15º Encontro Nacional de RI aborda o relacionamento do profissional de RI com analistas sell e buy side

Jul 03, 2013, 16:18 ET from 15º Encontro Nacional de RI

SÃO PAULO, 3 de julho de 2013 /PRNewswire/ -- Para manter o bom relacionamento com os analistas sell e buy side o profissional de Relações com Investidores deve alinhar a mensagem do sênior management e as outras áreas da companhia de maneira consistente, como informou Daniela Muszkat, advisory do Banco Modal, na 15ª edição do Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais, em 03 de julho de 2013, em São Paulo. O segundo painel do evento promovido pelo IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e pela ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas) que acontece nos dias 03 e 04 de julho, na FECOMERCIO debateu como o executivo de RI pode tornar a relação com o analista sell e buy mais produtiva.

A executiva que trabalhou por 17 anos como analista sell side recomendou que os RI's liguem para o analista sell side e os questionem quais são suas dúvidas, ou seja, torne-os seus aliados. De acordo com ela, um profissional que atuava dessa forma brilhantemente era Silvio Guerra, que foi RI da Localiza.

Para Gabriel Raoni, analista buy side, conhecimento, transparência e honestidade são as características que ele busca em um profissional de RI. "Acredito que é possível avançar mais na questão da honestidade, pois investimento é confiança, o que gera uma riqueza muito grande", complementou.

Ao ser indagado pelo moderador, Vitor Fagá, CFO da Via Varejo, se há disputa do tempo do RI pelos analistas sell e buy side, Eduardo Atsushi Takeiti, diretor de RI da CPFL, disse que não compartilha da ideia e que na sua empresa não prioriza o atendimento a determinado tipo de analista. "Promovemos encontros com pequenos grupos com o intuito de observar os anseios do mercado", apontou.

O executivo da CPFL explicou que nos últimos 12 meses o setor de energia passou por grandes mudanças e a área de RI deve levar essa mensagem da forma mais inteligível possível. "Esse é o desafio e o sell side é um grande parceiro para transmitir a mensagem para o buy side", concluiu.

Daniela Muszkat chamou atenção para o fato de que muitos executivos acabam encarando uma recomendação, especialmente a negativa, como uma avaliação pessoal, o que de fato não é verdade. Segundo ela, o analista precisa ter maturidade para lidar com as repercussões de sua avaliação. "Seja firme na recomendação e não se deixe posicionar pelo management", encerrou.

Assessoria de Comunicação do IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores)
Digital Assessoria Comunicação Integrada

Rodney Vergili / Jennifer Almeida / Marília Alencar / Caroline Belleze


(11) 5081-6064 / (11) 5574-1103 / (11) 5904-2681


rodney@digitalassessoria.com.br

jennifer@digitalassessoria.com.br

marilia@digitalassessoria.com.br

caroline@digitalassessoria.com.br

FONTE 15º Encontro Nacional de RI

SOURCE 15º Encontro Nacional de RI