Pacific Rubiales anuncia a descoberta de gás natural e condensados no bloco de exploração Guama, na Colômbia

TORONTO, 21 de fevereiro de 2013 /PRNewswire/ -- A Pacific Rubiales Energy Corp. (TSX: PRE; BVC: PREC; BOVESPA: PREB) anunciou hoje a descoberta de gás natural e condensados no poço de exploração Manamo-1X perfurado no bloco Guama, na bacia do Baixo Magdalena, em área terrestre no norte da Colômbia. A empresa possui 100% de participação e é a operadora do bloco.

Ronald Pantin, diretor geral da empresa, comentou: "Essa é uma descoberta importante para a Pacific Rubiales, já que demonstra o potencial de lucro do bloco Guama e da bacia do Baixo Magdalena, onde a empresa possui uma posição de grande superfície de exploração. Ela também valida o modelo sísmico geofísico utilizado para identificar com sucesso essas acumulações de gás ricas em condensados".

O poço Manamo-1X foi perfurado após duas descobertas de exploração anteriores no bloco, o poço Pedernalito-1X perfurado em 2010 e o poço Cotorra-1X perfurado no início de 2012. O poço visava areias e sedimentos de Porquero Medio C e D, do período Mioceno, um play de baixa permeabilidade testado com sucesso pelos poços exploratórios anteriores. Além de encontrar areias de baixa permeabilidade, o poço também resultou na descoberta de novos depósitos de areia em nível estratigráfico na região de Porquero Medio D, que é diferente e independente dos intervalos de areia testados no poço Cotorra-1X.

O poço Manamo-1X foi perfurado em uma profundidade total de 7.600 pés. A avaliação petrofísica indica um total de 251 pés de espessura líquida, com uma média de 18% de porosidade em um intervalo bruto que ultrapassa os 400 pés. O poço foi testado em uma área perfurada de 91 pés na nova areia prospectiva. Essa areia não precisa de estimulação de fraturamento hidráulico, deixando áreas adicionais exploráveis prospectivas para avaliação, inclusive uma camada de areia com gás de 23 pés identificada na parte rasa de Porquero. O poço Manamo-1X alcançou uma taxa máxima de fluxo de gás de 4,9 MMcf/d e de condensados de 296 bbl/d, em 54 graus API, através de um choke de 16/64" em um teste isocrônico de três fases, e uma taxa média de 2,8 MMcf/d de gás e 160 bbl/d de condensados através de um choke de 12/64", em pressão na cabeça do poço de 3.720 psi em um teste de fluxo estendido. O poço agora foi fechado por quatro dias para um aumento de pressão.

Imediatamente após o programa de testes atual, a empresa planeja perfurar o poço de exploração Capure-1X, a aproximadamente 2 km ao oeste de Pedernalito-1X, com o objetivo de estender o play de Porquero Medio para o nordeste. O poço Capure-1X completará o compromisso para a fase final de exploração no bloco Guama. Um programa de testes de fluxo prolongados está planejado para os poços perfurados no bloco, e espera-se que tenha início no final deste ano. Os dados dos testes de fluxo prolongados serão usados para determinar as características de fluxo em longo prazo nos depósitos de areia do Mioceno, bem como a contribuição potencial de recursos dos xistos adjacentes.

A Pacific Rubiales, empresa canadense e produtora de gás natural e petróleo bruto, é proprietária de 100% da Meta Petroleum Corp., que opera os campos de petróleo pesado de Rubiales, Piriri e Quifa na bacia de Llanos, e 100% da Pacific Stratus Energy Colombia Corp., que opera o campo de gás natural La Creciente no noroeste da Colômbia. A Pacific Rubiales também adquiriu 100% da PetroMagdalena Energy Corp., que possui ativos de petróleo leve na Colômbia, e 100% da C&C Energia Ltd., que possui ativos de petróleo leve na bacia de Llanos. Além disso, a empresa conta com uma carteira diversificada de ativos fora da Colômbia, que inclui a produção e exploração de ativos no Peru, Guatemala, Brasil, Guiana e Papua Nova Guiné.

As ações ordinárias da empresa são comercializadas na bolsa de valores de Toronto e na bolsa de valores da Colômbia e como recibos de depósitos brasileiros da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros do Brasil sob os símbolos ticker PRE, PREC e PREB, respectivamente.

