro Branco, com os deputados Europeus a comparecerem, e levando, assim, esta reunião de seguimento com representantes da Comissão Europeia, a implementar a campanha a nível Europeu.    

"Se detetado numa fase inicial, os doentes com cancro da cabeça e pescoço têm uma probabilidade de sobrevivência entre 80-90%", referiu o Professor René Leemans, Presidente da EHNS, Professor e Chefe da Cirurgia de Cabeça e Pescoço - Otolaringologia no Centro Médico da Universidade VU, Amsterdão. "Obtermos o envolvimento da Comissão Europeia no decurso das atividades da Campanha Make Sense resultará numa maior sensibilização dos sinais e sintomas da doença, assegurando que os doentes em toda a Europa são diagnosticados precocemente, recebem o melhor tratamento e, consequentemente, apresentam maior probabilidade de sobrevivência."  

Para mais informações, visite http://www.makesensecampaign.eu.

*Questões parlamentares são colocadas por deputados Europeus a outras Instituições e corpos da União Europeia. Questões de resposta oral (Prova Oral) são abordadas durante as sessões plenárias, e incluídas nos debates do dia. Podem ser seguidas por uma resolução.

Notes to Editors 

Media contacts:
Sophie Ryan
+44(0)7809-390-664
sryan@axon-com.com

FONTE European Head and Neck Society (EHNS)