Oikocredit aumenta investimentos em países de baixa renda

23 jun, 2014, 10:00 BST De Oikocredit International

AMERSFOORT, Holanda, June 23, 2014 /PRNewswire/ --

A Oikocredit, cooperativa e investidora social mundial, divulgou hoje os resultados de seu desempenho social em 2013. Os resultados refletem dados relatados por 608 das organizações parceiras da Oikocredit.

Em 31 de dezembro de 2013, o portfólio financeiro de desenvolvimento da Oikocredit atingiu € 591 milhões, com € 483 milhões investidos em microfinanciamentos e o restante em empreendimentos sociais, incluindo organizações de comércio justo (fair trade), cooperativas e empreendimentos agrícolas.

Os investimentos em países de baixa renda (com renda nacional bruta per capita ≤ US$ 1.035,00) aumentaram de € 78 milhões em 2012 para € 94 milhões em 2013, com € 41 milhões investidos na África e € 52 milhões na Ásia.

Através das parceiras de microfinanciamento da Oikocredit, 28 milhões de tomadores de empréstimos foram beneficiados em 2013. Dos 28 milhões de tomadores de microfinanciamentos, 81% eram mulheres e 24% trabalhavam na agricultura.

As parceiras da Oikocredit envolvidas com agricultura, comércio e outros setores fora do microfinanciamento ajudaram a 315.000 agricultores e 1,5 milhões de membros de cooperativas. Dessas parceiras, 70% relataram dispor de uma política ambiental, com 29% tendo uma política relativa a gênero.

Os resultados do desempenho social também mostraram que 71% das parceiras de microfinanciamento endossaram os princípios de proteção do cliente em 2013, em comparação com 59% no ano anterior.

Durante 2013, a Oikocredit forneceu € 3 milhões em fundos de desenvolvimento de capacitação, aprovando mais de 130 iniciativas de suporte, bem como fortalecendo seu programa de aconselhamento de gerenciamento de desempenho.

Resultados sociais positivos 

O diretor de desempenho social e análise de crédito da Oikocredit, sra. Ging Ledesma, disse que os resultados foram positivos, mostrando os contínuos esforços da Oikocredit para manter os benefícios e bem-estar social dos clientes no coração das operações da Oikocredit.

"Os dados mostram que nossa estratégia e nossas atividades atuais estão contribuindo para uma mudança social positiva, em particular no que se refere à inclusão financeira e ao aumento do poder das mulheres", disse a sra. Ging Ledesma.

"Também estamos satisfeitos por ver que nossas parceiras estão prestando maior atenção ao meio ambiente, enquanto mantêm seus compromissos sociais e financeiros", acrescentou a sra. Ging Ledesma.

Perspectiva para 2014 

Em 2014, a Oikocredit vai continuar certificando-se de que suas parceiras ofereçam benefícios reais aos trabalhadores de baixa renda em suas comunidades. Uma tarefa-chave para o ano será embutir ainda mais a política ambiental da Oikocredit em suas novas unidades para a agricultura e energia renovável.

A sra. Ging Ledesma disse que a Oikocredit vai trabalhar para atingir um "triple bottom line" (pessoas, planeta, finanças) positivo, em resultados sociais, ambientais e financeiros.

"Em 2014, também vamos nos focar em programas de longo prazo para cadeias de valor de microfinanciamento e da agricultura, bem como compartilhar sucessos para desenvolver uma comunidade de prática", disse a sra. Ging Ledesma.

A Oikocredit é uma cooperativa e investidora social mundial, que disponibiliza fundos para o setor de microfinanciamento, organizações de comércio justo, cooperativas e empresas de pequeno e médio porte. 

FONTE Oikocredit International