Iniciativa SIVAC da AMP apoia a criação de um grupo de consultoria técnica de imunização nacional mongol (NITAG)

04 jan, 2011, 10:00 GMT De Agence de Medecine Preventive (AMP)

PARIS, January 4, 2011 /PRNewswire/ -- A reunião inaugural do NITAG (grupo de consultoria técnica de imunização nacional mongol) teve lugar no Ministério da Saúde, em Ulaanbaatar, no dia 6 de Dezembro de 2010.

O comité foi criado com base em recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS. O seu papel é prestar serviços de consultoria ao Ministério da Saúde sobre todas as questões relacionadas com imunização e vacinas, tais como a escolha de vacinas a aplicar, prazos, qualidade e segurança e sistemas de entrega.

O NITAG foi aprovado por decreto ministerial emitido em Agosto de 2010, no qual se definem os termos de referência e as linhas de procedimento.

A iniciativa SIVAC (Supporting Independent Immunization and Vaccine Advisory Committees), implementada pela Agence de Medecine Preventive (AMP) em parceria com o International Vaccine Institute (IVI), desempenhou um papel importante na criação do NITAG. O SIVAC, juntamente com a OMS e com o Western Pacific Regional Office (WPRO) da OMS, prestou apoio técnico ao Ministério da Saúde da Mongólia através da determinação da estrutura, dos papéis e das responsabilidades do comité.

A primeira reunião do NITAG mongol teve como objectivo rever as linhas técnicas e esclarecer questões relativas aos membros. A reunião foi presidida pelo Vice-ministro da Saúde, o Dr. Jadamba Tsolmon, e contou com a participação de 10 membros do NITAG acabados de eleger. Entre outras questões, decidiu-se que o Centro Nacional de Doenças Comunicáveis irá desempenhar as funções de secretaria e que o comité irá ser composto por 11 membros fulcrais (com direito de voto) e por 9 membros sem direito de voto. Os membros também acordaram em realizar 4 reuniões em 2011 e em desenvolver um plano de trabalho detalhado.

"Este NITAG é um passo muito importante para que o país controle importantes problemas de saúde", afirmou o Dr. Philippe Stoeckel, presidente da AMP. "Irá permitir que as autoridades de saúde consigam formular políticas e estratégias de imunização de acordo com as necessidades específicas da Mongólia. Esperamos que resulte na criação de comités semelhantes noutros países."

O NITAGE mongol é o segundo a ser criado com o apoio da iniciativa SIVAC. O primeiro foi criado na Costa do Marfim, em Janeiro de 2010.

    
    HIPERLIGAÇÕES RELACIONADAS
    http://www.sivacinitiative.org
    http://www.aamp.org
    http://www.ivi.int

    CONTACTO
    Sabrina Gaber: amp@aamp.org, Telephone: +33-1-53-86-89-20

FONTE Agence de Medecine Preventive (AMP)