Gran Colombia anuncia redução adicional de custos da Fase III e extensão da coluna de minério de Providencia nos mais recentes resultados de perfuração do seu Projeto Segovia de alto grau

TORONTO, 12 de agosto de 2013 /PRNewswire/ -- A Gran Colombia Gold Corp. (TSX: GCM, OTCQX: TPRFF) anunciou hoje que recentemente tomou medidas na Fase III de seu programa contínuo para reduzir os custos em suas Operações Segovia, cortando US$ 400.000 por mês, aproximadamente US$ 53 por onça, através de uma redução na força de trabalho. Considerando a demissão de empregados, o impacto líquido desta ação começará a beneficiar o custo global de caixa de manutenção da companhia, que atualmente é de US$ 1.200 por onça, no início de outubro de 2013.

A companhia também anunciou resultados adicionais de perfuração do sistema de filões de Providencia do seu Projeto Segovia de alto grau em Antioquia, Colômbia. Um programa de exploração de quatro perfurações totalizando aproximadamente 1.000 metros está sendo perfurado atualmente, após os resultados de um Instrumento Nacional 43-101 que foi anunciado pela companhia através do comunicado à imprensa da companhia datado de 1 de agosto de 2013.

Com os resultados da primeira perfuração (ZC-003), o trabalho de perfuração em Providencia continua a interceptar filões de ouro de alto grau com ouro visível. A Perfuração ZC-003 retornou 5,34 metros a 19,41 gramas por tonelada (g/t).

Estes resultados confirmaram a extensão do associado com as perfurações DS-0089 (inclui 0,42 metro a 663,3 g/t) e DS-0126 (inclui 2,60 metros a 42,31 g/t)1. Com base no contínuo sucesso do programa de exploração, outra perfuração está atualmente em andamento para estender a coluna de minério de alto grau para o oeste e mais duas perfurações foram projetadas para testar a extensão da profundidade (down-plunge) da principal coluna de minério.

"Nossa exploração em Segovia continua a identificar recursos adicionais de grau muito elevado para apoiar o Projeto Pampa Verde em Segovia", disse Serafino Iacono, Co-Presidente Executivo do Conselho da Gran Colombia. "Com a conclusão de nossa planta de processamento e operação de mineração subterrânea em 2014, Segovia será a primeira operação de mineração de ouro moderna e mecanizada da Colombia".

Os resultados significativos estão resumidos abaixo:

Perfuração

De (m)

Para (m)

Comprimento (m)

Ouro (g/t)

Prata (g/t)

Filão

ZC-003

541,86

547,20

5,34

19,51

8,07

Providencia

 

*

Gradação reportada das amostras está acima de 6,0 g/t. As gradações são para amostras únicas e para compostos ponderados por comprimento, calculados com grau de corte de 5,0 g/t de ouro e nenhuma diluição interna.  O comprimento é o comprimento da amostra ou composto do fundo da perfuração e não necessariamente a largura verdadeira do filão. As larguras verdadeiras são estimadas entre 50% e 100% do comprimento do fundo da perfuração. As gradações não são limitadas e os intervalos não são diluídos de acordo com uma largura mínima de mineração.

Webcast

Como lembrete, a companhia realizará uma teleconferência e webcast na quinta-feira, 15 de agosto às 09:30 horas, horário da Costa Leste dos EUA (08:30 horas de Bogotá) para discutir os resultados do segundo trimestre e fornecer uma atualização operacional.

Os detalhes do webcast e das chamadas são os seguintes:


Link para o evento ao vivo:  

http://www.media-server.com/m/p/zvwgxi7j


Toronto & Internacional: 

1 (847) 585-4405


Chamada grátis na América do Norte: 

1 (888) 771-4371


Chamada grátis na Colômbia:  

01 800 9 156 924


Identificação da conferência:  

35423990

Uma reprodução do webcast estará disponível no endereço www.grancolombiagold.com a partir de 15 de agosto de 2013 até 30 de setembro de 2013.