Avisos

Nota de advertência sobre declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa contém declarações prospectivas. Todas as declarações que não sejam declarações de fatos históricos, que tratam de atividades, eventos ou desenvolvimentos em que a empresa acredita, espera ou prevê que irão ou poderão ocorrer no futuro (incluindo, sem limitações, declarações relativas a estimativas e/ou suposições a respeito da produção, receita, fluxo de caixa e custos, estimativas de recursos e reservas, recursos e reservas potenciais e a exploração da empresa, bem como seus planos de desenvolvimento e objetivos) são declarações prospectivas. Essas declarações prospectivas refletem as expectativas ou convicções atuais da empresa com base em informações disponíveis atualmente para a empresa. As declarações prospectivas estão sujeitas a uma variedade de riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais da empresa sejam substancialmente diferentes dos discutidos nas declarações prospectivas, e mesmo que tais resultados reais sejam realizados ou substancialmente realizados, não há garantia de que terão as consequências ou efeitos esperados para a empresa. Os fatores que podem fazer com que os resultados reais ou eventos sejam substancialmente diferentes das expectativas atuais incluem, entre outras coisas: incerteza de estimativas de custos de capital e operacional, estimativas de produção e retorno econômico estimado, a possibilidade de que as circunstâncias reais sejam diferentes das estimativas e suposições, falha ao estabelecer os recursos ou reservas estimados, flutuações no preço do petróleo e na taxa de câmbio de moedas, inflação, mudanças no mercado de ações, desenvolvimentos políticos na Colômbia, Peru, Guatemala, Brasil, Papua Nova Guiné ou Guiana, mudanças nos regulamentos que afetam as atividades da empresa, incertezas relativas à disponibilidade e custos de financiamento necessário no futuro, as incertezas envolvidas na interpretação de resultados de perfurações e outros dados geológicos, e os outros riscos especificados sob o título "Fatores de risco" e em qualquer outro lugar no formulário anual de informações da empresa, com data de 14 de março de 2012, arquivado no SEDAR em www.sedar.com. Todas as declarações prospectivas só são válidas a partir do dia em que são feitas e, exceto quando exigido por leis de valores mobiliários aplicáveis, a empresa não assume nenhuma intenção ou obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou em qualquer outro caso. Embora a empresa considere que as suposições contidas nas declarações prospectivas sejam razoáveis, essas declarações não são garantia de desempenho futuro e, dessa forma, não é recomendável depositar confiança excessiva em tais declarações devido à incerteza inerente.

Além disso, os níveis de produção relatados podem não corresponder às taxas de produção sustentável e as futuras taxas de produção podem diferir substancialmente das taxas de produção refletidas neste comunicado de imprensa, devido a, entre outros fatores, dificuldades ou interrupções encontradas durante a produção de hidrocarbonetos.

Conversão do boe

O boe pode levar a enganos, principalmente se for utilizado de forma isolada. Uma taxa de conversão do boe de 5,7 Mcf: 1 bbl baseia-se em um método de conversão de equivalência de energia aplicável principalmente na ponta do queimador e não representa uma equivalência do valor na cabeça do poço. Os valores estimados, divulgados neste comunicado de imprensa, não representam o valor real de mercado. As estimativas das reservas e as futuras receitas líquidas para propriedades individuais podem não refletir o mesmo nível de confiança que as estimativas de reservas e futuras receitas líquidas de todas as propriedades, devido aos efeitos da agregação.

Tradução

Este comunicado de imprensa foi preparado em inglês e traduzido posteriormente para o espanhol e o português. Caso haja diferenças entre a versão em inglês e suas versões traduzidas, o documento em inglês deverá prevalecer.

Definições

Bcf

Bilhões de pés cúbicos.

Bcfe

Bilhões de pés cúbicos de equivalente de gás natural.

bbl

Barril de petróleo.

bbl/d

Barril de petróleo por dia.

boe

Barril equivalente de petróleo. O boe pode levar a enganos, especialmente se utilizado de forma isolada. O padrão colombiano é uma taxa de conversão do boe de 5,7 Mcf:1 bbl e baseia-se em um método de conversão de equivalência de energia aplicável principalmente na ponta do queimador e não representa uma equivalência do valor na cabeça do poço.

boe/d

Barril equivalente de petróleo por dia.

Mbbl

Mil barris.

Mboe

Mil barris de equivalente de petróleo.

MMbbl

Milhões de barris.

MMboe

Milhões de barris de equivalente de petróleo.

Mcf

Mil pés cúbicos.

WTI

Petróleo bruto West Texas Intermediate.

Para mais informações:

Christopher (Chris) LeGallais
Vice-presidente sênior de relações com investidores
+1 (647) 295-3700

Roberto Puente
Gerente sênior de relações com investidores
+57 (1) 511-2298

Javier Rodriguez
Gerente de relações com investidores
+57 (1) 511-2319

FONTE  Pacific Rubiales Energy Corp.

FONTE Pacific Rubiales Energy Corp.

SOURCE Pacific Rubiales Energy Corp.




Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.