Arthur Chioro defende diálogo entre setores público e privado para melhorar investimentos em saúde em ALMOÇO-DEBATE LIDE

SÃO PAULO, 27 de maio de 2014 /PRNewswire/ -- "Hoje o público e o privado só se conversam no momento da dor", afirmou o ministro Arthur Chioro, durante o Almoço-Debate do LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, presidido por João Doria JR, no Grand Hyatt Hotel, em São Paulo. O evento realizado ontem, 26, contou com a presença de 324 empresários. "Se queremos ter da vacina ao transplante com recursos públicos, isso tem um custo e o orçamento público é insuficiente", disse. "Não adianta querer um sistema universal gratuito se não tivermos uma base de financiamento que seja coerente e capaz de enfrentar essa realidade." Ele admitiu a necessidade de uma ampla reforma tributária. 

O ministro comentou que o SUS contempla atualmente 1,5 bilhão de consultas por ano e oferece gratuitamente as 14 principais vacinas. O Brasil conta com o maior número de transplantes públicos do mundo depois dos Estados Unidos. Além disso, os programas de AIDS e hepatites do país são referência mundial. Entretanto há uma enorme insatisfação por parte dos usuários com o sistema. "Isso requer mais investimento em infraestrutura, equipamentos e mão-de-obra para produzir cuidados de forma mais respeitosa", afirmou.

"O Brasil tem grandes desafios, entre eles o de lidar com uma população que envelhece num ritmo acentuado, o que vai exigir mudanças profundas nas políticas públicas. Precisamos fazer investimentos na atenção básica qualificada no SUS", observou.

Indagado sobre o programa Mais Médicos, Chioro declarou ser um "defensor irredutível" da iniciativa. "Acredito no impacto positivo que esse programa representa para o Brasil", disse. Segundo ele, "não se trata de um programa baseado em médicos cubanos". O ministro explicou que o governo federal identificou para participar do programa cidades que não tinham médicos, uma vez que o Brasil carece da falta desses profissionais, principalmente na área de atenção básica de saúde. "Todos os prefeitos, de todos os partidos, aderiram ao programa, e as vagas foram abertas primeiro para os médicos brasileiros e depois para os estrangeiros", explicou. "O Programa é bom porque atenção básica bem feita diminui em 80% os problemas de saúde", observou.

O evento contou com a chancela de importantes marcas: AMIL, 3M NEXCARE, BIONEXO, EMS, GOCIL, HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS, LOGIMED, MAPFRE, MERCK, NOVARTIS, QUALICORP, SOUZA CRUZ, e TAKEDA são os co patrocinadores. Entram como fornecedores oficiais, CDN, DE LONGHI, ECCAPLAN, GRUPO COMPANHIA, MISTRAL VINCI. PR NEWSWIRE e RÁDIO JOVEM PAN são mídia partners.

Mais informações para a imprensa:
CDN - Comunicação Corporativa: www.cdn.com.br 
Rose Rocharose-rocha@cdn.com.br(11 3643-2952)

FONTE ALMOÇO-DEBATE LIDE

SOURCE ALMOÇO-DEBATE LIDE



More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.