O Sangue é Mais Espesso que Vinho

06 set, 2012, 07:00 BST De Decanter

LONDRES, September 6, 2012 /PRNewswire/ --

Quando falamos de produção de vinhos, o provérbio é antigo mas correto: "o sangue é mais espesso que a água". Em provas cegas de 14120 vinhos durante a edição deste ano do Decanter World Wine Awards, 71% eram oriundos de adegas familiares.

     (Photo: http://photos.prnewswire.com/prnh/20120906/559221 )

Sarah Kemp, Editora da Decanter Magazine, explica: "Corre a piada de que 90% das famílias são disfuncionais - e que os outros 10% estão em negação, razão pela qual continuo surpreendida e chocada pela forma como o mundo dos vinhos ainda é, no final de contas, um assunto familiar." No entanto, Sarah descarta a ideia que os melhores vinhos apenas podem ter origem nas adegas familiares: "As adegas cooperativas e empresariais injetaram uma enorme energia no mundo vinícola e conseguem produzir vinhos de alta qualidade."

Uma das surpresas dos DWWA 2012 foi que as adegas familiares não eram apenas oriundas da Europa, já que os produtores vieram da Nova Zelândia, África do Sul e até China.

Gustavo Bauzá, o proprietário da Bodegas Salentein em Mendoza, Argentina, foi o vencedor deste ano do Troféu "Single-Varietal Red Under GBP10" pelo seu Potillo Malbec 2011. "Algumas das minhas primeiras memórias são de brincar nas vinhas", diz Gustavo, "mesmo quando era uma criança, já estava a aprender sobre vinhos e o processo vinícola. Conheço a nossa propriedade em grande pormenor, cada bloco, cada fileira de videiras. Não sou um enólogo itinerante, que salta de emprego em emprego em propriedades diferentes - este é o lugar onde vou estar sempre a fazer o meu vinho." Gustavo, que tem acumulado várias qualificações académicas em vitivinicultura, incluindo um MBA, está convencido de que é a sua atenção ao detalhe que faz toda a diferença entre um bom vinho e um vinho ótimo.

Em muitas das adegas, os métodos de produção continuam a ser tradicionais, mas as gerações mais jovens oferecem inovação sobre como garantir a sustentabilidade e saúde ambiental das vinhas, bem como a sua rentabilidade. Afinal, são precisos 30 anos antes que a vinha produza o seu melhor fruto. Não as plantamos para nós, plantamo-las para os nossos filhos.

    Notas aos Editores:

    - Decanter Magazine é respeitada internacionalmente pela sua reputação de prestígio e influência sem precedentes junto do consumidor.

    - Através do rigoroso processo de avaliação, cada vinho é provado por um painel dedicado. Todos os vinhos são discutidos pelo painel em profundidade antes de haver registo do veredicto.

    - Mais informações podem ser encontradas em: http://www.decanter.com/dwwa

    Clementine Communications
    Juliette Fortin or Clemence de Crécy-
    +44(0)207-471-8730
    juliette@clementinecom.com

FONTE Decanter