Pessoa Qualificada

Stewart D. Redwood, Geólogo Consultor Sênior da companhia, é uma pessoa qualificada conforme definido pelo Instrumento Nacional 43-101 – Padrões para Divulgação de Projetos Minerais e preparou ou revisou a montagem das informações científicas e técnicas deste comunicado à imprensa em relação aos resultados da perfuração do Projeto Segovia. O Dr. Redwood verificou os dados divulgados neste comunicado à imprensa, incluindo a amostragem, dados analíticos e de testes que sustentam as informações contidas neste comunicado à imprensa. A verificação incluiu  a revisão das amostras de garantia de qualidade e controle de qualidade e revisão das bases de dados de análise e certificados de análise aplicáveis.

Garantia de Qualidade e Controle de Qualidade

No caso de resultados de perfuração aqui referidos, as amostras foram preparadas e analisadas pela SGS Colombia S.A. em suas instalações de preparação de amostras em Medellín, Colômbia. Esta companhia  faz parte do grupo SGS (certificação ISO 9001:2008). O ouro foi analisado a fogo, com acabamento por espectrofotômetro de absorção atômica (AAS, sigla em inglês).  Amostras acima de 5 g/t de ouro foram analisadas novamente a fogo com acabamento gravimétrico. A prata foi analisada por digestão multiácida com acabamento por AAS ou por digestão em água-régia e acabamento de espectrofotômetro de emissão de plasma (ICP-ES) indutivamente acoplado. Amostras em branco, padrão e duplicadas foram rotineiramente inseridas nas análises para garantia de qualidade e controle de qualidade.

Sobre a Gran Colombia Gold

A Gran Colombia é uma companhia sediada no Canadá de exploração, desenvolvimento e produção de ouro e prata com foco principal na Colômbia. A Gran Colombia é atualmente a maior produtora de ouro e prata subterrânea na Colômbia com várias minas subterrâneas em operação em suas Operações Segovia e Marmato. Adicionalmente, a Gran Colombia está fazendo progressos em um projeto para desenvolver uma mina de ouro e prata de grande escala em suas operações em Marmato.

Informações adicionais sobre a Gran Colombia estão disponíveis no Web Site da companhia, no endereço www.grancolombiagold.com  e em consulta à página da companhia no SEDAR no endereço www.sedar.com.

Este comunicado à  imprensa contém "informações prospectivas" que podem incluir, mas não se limitam a declarações relativas ao futuro financeiro ou desempenho operacional da Companhia e seus projetos e, especificamente, declarações referentes ao crescimento previsto na produção de ouro anual e redução dos custos de caixa. Frequentemente, mas nem sempre, as declarações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de palavras como "planeja", "espera", "deverá", "orçamento", "programada", "estima", "previsões", "pretende", "prevê", ou "acredita" ou variações (inclusive variações negativas) de tais palavras e frases ou afirmam que certas medidas, eventos ou resultados "podem", "poderiam", "iriam", "seriam" tomadas, ocorreriam ou seriam atingidos. As declarações prospectivas envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores que podem fazer com que os resultados efetivos, o desempenho ou as realizações da Gran Colombia sejam significativamente diferentes de qualquer resultado, desempenho ou realizações futuros, expressos ou implícitos pelas declarações prospectivas. Os fatores que podem fazer com que os resultados efetivos sejam significativamente diferentes dos previstos nestas declarações prospectivas estão descritos sob o título "Fatores de Risco" no Formulário Anual de Informações da Companhia datado de 26 de março de 2013 disponível no SEDAR, no endereço www.sedar.com. As declarações prospectivas contidas neste documento são feitas na data deste comunicado à imprensa e a Gran Colombia se exime de qualquer obrigação, a não ser as exigidas por lei, de atualizar qualquer declaração prospectiva quer seja como resultado de novas informações, resultados, eventos futuros, circunstâncias ou se as estimativas ou opiniões da diretoria se modificarem ou de outra forma. Não podemos garantir que tais declarações prospectivas sejam corretas, pois os resultados efetivos e os eventos futuros podem diferir significativamente daqueles previstos em tais declarações. Do mesmo modo, o leitor não deve confiar indevidamente nas declarações prospectivas. 

________________________________________

1 Consultar os comunicados à imprensa da Companhia datados de 14 de maio de 2013.

Para mais informações:

Roy MacDonald
Relações com Investidores
+1 (416) 360-4653

(GCM. GCM.WT.)

FONTE  Gran Colombia Gold Corp.

 

 

 

 

FONTE Gran Colombia Gold Corp.

SOURCE Gran Colombia Gold Corp.



RELATED LINKS
http://www.grancolombiagold.com

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.