Nissan LEAF 100% eléctrico é Carro Europeu do Ano 2011

29 nov, 2010, 15:58 GMT De Nissan Motor Co. Ltd.

YOKOHAMA, Japão, November 29, 2010 /PRNewswire/ --

- Primeiro veículo eléctrico a vencer o prestigiado galardão

Marcando um momento histórico para a Nissan Motor Co. Ltd. e para os veículos de emissões zero, o Nissan LEAF 100% eléctrico foi distinguido com o galardão Carro Europeu do Ano 2011.

O primeiro veículo de emissões zero acessível, com produção em massa para - mercado global, suplantou 40 concorrentes para vencer o prémio mais importante da indústria automóvel. Em 47 anos de história da iniciativa, esta é a primeira vez que o galardão é atribuído a um veículo eléctrico. Os rivais do Nissan LEAF incluíam veículos de marcas como a Alfa Romeo, Citroën, Dacia, Ford, Opel/Vauxhall e Volvo. O júri foi composto por 57 nomes líderes da imprensa automóvel de 23 países europeus.

"O júri reconheceu hoje que o Nissan LEAF marca uma verdadeira inovação nos automóveis eléctricos. O Nissan LEAF é o primeiro veículo eléctrico que consegue equiparar-se, em muitos aspectos, com os automóveis convencionais", afirmou Håkan Matson, Presidente do Júri, Carro do Ano.

O Presidente da Nissan Motor Co. e CEO Carlos Ghosn declarou: "Este galardão reconhece o pioneiro Nissan LEAF de emissões zero como um concorrente dos automóveis convencionais em termos de segurança, desempenho, espaço e manobrabilidade. Também reflecte a posição da Nissan como uma marca inovadora e excitante, possuidora de uma visão clara para o futuro dos transportes, que apelidamos de mobilidade sustentável. Com outros três veículos eléctricos da Nissan a caminho - e com a iminente introdução no mercado de quatro veículos eléctricos adicionais do nosso parceiro de Aliança, a Renault - o Nissan LEAF representa um passo significativo na direcção de um futuro de emissões zero".

O Nissan LEAF é alimentado por um motor eléctrico compacto instalado na dianteira do automóvel que acciona as rodas da frente. O motor CA (Corrente Alterna) debita 80 kW de potência e 280 Nm de binário, o suficiente para uma velocidade máxima de 145 km/h. O motor eléctrico é alimentado por uma bateria laminada de iões de lítio, desenvolvida pela Nissan, com uma potência superior a 90 kW. O Nissan LEAF possui uma autonomia de 175 km (Novo Ciclo de Condução Europeu) entre carregamentos, fazendo dele uma proposta prática para muitos condutores urbanos.

Este veículo eléctrico tem um elevado nível de equipamento, sendo dotado de um sistema de travagem regenerativa, ar condicionado, navegação por satélite, câmara de estacionamento, bem como sistemas de TI e de telemática a bordo avançados. A conectividade inovadora irá permitir que o proprietário configure as funções de carregamento de modo a monitorizar, em tempo real, o estado de carga do automóvel e a capacidade restante da bateria, assim como aquecer ou refrigerar o habitáculo de modo remoto, através de um telemóvel ou de um computador. O Nissan LEAF irá estar disponível em cinco cores na Europa - azul metálico e pérola, branco pérola, prateado metálico, preto sólido e vermelho pérola. A única opção é um painel solar montado no deflector traseiro que suporta o carregamento da bateria de 12 V do automóvel que é utilizada para a alimentação de acessórios.

As entregas no Japão e nos Estados Unidos começam em Dezembro deste ano. Na Europa, as entregas começam em Janeiro de 2011 em Portugal, logo seguido da República da Irlanda, Reino Unido e Países Baixos. O automóvel de emissões zero está actualmente a ser construído no Japão, mas irá também ser produzido na América do Norte e na Europa, quando forem inauguradas as novas instalações em meados de 2012 e início de 2013.

O pensamento inovador da Nissan prolonga-se muito para lá da mobilidade de emissões zero. Sob o símbolo PURE DRIVE, a Nissan fabrica uma gama alargada de veículos amigos do ambiente com motores de combustão, proporcionando uma eficiência de combustível líder de classe, com base em tecnologias ecológicas avançadas. Na Europa, a empresa irá em breve lançar um sedan híbrido eléctrico de luxo, que irá envergar a marca Infiniti, enquanto os crossover extremamente populares, tais como o Nissan Qashqai e o Nissan Juke, inauguraram novos e excitantes segmentos de veículos dominados pela Nissan. No próximo ano também vai chegar a quarta geração do Nissan Micra, equipado com uma versão sobrealimentada de um motor a gasolina de injecção directa de três cilindros de 1.2 litros totalmente novo, dotado de um sistema de paragem/arranque do motor para proporcionar um desempenho entusiasmante e emissões de CO2 de apenas 95g/km.

A Nissan já tinha vencido o galardão de Automóvel do Ano na Europa anteriormente. Em 1993, o Nissan Micra construído no Reino Unido, tornou-se no primeiro automóvel de um fabricante de automóveis japonês a vencer o prémio e iniciou uma paixão europeia que ainda se mantém e será continuada com o futuro lançamento do mais recente modelo do Nissan Micra.

FONTE Nissan Motor Co. Ltd.