Pacific Rubiales anuncia aquisição de uma participação no bloco de exploração prospectiva de petróleo pesado Portofino, na Colômbia

Jul 24, 2012, 21:52 ET from Pacific Rubiales Energy Corp.

TORONTO, 24 de julho de 2012 /PRNewswire/ -- A Pacific Rubiales Energy Corp. (TSX: PRE; BVC: PREC; BOVESPA: PREB) tem o prazer de anunciar que assinou cartas de intenções de acordo com a Petrolera Monterrico SA Sucursal Colômbia ("Petromont ") para adquirir uma participação de 40% e com a Canacol Energy Ltd. (TSX: CNE) para adquirir a operação, do bloco de exploração onshore Portofino, na Colômbia.

O bloco Portofino tem uma área de aproximadamente 1.047 km2 e está localizado no canto nordeste da bacia do Caguán-Putumayo, no sul da Colômbia. O bloco está localizado dentro do curso de petróleo pesado que hospeda os campos gigantes produtores de Rubiales/Quifa e Castilla/Chichemene, e em curso e adjacente ao desenvolvimento do campo de petróleo pesado de Capella. O bloco contém uma prospecção com um potencial de recursos P50 estimados de 140 MMbbl e até outros quatro indícios com aproximadamente 160 MMbbl.

Ronald Pantin, CEO da Companhia, comentou: "Esta é uma oportunidade empolgante e um excelente ajuste com a expertise da empresa no desenvolvimento de petróleo pesado. A Pacific Rubiales já é a maior operadora e produtora de petróleo pesado na Colômbia e tem uma das maiores posições de terreno produtivo juntamente com a tendência de recursos de petróleo pesado. Esta aquisição aumenta a carteira existente, fornecendo o potencial de crescimento futuro da Companhia."

A transação consiste em um pagamento em dinheiro de US$ 23,5 milhões para a Petromont que inclui o pagamento de custos anteriores de exploração, além de um custo líquido de financiamento (carry) de US$ 2,2 milhões de suas obrigações relacionadas com um programa de trabalho de exploração aprovado. Como parte do acordo, existe uma obrigação de custo líquido de financiamento adicional para financiar certas instalações de produção e outras atividades necessárias para o desenvolvimento do bloco de até US$ 45 milhões. Esta obrigação de custo líquido de financiamento será recuperada a partir das receitas de produção.

Em um acordo separado, a Companhia pagará uma contrapartida em dinheiro à Canacol de US$ 3,7 milhões para assumir a operação do bloco. A Pacific Rubiales receberá a transferência da operadora do bloco após a perfuração dos próximos quatro poços.

A transação está sujeita às aprovações governamentais e regulatórias.

A Pacific Rubiales, uma empresa com sede no Canadá e produtora de gás natural e petróleo pesado cru, é proprietária de 100% da Meta Petroleum Corp., uma operadora de petróleo colombiana que opera os campos de Rubiales, Piriri e Quifa na Bacia de Llanos em associação com a Ecopetrol S.A., a empresa nacional de petróleo colombiana. O foco primário da Empresa está em identificar oportunidades na parte leste da Bacia de Llanos da Colômbia, bem como em outras áreas na Colômbia e norte do Peru. A Pacific Rubiales tem participação de trabalho em 43 blocos na Colômbia, Peru e Guatemala. 

As ações ordinárias da empresa são negociadas na Bolsa de Valores de Toronto e na Bolsa de Valores da Colômbia e como Recibos Depositários Brasileiros na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros do Brasil sob os símbolos ticker PRE, PREC e PREB respectivamente.

