Projecto de Tradução-Aberta TED Leva Legendas em 40+ Línguas ao TED.com

13 maio, 2009, 20:11 BST De TED Conferences

NOVA IORQUE, May 13 /PRNewswire/ --

- Um instrumento inovador no seu género está a permitir a tradutores voluntários de todo o mundo levarem as conversas TED às suas comunidades.

As aclamadas conversas de 18 minutos, disponíveis gratuitamente no website TED, estarão agora acessíveis para além do mundo falante de inglês, através to TED Open Translation Project (Projecto de Tradução Aberta de TED) (www.ted.com/translation), lançado hoje.

Elaborado durante um ano, o projecto proporciona legendas de vídeo, transcrições com código de tempo e a capacidade de voluntários de todo o mundo traduzirem qualquer conversa para qualquer língua. O projecto é lançado com 300 traduções em 40 línguas. Mais de 200 tradutores voluntários já participaram.

<< A missão do TED é espalhar pelo mundo boas ideias, por isso está mais do que na hora de chegarmos a mais de 4,5 biliões de pessoas no mundo que não falam inglês>>, diz Chris Anderson que faz a manutenção do TED. <<Estamos entusiasmados por usarmos uma abordagem de fonte aberta e em sentido inverso, que, com o tempo, vai permitir que todas as nossas conversas sejam traduzidas para centenas de línguas. Está em curso uma revolução na educação global possibilitada pela web. Não estamos longe do dia em que as em todo o mundo as pessoas possam ter acesso aos melhores professores e falar com eles na sua própria língua. Que tal? >>

Cada uma das 400+ conversas no TED.com oferecem hoje:

    
    - Legendas, em inglês e em muitas outras línguas (vários vídeos contêm
      tradução até 25 línguas, no seu lançamento)

    - Uma transcrição interactiva, com tempo codificado, em múltiplas
      línguas, que permite tocar em qualquer frase e saltar directamente para 
      esse ponto do vídeo. Isso torna todo o conteúdo do vídeo indexável nos 
      instrumentos de busca.

    - Títulos traduzidos e descrições do vídeo, que aparecem quando se
      selecciona uma nova língua

    - URLs de uma língua específica, que apresentam as legendas escolhidas
      como default.

Generosamente apoiado por um patrocínio visionário da Nokia, O TED Open Translation Project é uma das tentativas mais abrangentes por parte de uma plataforma de media para legendar e indexar conteúdos de vídeo online. É também uma iniciativa inovadora no campo da tradução pública, profissional e voluntária.

<<A tradução voluntária será cada vez mais importante para quem queira atingir um público global>>, disse June Cohen, Produtora Executiva da TED Media. << É a única maneira factível de se obter todas as línguas do mundo. A tradução de fonte colectiva cria comunidades de voluntários entusiasmado para fazerem um bom trabalho, responsáveis pela fiabilidade das suas traduções e empenhados em fazer evoluir o próprio sistema. Faz dos utilizadores participantes, ajudando a espalhar ideias >>.

Traduções colectivas em todas as línguas do mundo

Para o lançamento do Open Translation Project, uma série de conversas foram traduzidas por profissionais em 20 línguas, mas a partir daqui, todas as traduções serão feitas por voluntários. Aliás, os tradutores voluntários já contribuíram com mais de 200 traduções publicadas para este projecto (com mais 450 em curso). Estes voluntários vão desde grupos bem organizados que trabalham em conjunto na sua própria língua, a tradutores isolados e que se põem a par de outros através do TED.

Para apoiar este programa, o TED e o parceiro tecnológico dotSUB desenvolveram um conjunto de ferramentas que permitem aos participantes de todo o mundo para traduzir as suas conversas preferidas na sua própria língua. Esta abordagem é em escala e mais importante, permite aos falantes de línguas menos dominantes uma oportunidade igual de espalhar ideias dentro das comunidades.

Esta abordagem de fonte aberta imita as estratégias bem sucedidas de produtos como a Wikipedia, o Linux ou o Mozilla, que provaram o poder e, em última análise a fiabilidade, de soluções abertas. A tradução de origem colectiva já provou ser eficaz numa série de sites em todo o mundo, incluindo a Wikipedia e o blog Open Voices do Berkman Center for Internet & Society de Harvard.

