O Morgan Stanley Infrastructure Partners e a Isolux Corsán anunciam seu compromisso de investir 400 milhões de dólares americanos em uma empresa conjunta na Índia

24 maio, 2011, 10:30 BST De Grupo Isolux Corsan S.A. & Morgan Stanley

AMSTERDAM e NOVA DELHI, May 24, 2011 /PRNewswire/ --

O Morgan Stanley Infrastructure (MSI), a plataforma especializada de investimento em infraestruturas do Morgan Stanley (NYSE: MS), anunciou hoje que o Morgan Stanley Infrastructure Partners (MSIP), um fundo de infraestrutura mundial de 4.000 milhões de dólares americanos, comprometeu-se a investir até 200 milhões de dólares americanos em uma empresa conjunta com a Isolux Corsán Concesiones na Índia. O Grupo Isolux Corsán comprometeu-se igualmente a igualar o investimento na empresa conjunta, alcançando o compromisso total de 400 milhões de dólares, um dos investimentos estrangeiros mais amplos em infraestruturas índias realizado até a presente data. A Isolux Corsán Concesiones é uma filial de concessões de infraestruturas em grande escala do Grupo Isolux Corsán, uma empresa global com receitas de 4.000 milhões de dólares americanos, especializada em grandes projetos de construção, engenharia e concessões em todo o mundo.

A empresa conjunta está construindo três projetos para rodovias na Índia, de acordo com contratos de concessão a longo prazo adjudicados através do programa de Construir-Operar-Transferir (Build-Operate-Transfer, BOT) da Autoridade de Rodovias Nacionais da Índia (National Highways Authority of India, NHAI). Estima-se que o custo dos três projetos, que somam mais de 400 quilômetros de rodovia em total, será de mais de 1.600 milhões de dólares americanos, e já receberam um financiamento da dívida procedente das principais instituições financeiras e uma importante participação no capital social procedente da Isolux Corsán. Estes projetos da NHAI, que são ampliações de trechos de rodovias existentes, comunicarão as grandes cidades, os núcleos industriais, bem como os portos e as atrações turísticas. Além destes três projetos, a Isolux Corsán está capacitada para licitar em outros projetos novos da NHAI.

"Estamos muito satisfeitos de ter assinado um acordo exclusivo que se junta ao nosso fundo mundial", afirmou Sadek Wahba, Diretor Geral do MSI e Diretor Geral de Investimentos do MSIP. "Esta empresa conjunta oferece uma excelente oportunidade para o Morgan Stanley Infrastructure de alcançar sua estratégia global de criar uma carteira estável de ativos diversificada por setor e por geografia. Esta plataforma aproveitará as importantes credenciais da Isolux Corsán no desenvolvimento dos ativos de infraestrutura para os mercados emergentes, bem como sua capacidade demonstrada de trabalhar com as empresas de construção locais".

Antonio Portela, Conselheiro Delegado do Grupo Isolux Corsán, afirmou: "Esperamos trabalhar com o Morgan Stanley Infrastructure, um investidor em infraestrutura reconhecido à escala mundial. Este investimento representa o reconhecimento de nossa estratégia na Índia e a confiança em nossa competência na hora de desenvolver grandes projetos de infraestrutura nos mercados emergentes. Acreditamos que a Isolux Corsán Concesiones e o Morgan Stanley Infrastructure aproveitarão as oportunidades existentes nas rodovias e criarão, nos próximos anos, uma empresa com uma carteira única."

O programa de desenvolvimento das rodovias índias empreendido pela NHAI, de acordo com um modelo de Sociedade-Pública-Privada (Public-Private-Partnership/PPP), está entre os programas PPP mais importantes do mundo. O Programa de Desenvolvimento das Rodovias Nacionais da NHAI iniciou-se em 1999 e calcula-se que totalizará 50.000 milhões de dólares americanos quando finalizar. Nos últimos dez anos, a Índia foi testemunha de um crescimento de dois dígitos nos emplacamentos dos veículos, de acordo com os dados do Euromonitor, e esta situação é identificada pelo Morgan Stanley Research como o segundo crescimento mais rápido no mercado automobilístico do mundo.

