LIDE MULHER: Claudio Lottenberg aponta que as mulheres se preocupam mais com a saúde do que os homens

O médico enfatizou, durante evento do LIDE, a importância de a mulher consultar outros médicos além do tradicional ginecologista

Feb 28, 2013, 15:03 ET from LIDE MULHER

SÃO PAULO, 28 de fevereiro de 2013 /PRNewswire/ -- O primeiro Seminário LIDE de 2013, promovido pelo LIDE MULHER - Grupo de Mulheres Líderes Empresariais, recebeu Claudio Lottenberg na última noite (27/02). Com o tema "Saúde da Mulher", o oftalmologista, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein e do LIDE SAÚDE, falou para uma plateia de 117 empresários filiados ao LIDE. De acordo com Lottenberg, as mulheres procuram um médico, sendo 2,6 delas a cada consulta de um homem. Mas, apesar de disciplinadas na consulta ao ginecologista, elas pecam no cuidado com o resto do corpo, principalmente o coração, uma vez que as doenças cardiovasculares são a maior causa de morte nas mulheres brasileiras.

Claudio Lottenberg também alertou sobre a importância da prevenção de doenças e o equilíbrio entre trabalho e vida familiar, ainda um dilema da mulher contemporânea. "As mulheres deixam a vida profissional em segundo plano e passam, em média, um terço de suas vidas cuidando da família e se esquecem de cuidar de si", explica. Geralmente, a classe feminina apresenta maior incidência de doenças crônicas, com destaque para asma, depressão, doenças autoimunes e dores abdominais.

Outro ponto levantado durante o encontro envolve as mulheres grávidas. Só no Brasil, nascem cerca de 330 brasileiros por hora, sendo 99,2% desses em ambiente hospitalar, razão pelo qual o pré-natal e o parto são as causas mais comuns de procura de atendimento médico ambulatorial e internação hospitalar.

A respeito do câncer, uma doença que se tornou um problema de saúde pública mundial, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, em 2030, pode-se esperar 27 milhões de casos de câncer, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com a doença. "Os cânceres de mama, pulmão, cólon e reto vêm sofrendo um aumento progressivo", explica o oftalmologista.

Contato para imprensa: Erica Valério / Rose Rocha – CDN Comunicação Corporativa
Telefone: 55 11 3643-2710 / 2952

FONTE LIDE MULHER

SOURCE LIDE MULHER