Para garantir a qualidade das traduções, o TED criou um conjunto de linhas de orientação e sistemas para ajudar os tradutores e oferecerem o melhor trabalho possível. Para começar, uma transcrição em inglês feita por profissional (e aprovada pelo falante) é fornecida com cada conversa, de forma que todas as traduções de baseiem na mesma fonte. Depois o TED exige que todas as traduções sejam revistas por um segundo falante fluente da língua; os nomes tanto do tradutor como do revisor são referidos no site. O TED controla o toque final de << publicar >> (nada é << automaticamente >> publicado) e existem mecanismos de feedback para um contributo constante da comunidade e para aperfeiçoamento após a publicação.

No lançamento O TED's Open Translation Project incluirá mais de 300 traduções, em mais de 40 línguas, incluindo Árabe, Bengali, Búlgaro, Chinês, dinamarquês, Holandês, Finlandês, Francês, Alemão, Grego, Hebraico, Hindi, Húngaro, italiano, Japonês, Kannada, Kirghiz, Coreano, Norueguês, Persa, Polaco, Português, Romeno, Russo, Espanhol, Swahili, Sueco, Tamil, Telugu, Thai, Turco, Urdu e Vietnamita. Os nossos tradutores abrangem desde cidade como Beijing até Buenos Aires; xde Teerão a Tel Aviv; de Espoo, Finlândia a Barranquilla, Colômbia.

Transcrições precisas, fáceis de encontrar e interactivas para todas as TEDTalk

Cada uma das 400+ conversas do TED tem agora transcrição interactiva e com tempo codificado em inglês e estão em todas as línguas disponíveis. Usando esta transcrição interactiva, o utilizador pode seleccionar qualquer frase e passar o vídeo a partir do ponto em que esse frase é dita. As transcrições serão totalmente indexáveis através de motores de busca - em todas as línguas - expondo conteúdos anteriormente inacessíveis dentro das próprias conversas. Por exemplo, alguém que procure no Google << green roof >>, irá acabar por encontrar o momento na conversa do arquitecto William McDonough em que ele fala da fábrica de Ford's River Rouge e também o momento da conversa de Majora Carter em que ela fala do projecto de green roof em South Bronx.

Sobre o TED

TED são as iniciais de Technology, Entertainment, Design. Começou em 1984 como uma conferência que reunia pessoas destas três áreas. Desde então, o seu âmbito alargou-se e passou a incluir ciência, negócios, arte e temas globais que o nosso mundo enfrenta. A conferência anual reúne agora os mais fascinantes pensadores e gente de acção mundiais que são desafiados a darem testemunho das suas vidas - em 18 minutos. O público chamou-lhe << o melhor spa para o cérebro >> e << uma viagem de quatro dias ao futuro >>. O público diversificado - CEOs, cientistas, criativos e filantropos - é tão notável como os oradores, que incluíram já Bill Clinton, Bill Gates, Jane Goodall, Frank Ghery, Sir Richard Branson, Phillipe Starck, usabel Allende e Bono.

TED teve lugar primeiro em Monterey, California, em 1984. Em 2001, a Chris Anderson's Sapling Foundation adquiriu o TED ao seu fundador, Richard Saul Wurman. Mais recentemente, o TED alargou-se para incluir conferências internacionais, o TED Prize e a disponibilização gratuita das conversas do TED, em TED.com. O TEDGlobal 2009, << The Substance of Things Not Seen >>, terá lugar a 21-24 de Julho, 2009, em Oxford, RU; visite http://conferences.ted.com/TEDGlobal2009/. O TEDIndia terá lugar em Mysore, India, a 1-4 Novembro, 2009; visite http://conferences.ted.com/TEDIndia/. O TED2010 << What the World Needs Now >> terá lugar a 9-13 de Fevereiro, 2010, em Long Beach, California, com um evento simulcast em Palm Springs, California; visite http://conferences.com/TED2010/. Para mais pormenores sobre todas as futuras conferências e eventos, visite http://www.TED.com.

    
    Contacto de Imprensa:
    Laura Galloway
    Galloway Media Group
    T: +1-212-260-3708
    C: +1-213-948-3100
    laura@gallowaymediagroup.com

FONTE TED Conferences