Grupo Aeromexico, S.A.B. de C.V. anuncia principais resultados financeiros do quarto trimestre de 2012

Feb 14, 2013, 11:49 ET from GRUPO AEROMEXICO, S.A.B. DE C.V.

CIDADE DO MÉXICO, 14 de fevereiro de 2013 /PRNewswire/ --

  • O lucro líquido no quarto trimestre de 2012 foi de MXP$ 612 milhões, um aumento em comparação com o lucro líquido de MXP$ 294 milhões, reportado no mesmo período de 2011. O lucro líquido para o ano inteiro foi de MXP$ 1.323 milhões, apesar dos preços recordes dos combustíveis e do impacto negativo de uma depreciação de 5,8% da taxa de câmbio.
  • O lucro operacional do quarto trimestre antes de outras receitas e despesas não operacionais foi de MXP$ 356 milhões, com uma margem de 3,6%. O lucro operacional de 2012 antes de outras receitas e despesas não operacionais foi de MXP$ 2.529 milhões, com uma margem de 6,4%. A margem operacional foi de 6,5%, excluindo o efeito da consolidação da Aeromexico Cargo.
  • O EBITDAR de 2012 foi de MXP$ 6.811 milhões, o segundo maior EBITDAR anual na história da Companhia, apesar dos impactos negativos relacionados com o aumento do preço do combustível e a depreciação da taxa de câmbio acima mencionados. A margem de EBITDAR foi de 17,2%; após o ajuste ao efeito de consolidação da carga, essa margem foi de 17,6%.
  • O Grupo Aeromexico registrou receita recorde de MXP$ 39.569 milhões em 2012; 10,5% de crescimento ano a ano. Esse crescimento foi impulsionado principalmente pelos maiores rendimentos, fluxos mais elevados de passageiros e um aumento nas receitas de cargas. As receitas do quarto trimestre atingiram MXP$ 9.897 milhões, um aumento de 1,7% ano a ano.
  • O custo por assento-quilômetro oferecido (CASK), excluindo combustível e o ajuste ao efeito contábil da consolidação da Aeromexico Cargo (AM Cargo), aumentou 5,4% em 2012 em relação ao ano passado. Isto principalmente devido à depreciação da taxa de câmbio. Este indicador, expresso em dólares, diminuiu 1,7%. O CASK em pesos, excluindo combustíveis e a consolidação do negócio de cargas, cresceu 3,7% no quarto trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado.
  • Durante o ano, o Grupo Aeromexico executou o programa de investimentos mais ambicioso da história da Companhia, realizando pagamentos de MXP$ 4.261 milhões em investimentos de ativos fixos, pré-pagamentos de compra de aeronaves, depósitos de garantia e a amortização de dívida não relacionada com a compra de aeronaves. A posição do caixa da Companhia em 31 de dezembro de 2012 era de MXP$ 3.452 milhões.
  • O Grupo Aeromexico teve a entrega de oito novos Embraer-190 em 2012. Seis deles foram entregues como parte do programa de aquisição de aeronaves através da linha de crédito do BNDES e dois foram entregues por meio de locações operacionais. A Companhia também teve a entrega de três Boeing 737-800 através de financiamento do US Ex-Im Bank. Três aeronaves Embraer 170 também foram adicionadas à frota por meio de arrendamentos operacionais. Além disso, dois Boeing 737-800, um Boeing 767-200 e uma aeronave Embraer E-145 foram reentregues.

FONTE  GRUPO AEROMEXICO, S.A.B. DE C.V.

FONTE GRUPO AEROMEXICO, S.A.B. DE C.V.

SOURCE GRUPO AEROMEXICO, S.A.B. DE C.V.