Shell Eco-marathon Americas celebra décima edição do desafio definitivo de eficiência de energia

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA EQUIPES ESTUDANTIS PARA A SHELL ECO-MARATHON AMERICAS 2016

Aug 24, 2015, 16:02 ET from Shell

HOUSTON, 24 de agosto de 2015 /PRNewswire/ --  A Shell Eco-marathon Americas retornará à Motor City, para sua décima edição, de 22 a 24 de abril de 2016. Inscrições estão agora abertas para estudantes do segundo grau e universitários das Américas, para que mostrem sua paixão por inovação tecnológica e eficiência de energia nas ruas do centro de Detroit. O desafio: criar e construir um veículo que vai o mais longe possível com a menor quantidade de energia. As equipes estudantis estão visando bater o atual recorde das Américas de 3.587 milhas por equivalente de galão.

Foto - http://photos.prnewswire.com/prnh/20150823/260407
Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20120917/MM76045LOGO

Até 16 de novembro de 2015, equipes, educadores e estudantes interessados estão convidados a inscrever-se para o desafio de quilometragem da Shell Eco-marathon 2016 e a ajudar a expandir as fronteiras da eficiência de energia. Para mais informações sobre o evento de 2016, incluindo exigências da classe de veículos, regras oficiais, prêmios e para inscrever uma equipe online, por favor, visite o site para participantes da Shell Eco-marathon Americas em www.shell.com/semamericas.

"Construir o carro permitiu-me aprender muito sobre o processo de engenharia… e então também me permitiu começar a pensar daquela maneira de como você cria algo desde o início, como você começa do nada e acaba com um design", disse o antigo membro da equipe da Granite Falls High School e graduado em engenharia civil pelo MIT, em 2015, Shante Stowell

Ao longo das nove últimas edições, a Shell Eco-marathon Americas cresceu de apenas 19 equipes em Fontana, Califórnia –em 2007 – para 113 equipes, em abril último, em Detroit, Michigan. Seis daquelas 19 equipes originais continuam a expandir as fronteiras da eficiência de energia e, mais recentemente, participaram na competição de abril. Em 2007, as equipes estudantis tinham somente a opção de três fontes de energia para acionar seus veículos. Hoje, os estudantes escolhem de sete fontes de energia com opções tradicionais, como gasolina e diesel, e algumas que os fabricantes de equipamentos originais (OEMs) estão explorando para alternativas de transporte de consumo também: hidrogênio, eletricidade, etanol, gás para líquido (GTL) e gás natural comprimido (CNG).

Além de ser uma competição acadêmica de engenharia e uma oportunidade de aprender sobre eficiência de energia, mobilidade sustentável e inovação, a Shell Eco-marathon Americas inspira milhares de estudantes, fomenta sua criatividade e incentiva inovação técnica para tratar os desafios de energia que o mundo enfrenta hoje e enfrentará amanhã. Com a tecnologia evoluindo constantemente, as habilidades fundamentais de STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) que os estudantes aprendem e aplicam ao participarem da Shell Eco-marathon – desde a criação do conceito inicial de seu veículo e a construção de seus designs inovadores, visando, em última instância,  dirigir o mais longe possível com o mínimo de energia e assim vencer a competição – também preparam os alunos para o mundo além de suas mesas de trabalho.

"A Shell Eco-marathon pode equipar estudantes com experiências práticas e de uso imediato e prepará-los para ser a próxima geração de inovadores automotivos", destacou o diretor técnico da Shell Eco-marathon Americas, Adrian Juergens.

Acontecendo entre 22 e 24 de abril, o desafio 2016 já está se formando com mais de 20 equipes pré-inscritas de escolas de Michigan, Califórnia, Indiana, Missouri, Texas, México, Brasil, Venezuela e mais. Com ares de festival, o fim de semana em Detroit também vai apresentar ao público geral uma experiência interativa, gratuita e para a família, dentro do Cobo Center.

Sobre a Royal Dutch Shell plc 
A Royal Dutch Shell plc é constituída na Inglaterra e no País de Gales, possui sede em Haia e está listada nas bolsas de valores de Londres, Amsterdã e Nova York. As empresas da Shell possuem operações em mais de 70 países e territórios, com negócios incluindo a exploração e produção de óleo e gás; produção e comercialização de gás natural liquefeito e gás para líquidos; manufatura, comercialização e entrega de produtos de óleo e químicos, e projetos de energia renovável. Para outras informações, visite www.shell.com

Sobre Shell Eco-marathon
Shell Eco-marathon é um programa global que desafia estudantes de segundo grau e universitários a criarem, construírem e testarem os veículos mais eficientes de energia. Com eventos anuais nas Américas, Europa e Ásia, essa competição de inovação leva futuros cientistas e engenheiros a viajarem a mais longa distância usando a menor quantidade de energia possível. A Shell Eco-marathon Americas 2016 será realizada de 22 a 24 de abril nas ruas do centro de Detroit, é grátis e aberta ao público. Visite www.shell.com/semamericas, para inscrever uma equipe ou saber mais sobre como participar da competição de estudantes e www.shellecomarathon.us, para saber mais sobre este fim de semana de gratuito e para a família no Cobo Center.

