2014

LIDE JOVEM: Brasil na mira do Vale do Silício Troca de experiências e disseminação do empreendedorismo entre brasileiros e americanos marcaram a viagem do LIDE JOVEM e do LIDE INOVAÇÃO

SÃO PAULO, 5 de novembro de 2012 /PRNewswire/ -- Com o objetivo de trocar experiências e conferir de perto empresas que são referência mundial em inovação, uma comitiva de 20 empresários do LIDE INOVAÇÃO e do LIDE JOVEM integrou a Accenture Innovation Trip para o Vale do Silício, Califórnia, na ultima semana. Durante a viagem os integrantes constataram que a relação das empresas da região com o Brasil tem um fator complementar: celeiro de empresas como IDEO, Google, Facebook e Twitter, o Vale do Silício está de olho no País não só para exportação de inovação, mas também para a criação de um canal de colaboração.

"Houve um salto de qualidade do último ano que estivemos para cá. As startups estão sendo lideradas por jovens com maior maturidade, conhecimento e uma maior estrutura no Vale", detalha André Martins, presidente do LIDE JOVEM. "O completo ciclo criado no Vale do Silício, desde as fomentadoras e aceleradoras, investidores e mentores, fez com que muito mais empresas tenham oportunidade e condições de rapidamente decretar o sucesso ou inviabilidade dos negócios".

Fomentadora de startups busca empresas no Brasil

O grupo da Accenture Innovation Trip conheceu diversas entidades que buscam promover empreendedorismo e organizam encontros entre investidores e empresas startups. Um bom exemplo é a Brazil Innovators, que, em parceria com a Endeavour, atua reunindo jovens empreendedores da região do Vale do Silício com investidores brasileiros, além de levar conteúdo e cases de sucesso para fomentar a cultura empreendedora no Brasil. Com um ano e meio de atuação e uma rede de 1,5 mil pessoas trabalhando para buscar uma transformação neste âmbito, a iniciativa já promoveu cinco investimentos diretos, entre eles a vinda da  PayPal para o Brasil. Além do investimento, também oferecem uma espécie de "aceleração", que, durante três meses, aumentam consideravelmente a rede de contatos dos jovens, com orientação e mentoria.

A Brazil Innovators, da brasileira Bedy Young, atua como "olheiro" em busca de projetos que possam ser acelerados pela 500 Startups. São US$ 25 mil a US$ 50 mil investidos na empresa durante um treinamento de 3 a 6 meses, acompanhados de coaching nas áreas de design, marketing e gestão, que analisam e orientam desde a expansão da marca até captação de clientes e público alvo. A 500 Startups tem menos de dois anos, sendo que o primeiro foi de captação, com aporte de US$ 25 milhões, fracionados em pequenos investimentos.

Já a Accenture possui um laboratório de inteligência no Vale do Silício, com diversos aplicativos, que vieram de investimentos das startups. Tanto sua equipe quanto as startups possuem grande potencial, com um time que se equipara ao profissional estabelecido no mercado.

Empreendedorismo Made in Brazil

Das 33 empresas "aceleradas" pela 500 Startups, fundo e aceleradora da Mountain View, na Califórnia, eleita pela revista norte-americana Forbes como a oitava melhor incubadora do mundo, três são startups brasileiras. Qual Canal, empresa que criou uma tecnologia que monitora a repercussão dos programas de televisão no Twitter; a Cuponomia, um site que reúne cupons para serem usados em compras online; e a Mimplt, plataforma que permite o desenvolvimento de sites e aplicativos móveis mesmo para quem tem pouco conhecimento sobre o assunto. Os negócios escolhidos pela 500 Startups receberão recursos financeiros de US$ 50 mil durante o período do programa de aceleração, que começou em 4 de outubro e vai até o fim de fevereiro de 2013.

A Endeavor Global ajuda os empreendedores selecionados a alavancar a curva de crescimento de seus negócios por meio da troca de conhecimento e experiências com uma rede de mentores, formada pelas mentes mais brilhantes do Brasil. Oferece, também, acesso a uma rede exclusiva de contatos internacionais, através de uma série de programas globais. É o único lugar onde falir é um dos passos básicos a seguir para quem quer atingir o sucesso. Tudo resultado de uma cultura empreendedora, que parece fácil, ao darem a fórmula básica de como vencer neste meio: muitas tentativas, somadas a muito trabalho.

SOBRE O LIDE JOVEM - Fundado em outubro de 2009, o LIDE JOVEM – Grupo de Jovens Líderes Empresariais, presidido por André Martins, da VB, é formado por jovens executivos e empreendedores, com até 45 anos. O LIDE JOVEM oferece suporte a jovens executivos, empreendedores e políticos na valorização de seus papéis à frente de suas atividades; divulga casos de sucesso de empresas criadas ou dirigidas por jovens que tenham se projetado em ações de sustentabilidade e defende políticas públicas que possuam compromisso com a juventude, a ética, a transparência, o desenvolvimento e a eficiência na gestão pública. Atualmente, o grupo conta com 120 membros, oriundos de 60 empresas diferentes.

Mais informações para a imprensa:
CDN – Comunicação Corporativa: www.cdn.com.br
Tel: (11) 3643.2710/ 2952
Erica Valerio: erica.valerio@cdn.com.br
Rose Rocha: rose-rocha@cdn.com.br

FONTE LIDE JOVEM

SOURCE LIDE JOVEM




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.