Coca-Cola Brasil anuncia investimento em projetos de inclusão para afrodescendentes

Aporte de R$ 5 milhões irá favorecer inserção socioeconômica;

Programas beneficiados têm foco em educação e cultura;

Financiamento tem apoio de Joe Beasley, ativista americano de direitos civis

Jan 14, 2014, 12:06 ET from Coca-Cola Brasil

RIO DE JANEIRO, 14 de janeiro de 2014 /PRNewswire/ --  A Coca-Cola Brasil e a Coca-Cola Foundation, o braço social da Coca-Cola mundial, anunciam em conjunto o investimento de R$ 5 milhões (US$ 2,1 milhões) em projetos de inclusão socioeconômica de afro-brasileiros. Com mais esse aporte, as ações da empresa envolvendo a população afrodescendente vão impactar diretamente cerca de 100 mil pessoas nos próximos três anos. O investimento tem foco em educação, cultura e comunidade.

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2014-01-14/original/1648.jpg)

Legenda:  Lisa M. Borders, presidente da Coca-Cola Foundation, Joe Beasley, presidente da Joe Beasley Foundation, ativista pelos direitos civis americanos e Lázaro Cunha, ativista do movimento negro brasileiro e diretor do Instituto Steve Biko, observam o discurso do presidente da Coca-Cola Brasil Xiemar Zarazúa

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2014-01-14/original/1649.jpg)

Legenda:  Joe Beasley, presidente da Joe Beasley Foundation e o presidente da Coca-Cola Brasil Xiemar Zarazúa com dois representantes das instituições beneficiadas: Renê Silva, da Voz das Comunidades, e Lázaro Cunha, militante do movimento negro e diretor do Instituto Steve Biko

Crédito Fotos: Rogério Resende

Entre as iniciativas está a criação do Coletivo Conexão, nova modalidade da plataforma Coletivo Coca-Cola, que vai desenvolver habilidades audiovisuais e fomentar novas formas de comunicação em comunidades de baixa renda.  Desde 2009, o Coletivo Coca-Cola impacta positivamente na geração de renda e valorização da autoestima a partir de treinamento técnico, empoderamento comunitário e acesso ao mercado. Com mais de 550 unidades implantadas, de centros urbanos à Floresta Amazônica, em sete diferentes modalidades, o Coletivo Coca-Cola usa a cadeia de valor da empresa para gerar impactos sociais em larga escala para comunidades carentes. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 68% da população dessas comunidades é formada por pretos e pardos.  

"É inspirador saber que podemos usar nosso negócio para melhorar a vida de milhares de brasileiros. Até hoje, o Coletivo já possibilitou o desenvolvimento de oportunidades para mais de 70 mil pessoas. Com esse novo investimento, vamos ampliar nosso alcance e parcerias nas comunidades. Essa é uma caminhada para fazer a diferença na proporção necessária para um país com o tamanho e a importância do Brasil", diz Xiemar Zarazúa, presidente da Coca-Cola Brasil.

"O Brasil é uma das nações mais miscigenadas do mundo. Ainda assim, existem profundas disparidades de renda, educação e emprego", afirma Lisa M. Borders, presidente da Coca-Cola Foundation. "Acreditamos que nosso financiamento vai ajudar a mudar o destino econômico de centenas, se não milhares, de estudantes afro-brasileiros que buscam uma educação melhor."

A Coca-Cola Brasil tem uma longa história de apoio ao movimento negro no país. Desde 2005, por exemplo, a empresa apoia ações realizadas pela Afrobras, organização que trabalha pela inserção socioeconômica, cultural e educacional dos jovens negros brasileiros. A Afrobras mantém a Faculdade Zumbi dos Palmares, única universidade negra da América Latina, e realiza o Troféu Raça Negra, ícone da identidade afro-brasileira.