"A empresa conjunta com a Isolux Corsán Concesiones completa o sucesso de nossa presença no setor do transporte da Índia, proporcionando-nos uma excelente plataforma de concessões de rodovias em um mercado que está experimentando uma rápida urbanização e um drástico crescimento no setor dos veículos", afirmou Gautam Bhandari, Diretor do MSI Ásia. "Do mesmo modo que com nossos outros investimentos nos mercados emergentes, nosso objetivo são os ativos únicos e os parceiros de primeira fila para construir empresas excepcionais de infraestrutura na região."

Sobre o Morgan Stanley Infrastructure

O Morgan Stanley Infrastructure (MSI) ,parte da Morgan Stanley Investment Management, é uma plataforma de gestão e de investimento de infraestruturas de 4.000 milhões de dólares que se centra nos ativos que proporcionam bens e serviços públicos essenciais para empresas em todo o mundo. O MSI utiliza um processo disciplinado para investir em diversos ativos, com o alcance de investimento que cobre 11 setores em oito países nos quatro continentes. Com escritórios na América do Norte, Europa e Ásia.O MSI aproveita uma rede mundial de relações para encontrar investimentos nos setores relacionados com a infraestrutura, como o transporte, energia e serviços públicos, e infraestrutura social. Para mais informação, favor visitar o site http://www.morganstanley.com/infrastructure.

Sobre o Morgan Stanley

Morgan Stanley é uma firma líder global em serviços financeiros que fornece uma ampla gama debanca de investimento, títulos, gestão de investimentos e serviços de gestão de fortunas. Os funcionários da empresa atendem clientes globais incluindo corporações, governos, instituições e indivíduos em mais de 1.300 escritórios em 42 países.Para mais informações sobre o Morgan Stanley, visite http://www.morganstanley.com.

Sobre a Isolux Corsán Concesiones

A Isolux Corsán Concesiones é uma filial em grande escala do Grupo Isolux Corsán, que possui atualmente três projetos de rodovias em construção na Índia, incluídas em uma empresa conjunta com o Morgan Stanley Infrastructure Partners. Estes projetos, com concessões a longo prazo, incluem um projeto de 94 km de dois para seis faixas na Rodovia Nacional 8 de Kishangarh a Beawar, no estado de Rajasthan; um projeto de 133 km de dois para quatro faixas na Rodovia Nacional 6, de Maharashtra-Fronteira de Gujarat à Hazira, no estado de Gujarat; e um projeto de 192 km, de quatro para seis faixas na Rodovia Nacional 2, de Varanasi à Aurangabad, nos estados de Uttar Pradesh e Bihar. O financiamento destes projetos está fechado e a vida útil das concessões é de 18-30 anos, com datas de finalização previstas em 2012 e 2013. A empresa tenta ativamente outras associações e projetos atrativos de concessão de rodovias na Índia e em outras partes do sul da Ásia. Para mais informação: http://www.isoluxcorsán.com

Sobre o Grupo Isolux Corsán

O Grupo Isolux Corsán é um grupo de concessões, construção e engenharia que não negocia em bolsa. Sua forte presença na Espanha complementa sua crescente importância internacional, demonstrada pela presença do Grupo Isolux Corsán em mais de 30 países. O setor principal de crescimento do Grupo Isolux Corsán está no segmento de concessões de infraestruturas. O negócio das concessões centra-se em projetos que trabalham em quatro áreas principais: rodovias, transmissão de energia, centrais de energia fotovoltaica e estacionamentos de automóveis em todo o mundo. A empresa opera com concessões em sete países (Brasil, Índia, México, Espanha, Estados Unidos, Peru e Itália), onde está construindo e trabalhando em mais de 1.690 km de rodovias, mais de 4.660 km de linhas de transmissão de alta voltagem, 168 MW de centrais fotovoltaicas e mais de 21.000 áreas de estacionamento. Em 2010, as receitas ordinárias registradas pela empresa foram de mais de 3.240 milhões de euros, com umas receitas brutas de exploração de 311 milhões de euros e uma carteira de negócios acumulada de 30.000 milhões de euros. Para mais informação, favor visitar o site web do Grupo Isolux Corsán http://www.isoluxcorsán.com.

FONTE Grupo Isolux Corsan S.A. & Morgan Stanley