Facilitação do acesso universal à saúde reprodutiva

ROMA, 9 de outubro de 2012 /PRNewswire/ -- Ajudar as mulheres inférteis a engravidar e mulheres férteis a evitar gravidezes indesejadas são dois lados da mesma moeda: a saúde reprodutiva. Tal como definido pela OMS: "A saúde reprodutiva implica que as pessoas possam de ter uma vida sexual responsável, satisfatória e segura e que tenham a capacidade de se reproduzir e a liberdade de decidir se, quando e quantas vezes o farão".

A FIGO, Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia, está envolvida em ambas as áreas: infertilidade e contracepção. O Congresso da FIGO2012 em Roma, Itália, foi palco de duas importantes ocorrências: a apresentação da "FIGO Fertility Tool Box™" (Caixa de Ferramentas de Fertilidade da FIGO) e a terceira edição das "Pílulas Anticoncepcionais de Emergência: Diretrizes Médicas e de Provisão de Serviço".

A Fertility Tool Box™ (http://www.figo.org/news/resources/FIGO_Fertility_Tool_Box) é um instrumento focado no alívio do fardo da infertilidade. "Ao desenvolvê-la, decidimos trabalhar dentro da faixa de obstetras e ginecologistas generalistas e até das parteiras, tendo em conta as sensibilidades em relação à cultura, religião, política e economia," disse o professor David Adamson, presidente da Comissão de Medicina Reprodutiva da FIGO.

A Tool Box™ é simples e flexível. Ela consiste de seis componentes que lidam com a superação de barreiras pessoais e sociais aos cuidados de infertilidade, prevenção, diagnóstico e tratamento, além da Fertility Daisy™. A Fertility Daisy™ lida com a razão pela qual devemos nos preocupar com a infertilidade. "A infertilidade, especialmente em ambientes de baixos recursos, é importante e sua gestão é justificada pelo impacto positivo na qualidade de vida, não discriminação de planejamento familiar, prevenção de infecções sexualmente transmissíveis e acessibilidade. Cada pétala da margarida simboliza um item. Espera-se que esta ferramenta seja usada para aumentar o acesso à prevenção da infertilidade de qualidade, custo-benefício e de gestão", disse o professor Adamson.

"As diretrizes contraceptivas de emergência foram criadas pelo Consórcio Internacional para a Contracepção de Emergência em 2000. A terceira edição 2012 é endossada pela FIGO," explica o professor Ian Fraser, Secretário Honorário da FIGO.

"Apesar da disponibilidade de métodos contraceptivos eficazes, muitas gestações são inoportunas ou indesejadas e podem levar a um alto risco de morbidade e mortalidade, particularmente em locais onde o aborto seguro não é acessível. Muitos desses casos de gravidez indesejada podem ser evitados usando-se a contracepção de emergência. Além disso, a contracepção de emergência proporciona uma sensação de segurança para as mulheres que passaram pelo trauma de uma agressão sexual, capaz de mudar o resto da vida", disse ele.

"As diretrizes refletem as últimas evidências e se destinam a apoiar os programas de planejamento familiar e fornecedores para assegurar às mulheres por eles atendidas que elas podem usar pílulas anticoncepcionais de emergência com eficácia e segurança", acrescentou.

FONTE  FIGO2012

FONTE FIGO2012

SOURCE FIGO2012



RELATED LINKS
http://www.figo.org/news/resources/FIGO_Fertility_Tool_Box

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.