Moscamed lança projeto piloto com mosquitos GM da Oxitec na luta contra o mosquito da dengue

OXFORD, Inglaterra, 20 de junho de 2013 /PRNewswire/ -- A Moscamed realizou hoje as primeiras liberações dos mosquitos GM da Oxitec em um ato simbólico, que contou com a presença de diversas autoridades governamentais das três esferas publicas e de diferentes áreas de interesse, marcando o início oficial de um programa de controle do mosquito da dengue, Aedes aegypti, na cidade de Jacobina no Estado da Bahia.

Em avaliações anteriores, realizadas pela Moscamed, com o uso dos mosquitos GM da Oxitec foi demonstrado que é possível reduzir rapidamente a quantidade total de mosquitos da dengue existente em uma determinada localidade da área urbana. Na mais recente demonstração realizada no distrito de Mandacaru, localidade da cidade de Juazeiro (BA), o nível de infestação inicial de mosquitos Aedes aegypti foi reduzido em 96% em um período de seis meses, após o início das liberações dos mosquitos GM da Oxitec. Além disso, também foi possível demonstrar que o nível de supressão populacional pode ser mantido por diversos meses, inclusive, durante o pico populacional do mosquito.

A inauguração deste novo programa de controle é uma iniciativa do Dr. Jorge Solla, Secretário de Saúde do Estado da Bahia, que está determinado a reduzir a ameaça representada pela dengue na região. Nos primeiros três meses de 2013, foram registrados 72 casos de dengue na cidade que tem cerca de 48 mil habitantes vivendo em áreas urbanas, mas há um histórico recente de um surto epidêmico, onde foram registrados mais de 1,700 casos e 2 óbitos em 2012.

Para o Prefeito Rui Macedo "É um fato inédito poder desenvolver o projeto de controle dos mosquitos Aedes aegypti em nosso município. Esta pesquisa, que visa reduzir a população do mosquito da dengue, é importante para a saúde pública de Jacobina. Estamos bastante entusiasmados com os resultados que podemos obter ao longo dessa pesquisa".

O Presidente da Moscamed, Dr Aldo Malavasi, disse: "O programa em Jacobina representa uma nova etapa na batalha contra os mosquitos transmissores da dengue. Temos recebido um suporte fantástico da comunidade local, de autoridades da área de saúde em nível estadual e municipal, das autoridades de controle vetorial e das autoridades federais. Foi atingido um grau de maturidade do uso da tecnologia que permitirá demonstrar que esta abordagem inovadora pode ser usada em larga escala para ajudar a proteger as pessoas, através da supressão populacional do mosquito transmissor da dengue. Ao longo dos últimos meses, foram contratadas sete pessoas localmente para ajudar a estabelecer as bases para o programa, que ainda demandará trinta novos postos de trabalho."

As liberações dos mosquitos GM da Oxitec serão realizadas de duas a três vezes por semana e terão como ponto de partida a região noroeste da cidade. O Dr. Andy McKemey da Oxitec, Diretor Global de Atividades de Campo que atua pessoalmente como consultor técnico do projeto para a Oxitec, declarou: "O projeto piloto em Jacobina representa um significativo passo adiante na demonstração da eficiência e da praticabilidade da abordagem da Oxitec. Jacobina está a apenas três horas de distância da biofábrica de produção e criação massal dos mosquitos GM da Oxitec, portanto, um planejamento cuidadoso da logística de suprimento, liberações e monitoramento é de fundamental importância para o sucesso do projeto. Há um incremento considerável do acúmulo de experiência e informação para a adaptação do programa de controle para as diferentes áreas da cidade, a fim de torná-lo mais eficiente em custo, dado o ganho em escala em relação aos projetos anteriores. Espera-se que, ao longo do tempo, a tecnologia da Oxitec possa oferecer a mais recente solução para diminuir o fardo que a dengue representa para a cidade de  Jacobina, que tem sofrido com a alta incidência de casos de dengue nos últimos anos."

Sobre a Oxitec

A Oxitec é uma empresa pioneira no controle de insetos que transmitem doenças e danificam plantações. Seus produtos são baseados no uso da Técnica do Inseto Estéril (TIE), uma maneira eficaz de controlar pragas, e que não causa danos ao meio ambiente. Os primeiros produtos da Oxitec foram produzidos para controlar o Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus da dengue, e a Ceratitis capitata, mosca do Mediterrâneo, uma das maiores pragas da agricultura mundial.

Site e redes sociais: www.oxitec.com; www.facebook.com/oxitecwww.twitter.com/oxitec.

Contatos imprensa: Brena Duarte - comunicacao@oxitec.com +55 (74) 9138-2616

Sobre a Moscamed

A Moscamed é uma empresa expoente no uso da Técnica do Inseto Estéril (SIT), que é ambientalmente segura e comprovadamente eficaz no controle de pragas. A Moscamed desenvolve programas de monitoramento e controle de moscas-da-frutas no Brasil. Os estudos são financiados pela Secretaria de Saúde e Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia.

Site: www.moscamed.org.br

Contato imprensa: iana@moscamed.org.br

Telefone: +55 74 3612-5399

FONTE Oxitec

FONTE Oxitec

SOURCE Oxitec



RELATED LINKS
http://www.oxitec.com

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.