LIDE promove 2º Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos para debater gargalos e propor soluções para o setor

SÃO PAULO, 11 de abril de 2014 /PRNewswire/ -- O 2º Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos, promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, LIDE AGRONEGÓCIOS e LIDE GOIÁS, nesta sexta-feira (11), no Hotel Mercure, em Goiânia, foi aberto e encerrado pelo governador de Goiás, Marconi Perillo e debateu a importância estratégica da produção de alimentos e o papel do Brasil nesse contexto.

"Temos de aumentar nossa produção para atender as necessidades mundiais, ao mesmo tempo em que não podemos derrubar mais árvores, não podemos usar água, defensivos agrícolas e nem máquinas, pois isso afeta o ambiente", afirmou o ex-ministro da Agricultura e presidente do LIDE AGRONEGÓCIOS, Roberto Rodrigues.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, reafirmou que "aqui nós procuramos repetir no setor público a competência e a eficiência do setor privado. E é por esse motivo que o Estado tem conseguido fazer suas exportações avançar de US$ 317 milhões no fim dos anos 1990, para US$ 7,5 bilhões, em 2013".

Segundo João Doria Jr., fatores como esses levaram o LIDE e a Abia – Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação, a optar por fazer de Goiânia a sede dos próximos eventos.

Para Roberto Giannetti da Fonseca, presidente do LIDE INFRAESTRUTURA, não podemos mais conviver com uma estrutura tributária complexa e confusa, que tem hoje nada menos que 1,3 milhão de regras fiscais que, combinadas entre si totalizam 7,9 milhões. Martus Tavares, vice-presidente da Bunge, disse que "os dados da balança mostram que de 2010 até o ano passado, enquanto a produção de soja cresceu numa média de 25%, as exportações avançaram 51%".

O presidente da Abia, Edmundo Klotz, mostrou que o faturamento da indústria alimentícia atingiu R$ 413,7 bilhões, superando o setor petroquímico. Já o ex-ministro Luiz Fernando Furlan enfatizou a necessidade de o país desenvolver marcas fortes com vistas ao mercado externo. Encerrando o ciclo de palestras, a diretora geral do Ital – Instituto de Tecnologia de Alimentos, Eloisa Elena Garcia, falou das novas tendências e preferências dos consumidores.

Ao final do encontro foi entregue o Prêmio Lide-Abia da Indústria de Alimentos 2014 para: Desenvolvimento de Canais de Distribuição: Brasil Kirin, Italac e Mabel. Eficiência em Mercados Internacionais: BRF e Bunge. Inovação em Produtos: Açúcar Itajá, Goiás Verde e Piracanjuba. Melhores Práticas da Produção: AmBev, Caramuru e Nestlé. Sustentabilidade: Comigo, Predileta e Quero.

O LIDE ainda fez uma homenagem especial a João Alves de Queiroz Filho, fundador da Arisco, e ao empresário Alair Martins, presidente do Conselho de Administração do Grupo Martins.

No encerramento foi lida a Carta de Goiânia, documento redigido pelo ex-ministro Roberto Rodrigues, que fez um resumo dos debates com propostas de algumas linhas de ação.

Mais informações:
Mecânica de Comunicação Ltda. 
Tels.: (11) 3259-6688/1719
E-mail.: meccanica@meccanica.com.br

FONTE Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos

SOURCE Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.