Intermodal South America: Pequenas e médias investem em inovação para garantir competitividade e lucro

As que atendem o setor de serviços logísticos, em especial o transporte de cargas, são um ótimo exemplo de empresas que vêm colhendo os frutos do momento favorável à economia interna, ampliando faturamento e investindo em inovação

Mar 21, 2013, 08:00 ET from Intermodal South America

SÃO PAULO, 21 de março de 2013 /PRNewswire/ -- Na contramão dos reflexos da crise econômica internacional, as pequenas e médias empresas mantiveram a lucratividade no país. O levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprova: enquanto a produção industrial brasileira caiu 2,71% de janeiro a novembro, as vendas de bens e serviços saltaram 8,07% no mesmo período. O resultado refletiu-se também nas empresas serviços logísticos, principalmente, no transporte de cargas.

Focadas em logística de distribuição, muitas empresas têm absorvido uma crescente demanda por soluções eficientes e a um custo mais interessante para atender à dinâmica do consumo, impulsionada também pelo aumento do e-commerce. Novos clientes trouxeram mais possibilidades de investimento, aplicado prioritariamente em inovação. A Embnews Global Logística é exemplo. A empresa, de médio porte, cresceu 15% no último ano. Com sede em Santos (SP), junto ao maior porto da América Latina, adquiriu um terminal para ampliar o escopo de serviços. "A estrutura de um terminal com 20 mil m², equipado, consolidou nossos serviços de logística. Ainda este ano devemos ser homologados como terminal Redex, possibilitando as operações com cargas de exportação" destaca o diretor, Paulo Moreno.

A necessidade de integração dos modais também tem feito com que as empresas busquem novas alternativas de transporte e de logística para seus clientes. Por conta desta demanda, a Segura Logística, com sede em Barueri (SP), criou um novo serviço de transporte aéreo de cargas. As operações, que iniciaram em novembro de 2012, colaboraram para um aumento de 30% no faturamento se comparado a 2011. "A Segura investiu fortemente no atendimento do DTA (Declaração de Trânsito Aduaneiro) partindo de portos e aeroportos, com intuito de atender a demanda do mercado" explica o CEO, Luciano Helder Preis. Ele salienta que o momento interno do país tem propiciado novas oportunidades de negócio, principalmente junto à crescente demanda do setor de telecomunicações, matéria prima para indústria alimentícia e TI, principal know-how da empresa.

Diferencial competitivo. Inseridas no Estado mais rico do país, que sozinho representa a 5a maior economia da América Latina, com PIB próximo a R$ 450 milhões, de acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio SP), as empresas concentram-se no diferencial competitivo. Foi o que fez a Jadlog. Especializada em transporte e logística de cargas expressas fracionadas, oferece na cidade de Leme (SP), um novo tipo de serviço batizado de "Entrega Ecológica", que utiliza um triciclo elétrico. "O serviço está alinhado à proposta da JadLog de adequar seus serviços de forma sustentável, com melhor custo e agilidade para os clientes", afirma Ronan Hudson, diretor da empresa.

JadLog, Segura e Embnews Global Logística participarão da segunda maior feira de logística, transportes de cargas e comércio exterior do mundo, a Intermodal South America, que acontece entre os dias 2 e 4 de abril, no Transamérica Expo Center. Com mais de 600 expositores, a feira é uma plataforma de negócios e networking única para estas médias empresas. "Mais de 52% dos visitantes da Feira visitam o evento em busca de novas parcerias comerciais, muitas delas para atender especificamente à demanda do varejo. Como o consumo interno no país está aquecido, exigindo agilidade das cadeias de distribuição de produtos finais, estas empresas terão mais oportunidades de negócios", lembra o gerente da Intermodal South America, Michael Fine.

Conteúdo Empresarial
Tel: (11) 3079.6339

FONTE Intermodal South America

SOURCE Intermodal South America