Wall Street Institute Celebra 40 anos no Ensino de Inglês

23 maio, 2012, 20:06 BST De Wall Street Institute

BALTIMORE, 23 de Maio de 2012 /PRNewswire/ -- O Wall Street Institute, o principal fornecedor mundial de instrução em língua inglesa para adultos, celebra o seu 40.º aniversário este ano. A empresa da área da educação irá assinalar a ocasião com eventos especiais e celebrações com os alunos ao longo de 2012.

O primeiro centro de aprendizagem de língua inglesa do Wall Street Institute abriu em Itália em 1972. A empresa revolucionou o ensino da língua inglesa ao apresentar o Método de Aprendizagem Misto, que combina diferentes técnicas pedagógicas, incluindo instrução multimédia e pequenas aulas orientadas por professores, para maximizar a capacidade de uma pessoa aprender uma língua.

O método utilizado nesses primeiros centros é muito semelhante ao método ainda hoje utilizado em todos os centros Wall Street Institute espalhados pelo mundo. Os estudos demonstraram já que o método misto aumenta aquilo que um aluno aprende. De acordo com um estudo elaborado pela Direcção Norte-Americana de Educação em 2009, o ensino que combina elementos online e presenciais tem uma vantagem educativa superior em relação ao ensino meramente presencial ou à formação puramente online.

Mais de 2 milhões de pessoas aprenderam, com sucesso, a falar inglês através do método único de aprendizagem mista do Wall Street Institute.

"O meu sonho era criar uma escola de línguas que oferecesse uma óptima experiência aos alunos e sinto-me orgulhoso por termos ajudado tantas pessoas a mudar as suas vidas por aprenderem inglês," disse Luigi Peccenini, Fundador e Presidente Honorário do Wall Street Institute.

O Wall Street Institute tem actualmente 190000 alunos inscritos em 450 centros, espalhados por 27 países. A empresa detém a primeira ou a segunda posição para as instituições para a aprendizagem de inglês como segunda língua na maioria dos mercados em que opera.

Como o inglês é a língua internacional dos negócios e é mais escrito e mais falado do que qualquer outra língua no mundo, o Wall Street Institute espera que o seu alcance mundial e que a inscrição de alunos cresça nos próximos anos.

Ao longo dos seus 40 anos de história, o método de ensino do Wall Street Institute cresceu com as necessidades, sempre em mutação, dos seus alunos. A empresa:

  • foi das primeiras a oferecer uma comunidade global de alunos online
  • oferece actividades sociais, para ajudar os alunos a praticar a língua inglesa num ambiente divertido
  • introduziu, recentemente, um currículo que se concentra nas competências profissionais como parte da sua oferta educativa padrão.

As celebrações do Aniversário irão incluir palestras pelo Sr. Peccenini. O primeiro destes eventos terá lugar em Itália, no início de Junho, local onde teve a visão de ensinar inglês às pessoas de forma diferente. Irá também apresentar palestras nas principais Universidades chinesas este ano. A empresa também irá promover festas para alunos e eventos para ex-alunos em vários mercados.

"A nossa missão no Wall Street Institute é ajudar as pessoas a atingirem os seus objectivos com a aprendizagem de inglês," disse David Kedwards, CEO do Wall Street Institute. "Ao longo de 40 anos, executamos essa missão e, por isso, agradecemos aos nossos dedicados colaboradores e empenhados alunos e ex-alunos espalhados pelo mundo. Queremos ajudar muitas mais pessoas a libertarem o seu potencial ao aprenderem inglês connosco no futuro."

Sobre o Wall Street Institute

O Wall Street Institute é o principal fornecedor mundial de instrução em língua inglesa para adultos. O Wall Street Institute instruiu já mais de 2 milhões de alunos em 450 centros, em 27 países. A empresa é propriedade da Pearson, a empresa educativa.

Sobre a Pearson

A Pearson é a empresa líder mundial na área da educação. O nosso negócio na área da educação combina 150 anos de experiência na área da publicação com a mais recente tecnologia e apoio online. Ajudamos as pessoas a aprender o que quer que seja, onde quer que estejam e da forma como queiram.

FONTE Wall Street Institute