Aviso Legal

As empresas em que a Royal Dutch Shell plc direta ou indiretamente possui investimentos são entidades separadas. Por conveniência, nesta apresentação, "Shell", "Shell group" e "Royal Dutch Shell" são às vezes usados onde há referências à Royal Dutch Shell plc e suas subsidiárias em geral. Da mesma maneira, as palavras "nós", "nos" e "nosso" são também usadas para referências às subsidiárias em geral ou àqueles que trabalham para elas. Essas expressões também são usadas onde identificação da empresa (ou empresas) em particular não serve a nenhum propósito. "Subsidiárias", "subsidiárias da Shell" e "empresas Shell", como usadas nessa apresentação, referem-se a empresas que a Royal Dutch Shell controla, direta ou indiretamente. Empresas que a Shell controla conjuntamente são geralmente citadas como "joint ventures" e empresas sobre as quais a Shell possui influência significativa, mas não controla sozinha ou conjuntamente, são referidas como "associadas". O termo "interesses da Shell" é usado por conveniência para indicar os interesses diretos e/ou indiretos da Shell em algum empreendimento, parceria ou empresa, depois da exclusão de todos os interesses de terceiros.

Este anúncio contém declarações prospectivas relativas às condições financeiras, resultados das operações e negócios da Shell e do Shell Group. Todas as afirmações, exceto a respeito de fatos históricos, são ou devem ser consideradas declarações prospectivas. Declarações prospectivas são afirmações de expectativas futuras, com base nas atuais expectativas e suposições da administração, e envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, e incertezas que poderiam levar os resultados de fato, desempenho ou eventos a materialmente diferirem daqueles expressos ou implícitos nessas afirmações. Declarações prospectivas incluem, entre outras coisas, afirmações a respeito da potencial exposição da Shell e do Shell Group aos riscos de mercado e afirmações que expressam as expectativas, crenças, estimativas, previsões, projeções e suposições da administração. Essas declarações prospectivas estão identificadas por seu uso de termos e frases como "antecipa", "acredita", "poderia", "estima", "espera", "metas", "pretende", "deve", "objetivos", "perspectiva", "plano", "provavelmente", "projeta", "riscos", "busca", "deveria", "visa", "vai", e outros termos e frases similares. Há um número de fatores que poderiam afetar as futuras operações da Shell e do Shell Group e poderia levar esses resultados a diferirem materialmente daqueles expressos nas declarações prospectivas incluídas neste anúncio, incluindo (sem limitação): (a) flutuações no preço do óleo cru e gás natural; (b) mudanças nas demandas pelos produtos da Shell; (c) flutuações de moeda; (d) resultados de perfuração e produção; (e) estimativas de reserva; (f) perda de participação de mercado e competição industrial; (g) riscos ambientais e físicos; (h) riscos associados com a identificação de adequadas potenciais aquisições de propriedades e alvos, negociação exitosa e conclusão de transações de tais transações; (i) o risco de fazer negócios em países em desenvolvimento e países sujeitos a sanções internacionais; (j) evoluções legislativas, fiscais e regulatórias, incluindo medidas tratando de mudanças climáticas; (k) condições do mercado financeiro e econômicas em vários países e regiões; (l) riscos políticos, incluindo os riscos de expropriação e renegociação dos termos dos contratos com entidades governamentais, atrasos ou avanços na aprovação de projetos e atrasos no reembolso de custos compartilhados e: (m) mudanças nas condições de comércio. Todas as declarações prospectivas contidas neste anúncio estão expressamente qualificadas em sua inteireza pelos avisos legais contidos ou referidos nesta seção. Os leitores não deveriam depositar confiança em excesso em declarações prospectivas. Fatores adicionais, que podem afetar os resultados futuros, estão contidos no 20-F da Shell para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2014 (disponível em www.shell.com/investor e www.sec.gov). Estes fatores também deveriam ser considerados pelo leitor. Cada declaração prospectiva vale somente na data deste anúncio, 24 de agosto de 2015. Nem a Shell ou qualquer de suas subsidiárias ou o Shell Group assumem quaisquer obrigações de publicamente atualizar o revisar qualquer declaração prospectiva, como resultado de novas informações, eventos futuros ou outra informação. À luz desses riscos, os resultados poderiam materialmente diferir daqueles afirmados, implícitos ou deduzidos a partir de declarações prospectivas contidas neste anúncio.

FONTE Shell

SOURCE Shell



RELATED LINKS

http://www.shell.com