Além de dar continuidade a essa parceria, a empresa irá ampliar suas iniciativas destinando recursos para entidades como o Instituto Cultural Steve Biko (Salvador – BA). Com foco no acesso de estudantes de escola pública ao ensino superior, a instituição irá ampliar de forma significativa suas vagas em cursos pré-vestibulares e de inglês, e, também melhorar sua infraestrutura. O jornal comunitário Voz das Comunidades, sediado no Complexo do Alemão (Rio de Janeiro - RJ), usará a verba para reconstrução da redação, destruída por um incêndio no ano passado. O Instituto Feira Preta (São Paulo - SP), o Instituto Mídia Étnica (Salvador – BA) e a ONG SerAlzira de Aleluia (Vidigal – RJ) são alguns dos outros projetos que se beneficiarão do investimento. Mais parcerias vão surgir a partir da criação de um fundo, que está em desenvolvimento e será objeto de um edital, voltado para o avanço cultural da população afro-brasileira.

Para Joe Beasley, que atuou na seleção das instituições beneficiadas, a iniciativa é inovadora.  "Esperamos que, em um futuro próximo, outras empresas se inspirem a se envolver no apoio de programas em prol dos afrodescendentes no país", afirma ele que, por meio da fundação que leva seu nome, contribui com projetos de inclusão socioeconômica de negros em todo o mundo.

SOBRE A COCA-COLA BRASIL

O Sistema Coca-Cola Brasil atua em oito segmentos do setor de bebidas não alcoólicas - águas, chás, refrigerantes, néctares/refrescos, energéticos, isotônicos e lácteos, com uma linha de mais de 125 produtos, entre sabores regulares e versões de baixa caloria. Formado pela Coca-Cola Brasil e 12 grupos fabricantes brasileiros, emprega diretamente 66 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Os investimentos do Sistema Coca-Cola Brasil para 2013 serão de R$ 2,6 bilhões. No período 2012 a 2016, o total investido será de R$ 14,1 bilhões, 50% superior ao montante investido entre 2007 e 2011. A sustentabilidade é um compromisso da  Coca-Cola Brasil e se reflete na forma como a empresa e seus fabricantes lidam com as pessoas e com o meio ambiente. O índice de uso de água da Coca-Cola Brasil, por exemplo, é um dos melhores do mundo: 1,87 litros de água para cada litro de bebida produzido - menos da metade do volume utilizado 13 anos atrás. Na reciclagem, a Coca-Cola Brasil desenvolveu, através do Instituto Coca-Cola Brasil, o programa Coletivo Reciclagem, anteriormente conhecido como "Reciclou, Ganhou" que, desde 1996 colabora para que o País seja um dos mais eficientes na reciclagem de materiais. Hoje, 98% das latas de alumínio e 56% das garrafas PET são recicladas. Para saber mais, visite os sites: www.institutococacolabrasil.com.br e www.cocacolabrasil.com.br.

SOBRE A COCA-COLA FOUNDATION

A Coca-Cola Foundation é o braço social Coca-Cola no mundo.  Desde a sua criação em 1984, a Fundação concedeu mais de US$ 650 milhões em doações para apoiar iniciativas comunitárias sustentáveis ​​em todo o mundo. Para mais informações sobre a Coca-Cola Foundation, visite www.coca-colacompany.com/our-company/the-coca-cola-foundation.

Textual
Eliane Azevedo – Gerente
Tel.: (21) 3206-6224 / E-mail: elianeazevedo@textual.com.br
Joana Carvalho – Saúde
Tel.: (21) 3206-6246 / E-mail: joanacarvalho@textual.com.br
Livia Oliveira – Refrigerantes
Tel.: (21) 3206-6237 / E-mail: liviaoliveira@textual.com.br
Maura Peres – Corporativo e Sustentabilidade
Tel.: (21) 3206-6220 / E-mail: mauraperes@textual.com.br
Pilar Magnavita – Bebidas sem gás
Tel.: (21) 3206-6206 / E-mail: pilarmagnavita@textual.com.br

FONTE Coca-Cola Brasil

SOURCE Coca-Cola Brasil



RELATED LINKS

www.cocacolabrasil.com.br