Microsoft anuncia planos para transição de Bill Gates em Julho de 2008

20 jun, 2006, 20:14 BST De Microsoft Corp.

REDMOND, Washington, June 20 /PRNewswire/ --

- A trabalhar a tempo inteiro na Microsoft até Junho de 2008, Gates irá continuar como presidente e conselheiro dedicando-se cada vez mais à sua fundação; Ray Ozzie e Craig Mundie irão assumir funções mais importantes.

A Microsoft Corp. (Nasdaq: MSFT) anunciou hoje que a partir de Julho de 2008, Bill Gates, presidente, irá realizar a transição do seu papel quotidiano na empresa para dedicar mais tempo ao seu projecto global de saúde e educação na Fundação Bill e Melinda Gates. A empresa anunciou um processo de transição de dois anos para assegurar que existe uma transferência tranquila e pacífica das responsabilidades diárias de Gates, e comunicou que, a partir de Julho de 2008, Gates continuará a desempenhar a sua função enquanto presidente e enquanto consultor em projectos de desenvolvimento chave da empresa.

(Logotipo: http://www.newscom.com/cgi-bin/prnh/20000822/MSFTLOGO)

A empresa anunciou que o Responsável Técnico Chefe (CTO) Ray Ozzie irá assumir imediatamente o cargo de arquitecto chefe para o software e que irá começar a trabalhar lado a lado com Gates em toda as responsabilidades relativas à arquitectura técnica e supervisão de produtos, para garantir uma transição suave. De modo idêntico, o Responsável Técnico Chefe (CTO) Craig Mundie irá imediatamente receber o título de responsável de investigação e estratégia e irá trabalhar em estreita colaboração com Gates para assumir as suas responsabilidades no âmbito dos esforços de investigação e incubação da empresa; Mundie irá ainda colaborar com o conselheiro geral, Brad Smith, para dirigir os esforços da Microsoft no âmbito de propriedade intelectual e de políticas de tecnologia.

"A nossa liderança nos negócios e na tecnologia nunca foi tão forte e a Microsoft está bem posicionada para o sucesso nos anos que estão para vir. Sinto-me muito afortunado por ter líderes técnicos tão bons como o Ray e o Craig na empresa", afirmou Gates. "Continuo totalmente empenhado e a tempo inteiro na Microsoft até Junho de 2008 e vou trabalhar lado a lado com o Ray e com o Craig para garantir uma transição suave."

"Esta foi uma decisão difícil para mim", acrescentou Gates. "Tenho a sorte de ter duas paixões que sinto serem tão importantes e tão estimulantes. Á medida que me preparo para esta mudança, acredito firmemente que o caminho a seguir pela Microsoft é tão brilhante como nunca."

Em Setembro de 2005, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, organizou a empresa em três divisões sob a presidência de Jim Allchin, Kevin Johnson, Robbie Bach e Jeff Raikes, a quem foram atribuídas responsabilidades acrescidas no desenvolvimento de produtos e na tomada de decisões estratégicas no âmbito das suas respectivas áreas de negócios. Em Agosto de 2005, a empresa nomeou Kevin Turner como director de operações.

"O Bill e eu estamos confiantes de que temos uma óptima equipa que se pode chegar à frente e ocupar o seu lugar, fazendo avançar a inovação da Microsoft sem perder um único segundo", disse Ballmer. "Vamos continuar a contratar os maiores talentos técnicos mundiais e a oferecer-lhes as ferramentas para fazerem o seu trabalho da melhor maneira, e vamos continuar a enfrentar os maiores desafios e oportunidades pelos nossos clientes através do investimento a longo prazo".

Ballmer e Gates salientaram que nos últimos anos a Microsoft tem vindo a expandir de forma segura a liderança dos cargos seniores e que o anúncio de hoje continua um processo de transição que tem vindo a realizar-se há durante vários anos. Em Janeiro de 2000, Gates assumiu a função de arquitecto chefe de software e Ballmer a função de CEO, responsável por todas as operações quotidianas e pela estratégia de negócios da empresa.

