GSMA: 1,5 bilhão de novas conexões móveis na Ásia até 2017 estimularão o crescimento e levarão ao impacto na vida conectada

- Nova pesquisa da PwC-GSMA ressalta o efeito que o crescimento dos dispositivos conectados na Ásia terá nos principais setores da indústria

XANGAI, 26 de junho de 2013 /PRNewswire/ -- A GSMA anunciou hoje que mais de 1,5 bilhão[1] de novas conexões móveis serão acrescentadas na Ásia até 2017, estimulando o crescimento da chamada "vida conectada", ao conectar de maneira inteligente as pessoas a tudo à sua volta através de novos e inovadores produtos e serviços de conexão móvel. Um novo relatório[2] desenvolvido pela PwC e GSMA, divulgado na Mobile Asia Expo 2013, revela o impacto transformador que os dispositivos conectados e comunicações máquina a máquina (M2M) terão nos setores automotivo, de educação, saúde e cidades inteligentes na Ásia nos próximos cinco anos.

"A natureza penetrante dos dispositivos conectados já está transformando a forma como as pessoas da região vivem", afirmou Michael O'Hara, diretor de marketing da GSMA. "Nos próximos cinco anos, a Ásia viverá um crescimento acelerado de carros, edifícios e monitores médicos conectados, além de uma gama completa de eletrônicos de consumo e eletrodomésticos conectados. No entanto, a colaboração contínua entre operadoras de serviços móveis e os principais personagens dos setores verticais é vital para conduzir os serviços móveis perturbadores e pioneiros que melhorarão a vida das pessoas na região."

Até 2017, de acordo com a nova pesquisa da PwC-GSMA, o crescimento da vida conectada na Ásia tem o poder para:

Adicionar até US$ 22 bilhões em produtividade econômica na China ao reduzir o congestionamento de tráfego
A introdução de telemática de veículos habilitada para serviços móveis poderia reduzir de maneira significativa o tráfego ao informar dados essenciais como localização, velocidade e direção. Reduzir o congestionamento é um desafio importante. Por exemplo, Pequim passou por um engarrafamento em 2012 que se espalhou por mais de 100 quilômetros e durou mais de 10 dias, e o trajeto urbano médio nas maiores cidades da China já dura cerca de 80 minutos por dia. O tempo economizado ao reduzir o tráfego através dos serviços móveis ajudará os chineses em trânsito a recuperarem cerca de duas horas do seu tempo por semana e adicionará US$ 22 bilhões em produtividade econômica.

Ajudar a fornecer eletricidade para 10 milhões de lares na Índia ao eliminar o furto de energia
Instalar medidores inteligentes habilitados para serviços móveis na Índia pode economizar eletricidade suficiente para iluminar mais de 10 milhões de lares até 2017. A Índia perde 24 por cento da eletricidade que gera a cada ano, o que custa à sua economia mais de US$ 17 bilhões, e o furto de energia representa metade dessas perdas. Os medidores inteligentes habilitados para serviços móveis oferecem a conectividade sem fio que permite que os serviços públicos detectem e registrem os furtos.

Economizar US$ 10 bilhões em custos de cuidados com a saúde no Japão através da saúde móvel
Até 2017 espera-se que quase 28 por cento da população japonesa tenha mais de 65 anos. A adoção de tecnologias móveis para o monitoramento remoto, o tratamento de doenças e a medicina preventiva para os idosos pode reduzir os gastos do Japão com cuidados com a saúde em US$ 10 bilhões em 2017, o que resultaria em economias suficientes para cobrir os gastos médicos de um milhão de cidadãos idosos a cada ano.

Reduzir os custos de educação para estudantes da Coreia do Sul em até US$ 12.000 por estudante
A tecnologia e, em particular, a aprendizagem melhorada por serviços móveis na Coreia do Sul pode complementar as aulas particulares tradicionais após a escola, economizando até US$ 12.000 para os estudantes durante sua vida escolar. Em 2012, os pais sul-coreanos gastaram cerca de US$ 17,5 bilhões, ou 1,5 por cento do PIB, no ensino privado após a escola. Substituir aulas particulares de inglês e matemática pelo aprendizado melhorado pela tecnologia e serviços móveis dois dias por semana pode ajudar os estudantes sul-coreanos a economizarem o suficiente para cobrir a metade do custo do ensino superior.

Para ver o relatório, acesse: www.gsma.com/connectedliving/the-next-five-years-in-asia.

GSMA Launches Smart Cities Index at Mobile Asia Expo
The GSMA today also announced that it will be engaging with cities around the world on the development of a Smart Cities Index – a set of market, social and economic indicators that will outline the benefits of launching smart city services and quantify their impact on the city's operations, its economy and its citizens. A smart city makes extensive use of information and communications technologies, including mobile networks, to improve the quality of life of its citizens in a sustainable way. The GSMA is uniquely positioned to collaborate with cities globally and has developed this common set of indicators for measuring economic, infrastructure and social benefits of 'mobile connected' smart cities.

To access the GSMA Smart Cities Index, please visit: www.smartcitiesindex.gsma.com.

Cidade conectada da GSMA na Mobile Asia Expo
A cidade conectada da GSMA na Mobile Asia Expo apresentará exemplos dos produtos e serviços móveis que proporcionarão novas oportunidades de negócios, criarão valor aos consumidores e conduzirão o crescimento econômico. As demonstrações na cidade conectada destacarão como os serviços móveis estão tornando as casas e os carros mais inteligentes, as viagens mais rápidas, as compras mais fáceis e a vida urbana mais segura e mais ecológica no maior e mais inovador mercado móvel do mundo.

Para mais informações sobre a cidade conectada da GSMA, acesse: http://gsma.at/10kkHIg.

Notas aos editores
[1] Estimativas da soma das conexões totais de inteligência da GSMA e conexões M2M Machina
[2] Vida conectada: os próximos cinco anos na Ásia, PwC para a GSMA

Sobre a GSMA
A GSMA representa os interesses de operadoras de serviços móveis em todo o mundo. Presente em mais de 220 países, a GSMA reúne cerca de 800 operadoras de serviços móveis do mundo, com mais de 230 empresas do ecossistema móvel mais amplo, inclusive fabricantes de aparelhos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de internet, bem como organizações de setores da indústria como serviços financeiros, cuidados com a saúde, mídia, transporte e serviços públicos. A GSMA também organiza eventos líderes no setor, como o Mobile World Congress e a Mobile Asia Expo.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com ou o Mobile World Live, o portal online para o setor de comunicações móveis, em www.mobileworldlive.com.

Contatos para a imprensa da GSMA

Charlie Meredith-Hardy
+44 (0)7810 050 576
CMeredith-Hardy@webershandwick.com

Palmer Wang (Pequim)
+86 10 8569 9946
pwang@webershandwick.com

Ava Lau (Hong Kong)
+852 2533 9928
alau@webershandwick.com

Assessoria de imprensa da GSMA
press@gsma.com

FONTE  GSMA

FONTE GSMA

SOURCE GSMA



RELATED LINKS
http://www.gsma.com

More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.