2014

Bertolino Ricardo Almeida, um jovem de 35 anos disposto a mudar o Brasil

BRASÍLIA, Brasil, 18 de janeiro de 2014 /PRNewswire/ -- Do seu escritório em Brasilia-DF, Bertolino Ricardo Almeida diz que simplificará a gestão pública, enumera poucas propostas para mudar o rumo do Brasil e se diz muitíssimo preparado para coordenar o executivo.

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2014-01-17/original/1658.jpg)

A favor da dignidade B.R.A afirma que, "bolsa família" é importante, contudo seria necessário que o governo permitisse que as pessoas trabalhassem mesmo recebendo o benefício. "Assim ficaria sustentável e ajudaria as pessoas a sairem da miséria definitivamente". Outro detalhe neste segmento é a erradicação da fome. No Brasil ainda há 9 milhões de famintos e isto deve ser erradicado.

B.R.A diz que a educação no Brasil deveria ser em tempo integral e que a tecnologia deveria ser inclusa como matéria de estudo desde o primário. Segundo B.R.A com tecnologia o estimulo das crianças seria outro e ajudaria a identificar novos gênios. B.R.A afirma que tem um plano de educação chamado "Estude Feliz" com amplas propostas para o esporte e até mesmo métodos científicos.

Sobre o aborto B.R.A se pronuncia não favorável: "Devemos ensinar nossos jovens a ser responsáveis, a usar contraceptivos e a respeitar as leis de Deus. A Vida, segundo B.R.A inicia-se no coito".

Bertolino diz que regularizar a maconha é uma medida de longo prazo. Que primeiro devemos educar a sociedade, advertir para os riscos, conscientizar os jovens e exaurir a mente criminosa dos narcotraficantes.

Ao ser questionado sobre o voto facultativo B.R.A diz que é extremamente favorável. E acrescentou que acha um abuso esta obrigatoriedade de voto no Brasil.

Contra a pena de morte B.R.A informa o óbvio, que violência so gera violência. Além de que, todos os estudos esclarecem que pena de morte não diminui em nada a criminalidade. B.R.A é taxativo em afirmar que somente o cumprimento da lei de maneira clara, isonômica, faz com que a criminalidade caia. E exemplifica, "veja Nova York". "Tolerância zero a corrupção, Tolerância zero a violência é o caminho".

Sobre o governo de coalizão. B.R.A se manifesta: "Sou a favor da representatividade. Sou a favor de que a disputa política seja feita apenas até a eleição. Depois disto, o que deve existir é a  representatividade, o diálogo e a luta pelo povo. B.R.A até aceita com bom tom as divergências de opiniões, convencimento democrático e até discussões. Contando que, no final, o bem comum seja priorizado.

A favor da reeleição no executivo e no legislativo apenas 1 vez B.R.A esclarece. "O problema da corrupção esta mais no congresso e do que no executivo, pois, se o legislativo não fosse tão corrupto ele vigiaria melhor o executivo e não compactuaria com este problema absurdo".

B.R.A encerra coma expressão: "Corrupção deveria ser considerado crime hediondo. É um dos crimes mais bárbaros que existe, pois, quantas vidas ficam a mercê de um ato corrupto. Tecnologia não é cara, veja os bloqueadores de celulares implantados em Presidente Venceslau. Falta vontade política e isto tenho de sobra."

www.itnet.com.br

Para mais informações: (61) 3547 9141
https://www.facebook.com/BertolinoPEN51

 

FONTE Bertolino Ricardo Almeida

SOURCE Bertolino Ricardo Almeida




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.