Profissionais de Saúde reúnem-se na ESMO 2014 para Apoiar os Cuidados Multidisciplinares dos doentes com Cancro da Cabeça e Pescoço na Europa

26 set, 2014, 08:30 BST De European Head and Neck Society (EHNS)

MADRID, September 26, 2014 /PRNewswire/ --

 

  • O Segundo 'Dia Informativo do Profissional de Saúde' da Sociedade Europeia de Cancro da Cabeça e Pescoço marca o final da semana de Sensibilização da Campanha  Make Sense deste ano  
  • Diagnóstico precoce, cuidados multidisciplinares e cuidados após o tratamento são cruciais para assegurar a melhoria dos resultados do doente com cancro da cabeça e pescoço 
  • Profissionais de saúde juntam-se na luta contra a doença que mata cerca de 62.000 pessoas todos os anos na Europa 

A Sociedade Europeia de Cabeça e Pesoço (EHNS) anuncia hoje detalhes do 'Dia Informativo do Profissional de Saúde', a decorrer hoje, dia 26 de Setembro, como parte da segunda 'Semana de sensibilização da Campanha Make Sense do Cancro da Cabeça e Pescoço'. O dia informativo pretende criar uma secção multidisciplinar de prestadores de cuidados de saúde com informação e recursos para auxiliar na identificação o mais precoce possível do cancro da cabeça e pescoço. Atualmente, 60% dos doentes com cancro da cabeça e pescoço são diagnosticados quando a doença se encontra num estadio avançado, e destes, 60% irão morrer dentro de 5 anos, como consequência.

Para ver o Release de Notícias de Multimídia, acesse:

http://www.multivu.com/players/English/72762527-EHNS-early-diagnosis-days/ 

O 'Dia informativo' de hoje segue o sucesso da campanha inaugural do ano passado, a qual originou uma sensibilização generalizada do cancro da cabeça e pescoço entre os profissionais de saúde, público, decisores políticos e grupos de defesa dos doentes.

O diagnóstico precoce permanence prioritário, no entanto, e adicionalmente, a Campanha Make Sense deste ano foca-se na importância vital de cuidados multidisciplinares standard dos doentes com cancro da cabeça e pescoço, por toda a Europa, incluindo os cuidados após o tratamento. Atualmente, apenas quatro Estados Membros da UE (França, Bélgica, Holanda e Reino Unido) disponibilizam cuidados multidisciplinares.

Os prestadores de cuidados de saúde estão convidados a visitar o stand da Campanha Make Sense no congresso da ESMO, onde existirá a oportunidade de se encontrarem com os membros da direção da EHNS. Estão disponíveis materiais educacionais gratuitos, incluindo folhetos dos sinais e sintomas do cancro da cabeça e pescoço e o livro recentemente lançado 'cuidados após o tratamento'.

"Com o apoio dos nossos colegas prestadores de cuidados de saúde na Europa, a EHNS apela para a implementação de uma iniciativa que irá assegurar que cada doente com cancro da cabeça e pescoço na Europa é tratado por uma equipa multidisciplinar num centro de excelência", referiu o Professor René Leemans, Presidente da EHNS, Professor e Chefe da Cirurgia de Cabeça e Pescoço - Otolaringologia no Centro Médico da Universidade VU, Amsterdão. "Ser tratado por uma equipa multidisciplinar resulta em muitos benefícios para o doente, tais como o menor tempo para o diagnóstico e estadiamento da doença, maior acesso aos tratamentos mais atuais e maior coordenação e continuidade dos cuidados ao longo da duração do tratamento a após o mesmo.

Uma equipa multidisciplinar (MDT) combina as competências, experiência e perícia de todos os profissionais de saúde envolvidos na gestão dos cuidados do doente, incluindo os cuidados após o tratamento. É vital que todos os doentes submetidos a tratamentos para o cancro da cabeça e pescoço recebam cuidados multidisciplinares após o tratamento, por um período mínimo de 5 anos. "Cuidados multidisciplinares eficazes após o tratamento podem suportar os doentes na sua reabilitação, assegurrar uma identificação precoce da recorrência da doença e melhorar a satisfação dos doentes", referiu o Professor Wojciech Golusiński, Responsável pelo Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, no Centro Wielkopolska, Poznań, Polónia. "É crucial que os profissionais de saúde na Europa continuem a impulsionar a sensibilização para o cancro da cabeça e pescoço, promover cuidados multidisciplinares e, em última instância, melhorar os resultados dos doentes."

Como participar:

Se gostaria de participar e ajudar a aumentar a sensibilização para o cancro da cabeça e pescoço, poderá:

  • Visitar o nosso stand localizado na área das associações de doentes PA9 na ESMO 2014, de forma a descobrir mais acerca do cancro da cabeça e pescoço pelos membros da EHNS
  • Levar uma cópia da newsletter 2014 da Campanha Make Sense do stand da ESMO, ou descarregar em http://makesensecampaign.eu/downloads
  • Descarregar o nosso livro de cuidados após o tratamento e estimular as pessoas a falarem de cuidados multidisciplinares http://makesensecampaign.eu/downloads
  • Comunicar com as pessoas - descarregue os nossos panfletos e pósteres para promover a campanha e envolva as pessoas no 'Um sintoma durante três semanas" http://makesensecampaign.eu/downloads
  • Partilhar o nosso vídeo - Veja e partilhe o nosso vídeo educacional acerca do cancro da cabeça e pescoço http://makesensecampaign.eu/video-content
  • Assinar a petição da Campanha Make Sense - Mostre o seu apoio juntamente com os deputados Europeus para a Campanha Make Sense http://makesensecampaign.eu/petition
  • Participar da conversa no Twitter - Use o nosso hashtag #makesense e visite o nosso site http://www.makesensecampaign.eu

Para mais informações visite http://www.makesensecampaign.eu.

Notes to Editors 

Media contacts

Sophie Ryan
+44-(0)7809-390-664
sryan@axon-com.com

FONTE European Head and Neck Society (EHNS)