Isolux Corsán entra no mercado hidroelétrico do Peru com um contrato de 760 M€

- A Central Hidroelétrica Molloco, com um orçamento de mais de 760 milhões de euros, será localizada na região de Arequipa e contará com uma capacidade de 300 MW

- O Grupo construiu no Peru duas usinas fotovoltaicas em Arequipa e trabalha na execução da ponte com 563 metros de extensão

Apr 23, 2013, 08:17 ET from Isolux Corsan

MADRI, 23 de abril de 2013 /PRNewswire/ -- A Isolux Corsán resultou adjudicatária de um contrato para a construção da Usina Hidroelétrica Molloco, localizada na região sul de Arequipa (Peru). Este é o primeiro projeto hidroelétrico da empresa no país.

A estimativa do investimento total, atualizando na data de começo das obras os valores dos estudos oficiais, e pendente da realização dos estudos definitivos, excederá os 760 milhões de euros.

O Grupo construirá esta usina, que terá uma capacidade total de 300 MW, com um consórcio formado pelas empresas brasileiras Engevix e Enex. Esta infraestrutura, localizada nas províncias de Caylloma e Castilla, constará de duas usinas hidroelétricas e produzirá energia a partir dos recursos hídricos da bacia do rio Molloco e parte das águas do rio Palca.  

O projeto, coordenado pelo Ministério da Energia e Minas do Peru, inclui três barragens de regulação (Machucocha, Molloco e Japo), o desvio de parte das águas do rio Palca ao rio Illigua e dois túneis de adução, o primeiro até a usina hidroelétrica Llatica (com capacidade de 142 MW) e o segundo até a usina hidroelétrica Soro (com capacidade de 159 MW). O sistema de transmissão elétrica em 220 kV deve ir ao Cerro Verde. A construção desta usina, que começará em 2015, tem um prazo de execução de cinco anos.

Isolux Corsán no Peru

A Isolux Corsán, através da sua filial T-Solar, construiu duas usinas fotovoltaicas na região de Arequipa, "Repartición" e "Majes", com uma capacidade instalada de 44 MW no primeiro grande projeto de energia solar fotovoltaica desenvolvido na América Latina. A capacidade destas usinas é de 80 GWh por ano e podem abastecer a uma população de 80.000 habitantes.

Recentemente também iniciou as obras de construção da Ponte Chilina, nesta mesma região com 563 metros de extensão.

Sobre o Grupo Isolux Corsán

O Grupo Isolux Corsán é uma empresa global de referência em energia, construção, concessão e manutenção de grandes infraestruturas que desenvolve sua atividade em mais de 30 países de quatro continentes. A construção de infraestruturas rodoviárias, ferroviárias, aeroportuárias, marítimas, hidráulicas e edificação residencial e não residencial constituem um de seus principais polos de crescimento. No setor energético, a Isolux Corsán é um dos principais operadores do mundo em instalação e manutenção de T&D, um dos maiores construtores de projetos EPC no setor fotovoltaico, e ocupa uma posição relevante entre as grandes construtoras de usinas de geração EPC. Além disso, o Grupo conta com a concessão de mais de 23.500 vagas de estacionamento na Espanha. A Isolux Corsán administra -através da sua filial Isolux Infrastructure- a concessão de 5.484 km de linhas de transmissão no Brasil, Índia e EUA; 1.610 km de rodovias na Índia, Brasil, México e Espanha e promove e administra 284,5 MWp de energia solar fotovoltaica na Espanha, EUA, Índia, Itália, Peru e Porto Rico.

Contato de imprensa: Macarena Ramírez (+34-91-449-30-00) | mramirez@isoluxcorsan.com

FONTE  Isolux Corsan

FONTE Isolux Corsan

SOURCE Isolux Corsan