"É uma abordagem muito sensata e cuidadosa. Uma transição de dois anos irá assegurar que a empresa realiza uma transferência pacífica de estratégias e conhecimentos do Bill para a próxima geração de líderes", afirmou o Dr. James I. Cash, membro do conselho de administração da Microsoft e antigo professor da cadeira James E. Robinson na Harvard Business School. "O Steve e a sua equipa de gestão são bastante impressionantes, e estou confiante de que a empresa não vai falhar um passo."

Ozzie, com 50 anos, trabalhou na primeira folha de cálculo electrónica, a VisiCalc, no princípio da década de 1980 e, de seguida, integrou a Lotus Development Corp. em 1983 para desenvolver o Lotus Symphony, um produto de gestão de software integrado baseado em MS-DOS(R) que combinava processamento de texto, folha de cálculo, gráficos de negócio, gestão de dados e capacidades de comunicação. Em 1984, Ozzie formou a Iris Associates Inc. para desenvolver o Lotus Notes. Em 1997, Ozzie fundou a Groove Networks, onde desenvolveu o Groove Virtual Office. A Microsoft adquiriu a Groove Networks em Abril de 2005 e nomeou Ozzie como responsável técnico chefe.

Mundie, com 56 anos, integrou a Microsoft em 1992 para criar e gerir a Divisão de Plataformas do Consumidor, que foi responsável pelo desenvolvimento de plataformas não PC e ofertas de serviços que incluíram o sistema operativo Microsoft(R) Windows(R) CE; software para computadores portáteis, Pocket PCs e auto PCs; e os primeiros produtos telefónicos. Mundie também deu início aos esforços da Microsoft na TV digital e adquiriu e geriu a subsidiária WebTV Networks Inc. Mundie é ainda o campeão original da Trustworthy Computing Initiative na Microsoft, que influenciou a estratégia de desenvolvimento de software da Microsoft. As suas responsabilidades actuais incluem também a política de tecnologia global e um vasto número de actividades técnicas e de incubação de negócios.

Ozzie e Mundie vão continuar a reportar a Gates. Na altura apropriada durante o período de transição de dois anos, estes irão passar a reportar a Ballmer.

Gates, com 50 anos, formou a Microsoft em 1975 com o seu amigo de infância Paul Allen. Em 1986 a Microsoft passou a ser cotada em bolsa e Gates foi presidente da empresa até 2000, altura em que Ballmer assumiu o cargo de CEO. Durante os últimos 6 anos, Gates concentrou-se no desenvolvimento de software da Microsoft enquanto presidente e arquitecto chefe para o software da empresa. Em 2000, juntamente com a sua mulher, formou a Fundação Bill e Melinda Gates, cujo capital actual é de 29,1 mil milhões de dólares.

Fundada em 1975, a Microsoft foi pioneira em muitas das inovações de software que abriram caminho à revolução da informação digital e lançou a indústria dos computadores pessoais. Começando com o MS-DOS, o primeiro sistema operativo da Microsoft, e continuando com produtos como, por exemplo, - Microsoft Office, Microsoft Windows e Xbox(R), a empresa desenvolveu uma vasta gama de software, serviços e soluções que transformaram a forma como as pessoas trabalham, comunicam e jogam. A Microsoft tem 63.000 funcionários em mais de 100 países e gera rendimentos anuais superiores a 40 mil milhões de dólares (EUA). Com produtos para computadores de secretária, servidores e dispositivos móveis, a Microsoft continua a ser o líder mundial no que diz respeito a ajudar as pessoas e negócios a alcançar o seu verdadeiro potencial.

Fundada em 1975, a Microsoft é a líder mundial em software, serviços e soluções que ajudam as pessoas e negócios a alcançar o seu verdadeiro potencial.

NOTA: Microsoft, Windows, MS-DOS e Xbox são marcas comerciais registadas ou marcas comerciais da Microsoft Corp. nos Estados Unidos e/ou outros países.

Os nomes de empresas e produtos reais mencionados neste artigo podem ser marcas comerciais dos seus respectivos proprietários.

Web site: http://www.microsoft.com

FONTE Microsoft Corp.