Avisos

Advertência com relação às declarações prospectivas

Este comunicado à imprensa contém declarações prospectivas. Todas as declarações, exceto as declarações de fatos históricos, que tratam de atividades, eventos ou desenvolvimentos que a Companhia acredita, espera ou antecipa que irão ou poderão ocorrer no futuro (incluindo, sem limitação, declarações sobre estimativas e/ou suposições em relação à produção, receita, fluxo de caixa e custos, estimativas de reserva e de recursos, recursos e reservas potenciais e os planos e objetivos da Companhia de exploração e desenvolvimento) são declarações prospectivas. Estas declarações prospectivas refletem as expectativas ou crenças atuais da Companhia com base em informações atualmente disponíveis à Companhia. As declarações prospectivas estão sujeitas a vários riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais da Companhia sejam materialmente diferentes dos discutidos nas declarações prospectivas, e até mesmo se tais resultados reais forem realizados ou substancialmente realizados, não pode haver nenhuma garantia de que eles terão as consequências esperadas ou efeitos sobre a Companhia. Os fatores que poderiam fazer com que os resultados reais ou os eventos difiram materialmente das expectativas atuais incluem, entre outras coisas: a incerteza das estimativas de capital e custos operacionais, as estimativas de produção e retorno econômico estimado, a possibilidade de que as circunstâncias reais sejam diferentes das estimativas e premissas, falha em estabelecer estimativa dos recursos ou reservas; flutuações nos preços do petróleo e das taxas de câmbio, inflação, mudanças nos mercados acionários; evolução política na Colômbia, Guatemala ou Peru; alterações nas normas que afetam a atividade da companhia; incertezas quanto à disponibilidade e custos de financiamento necessários no futuro, incertezas envolvidas na interpretação dos resultados de perfuração e outros dados geológicos; e outros riscos divulgados sob o título "Fatores de Risco" e em outra parte no formulário de informação anual da companhia datado de 14 de março de 2012 e arquivado no SEDAR em www.sedar.com. Qualquer declaração prospectiva só entra em vigor na data em que é feita e, exceto conforme possa ser exigido pela legislação de valores mobiliários, a Companhia nega qualquer intenção ou obrigação de atualizar qualquer declaração prospectiva, seja como resultado de novas informações, eventos ou resultados futuros ou de outra forma. Embora a Companhia acredite que as suposições inerentes às declarações prospectivas sejam razoáveis, as declarações prospectivas não são garantias de desempenho futuro e, consequentemente, confiança indevida não deve ser posta em tais declarações, devido à incerteza que nelas possa estar contida.

Além disso, os níveis de produção relatados não podem ser reflexos das taxas de produção sustentáveis e as taxas de produção futuras poderão diferir materialmente das taxas de produção refletidas neste comunicado à imprensa devido a, entre outros fatores, dificuldades ou interrupções encontradas durante a produção de hidrocarbonetos.

Conversão Boe

A medida Boe (barril de óleo equivalente) pode ser enganadora, especialmente se usada isoladamente. Uma taxa de conversão boe de 5,7 Mpc: 1 bbl (barril) é baseada em um método de conversão de equivalência de energia aplicável principalmente na ponta do queimador e não representa uma equivalência de valor em sua fonte de origem. Os valores estimados, divulgados neste comunicado de imprensa, não representam o justo valor de mercado. As estimativas das reservas e as futuras receitas líquidas para propriedades individuais podem não refletir o mesmo nível de confiança de estimativas de reservas e futuras receitas líquidas de todas as propriedades, devido aos efeitos da agregação.

Definições


Bpc

Bilhões de pés cúbicos.

Bpcfe

Bilhões de pés cúbicos de gás natural equivalentes.

bbl

Barris de petróleo.

bbl/d

Barris de óleo por dia.

boe

Barris de óleo equivalentes. A medida Boe pode ser enganadora, especialmente se usada isoladamente. O padrão colombiano é uma taxa de conversão de boe de 5,7 Mpc:1 bbl e é baseado em um método de conversão de equivalência de energia, aplicável principalmente na ponta do consumidor final e não representa uma equivalência do valor em sua fonte de origem.

boe/d

Barris de óleo equivalente por dia.

Mbbl

Milhares de barris.

Mboe

Milhares de barris de óleo equivalentes.

MMbbl

Milhões de barris.

MMboe

Milhões de barris de óleo equivalentes.

Mpc

Milhares de pés cúbicos.

MMpc

Milhões de pés cúbicos.

MMpc/d

Milhões de pés cúbicos por dia.

Tpc

Trilhões de pés cúbicos.

WTI

Índice de preços do petróleo intermediário do Texas.




Para mais informações:

Christopher (Chris) LeGallais
Vice-presidente Sênior, Relações com Investidores
+1 (647) 295-3700 

Javier Rodriguez A. Rubio
Gerente de Relações com Investidores
 +57 (1) 511-2319

Carolina Escobar V
Relações com Investidores
+57 (1) 628-3970 

FONTE  Pacific Rubiales Energy Corp.

FONTE Pacific Rubiales Energy Corp.

SOURCE Pacific Rubiales Energy Corp.