GSMA mostra que receios relativos à privacidade impedem a ampla adoção de aplicativos móveis na América Latina GSMA publica a primeira pesquisa abrangente sobre atitudes de consumidores com relação à privacidade em redes móveis

BOGOTÁ, Colômbia, 24 de abril de 2013 /PRNewswire/ -- A GSMA publicou, hoje, uma pesquisa que explora o impacto das preocupações relativas à privacidade na adoção de aplicativos e serviços em dispositivos móveis na América Latina. O estudo, feito com 4.500 usuários de redes móveis no Brasil, Colômbia e México, mostra que a falta de confiança na forma como os dados pessoais são coletados e compartilhados funciona como uma barreira à adoção ampla de aplicativos móveis na América Latina, um mercado estimado, globalmente, em 29 bilhões de dólares (cerca de 58 bilhões de reais), que cresce a uma taxa de 36% ao ano[1].

Ameaça ao crescimento do mercado
O estudo mostra que os consumidores querem a disponibilidade de mais garantias a sua privacidade e acreditam que as operadoras de telefonia móvel sejam as guardiãs naturais de seus direitos com relação à privacidade móvel.

  • 88% dos usuários preocupam-se que os aplicativos possam coletar informações pessoais sem o seu consentimento;
  • Metade dos que tem essa preocupação irá limitar o uso desses aplicativos, a não ser que melhores garantias sejam oferecidas; e
  • 60% dos que responderam à pesquisa recorrerão a sua operadora caso sofram uma séria invasão de privacidade no uso de um aplicativo, independente de quem seja a responsabilidade, ao passo que apenas 31% recorrerão à loja que vendeu o aplicativo e 34% irão diretamente ao seu desenvolvedor.

A não ser que seja tomada alguma ação para proteger a privacidade do consumidor, a América Latina corre o risco de ficar atrás de outras partes do mundo na adoção de novos serviços de mobilidade. As operadoras de telefonia móvel reconhecem a necessidade de trabalhar junto a governos e ao setor móvel como um todo para enfrentar essas questões. Elas estão pedindo aos legisladores que aumentem seu nível de envolvimento com o setor móvel, na medida em que novas leis de proteção ao consumidor são elaboradas.

"Não é uma situação em que os legisladores possam, simplesmente, cortar e colar regras antigas de proteção de dados para o novo mercado de aplicativos móveis", diz Tom Phillips, Diretor de Assuntos Governamentais e Regulatórios da GSMA. "Eles precisam considerar soluções que reflitam as novas realidades do mercado, tais como os ícones de privacidade que estão sendo, atualmente, desenvolvidos nos Estados Unidos[2], garantindo aos clientes maneiras simples de entender suas opções de privacidade e controlar seus dados".

Preocupações com serviços baseados em localização
A pesquisa também destaca as preocupações dos clientes com relação a dados de localização. Dentre os que responderam à pesquisa, 92% querem que lhes seja pedida a permissão para o compartilhamento de sua localização com um serviço ou aplicativo. Entretanto, 47% dos aplicativos mais populares transmitem, para terceiros, a identificação única do dispositivo sem o conhecimento ou permissão dos usuários[3]. Além disso, 74% dos respondentes que usam serviços de localização regularmente se preocupam que esses dados sejam compartilhados sem sua permissão.

A não ser que esses serviços sejam fornecidos diretamente pelas operadoras de telefonia móvel, essas preocupações podem ser reais, já que dependem da aplicação de diversas leis e regulamentos. As operadoras têm firmes restrições quanto ao uso de informações de localização, enquanto os serviços oferecidos por empresas de internet não possuem tais restrições.

"As regras que dizem respeito à privacidade da localização precisam ser aplicadas igualmente às diferentes empresas que oferecem tais serviços. Hoje, essa falta de consistência coloca em risco os dados dos consumidores", continua Phillips. "Em mercados de toda a América Latina, novas regras sobre a privacidade estão sendo desenvolvidas. A GSMA pede aos governos que garantam que todas as novas leis sejam igualmente aplicadas a todas as empresas envolvidas."

A pesquisa foi conduzida pela Futuresight Ltd., sob encomenda da GSMA. Ela complementa estudos prévios na Espanha, Reino Unido e Cingapura e é um trabalho permanente da GSMA para ajudar a estabelecer, para o setor de mobilidade, diretrizes e abordagens que respondam às preocupações dos clientes com relação à privacidade e estimulem a confiança dos usuários de dispositivos móveis.

Para ver os resultados completos da pesquisa em todo o Brasil, Colômbia e México, visite: www.gsma.com/publicpolicy/mobile-and-privacy/resources

Observações para os editores
[1] Fonte: Strategy Analytics, 2012

[2] Saiba mais sobre o App Trust Project (http://apptrustproject.com) e outras iniciativas do programa de transparência em aplicativos da National Telecommunications Informational Administration: http://www.ntia.doc.gov/other-publication/2013/privacy-multistakeholder-process-mobile-application-transparency

[3] Fonte: Wall Street Journal: http://online.wsj.com/article/SB10001424052748704694004576020083703574602.html

Sobre a GSMA
A GSMA representa os interesses de operadoras móveis em todo o mundo. Com presença em mais de 220 países, a GSMA reúne cerca de 800 operadoras de telefonia móvel, com mais de 230 empresas dentro do amplo ecossistema de mobilidade, incluindo fabricantes de telefones, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de internet, assim como organizações em setores de mercado como os de serviços financeiros, saúde, mídia, transporte e utilitários. A GSMA organiza, também, eventos líderes em seu setor, como o Mobile World Congress e a Mobile Asia Expo.

Para mais informações, visite o portal corporativo da GSMA, em www.gsma.com, ou o Mobile World Live, o portal para a indústria de comunicações móveis, em www.mobileworldlive.com

FONTE  GSMA

FONTE GSMA

SOURCE GSMA



RELATED LINKS
http://www.gsma.com

More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.