SCS Valida Madre de Dios, o Projeto REDD para Redução das Emissões de Carbono na Amazônia, de Acordo com o Padrão de Carbono Verificado

Oct 22, 2012, 09:45 ET from SCS Global Services

EMERYVILLE, Califórnia, 22 de outubro de 2012 /PRNewswire/ -- A SCS Global Services anunciou a validação do Projeto Madre de Dios para a redução das emissões de carbono, de acordo com o VCS (padrão de carbono verificado), permitindo assim que o projeto gere créditos de carbono que financiarão a proteção do crítico habitat da floresta úmida peruana.

(Logo:  http://photos.prnewswire.com/prnh/20120827/MM63583LOGO)

"Temos orgulho de termos sido parte do projeto REDD Madre de Dios ", disse Robert J. Hrubes, vice-presidente executivo da SCS.  "Este é um projeto de alta qualidade, que segue os mais alto padrões para projetos de carbono".

O projeto é parte do Corredor Ecológico, Vilcabamba-Amboró, na Amazônia peruana, uma das áreas de biodiversidade mais importantes do mundo. Ela se tornou vulnerável ao desmatamento devido a dois fatores fundamentais: a rodovia transoceânica e intensa pressão popular. A conclusão da estrada ligando o oeste do Brasil e o leste do Peru deu a produtores acesso a anteriormente remotas partes da floresta. Os altos preços das commodities agrícolas levaram a um maior incentivo econômico para expandir as operações agrícolas na região, tornando a oportuna preservação das florestas da região ainda mais importante.

Este projeto de Redução das Emissões por  Desmatamento e Degradação Florestal (REDD) protege uma faixa de floresta tropical de quase 300 vezes o tamanho do Central Park, ao financiar iniciativas que oferecem uma alternativa de sustento à agricultura de subsistência e extração ilegal de madeira, que dependem ambas do desmatamento. O Programa Ambiental Mundial  da  desenvolvedora de projetos Greenoxx usará os recursos da venda de créditos de carbono para aumentar a patrulha de campo e o monitoramento por satélite, para prevenir o desmatamento ilegal, ao mesmo tempo em que oferecerá benefícios para as comunidades próximas por meio de programas sociais tais como investimentos em saúde, educação e alternativas de sustento. O projeto também preservará o habitat de quatro espécies de floresta úmida –  e 11 espécies animais –  ameaçadas.

A SCS validou o projeto de acordo com a VCS, confirmando a contabilidade de carbono do projeto, como também seu risco VCS mínimo  (10%) e incerteza (7,7%). O projeto também foi validado pela SCS de acordo com a Aliança Clima, Comunidade & Biodiversidade (padrões CCB), assegurando que benefícios sociais e ambientais excepcionais serão gerados. O projeto obteve o  status "Nível Ouro", o mais alto de acordo com os padrões CCB.

A SCS Global Services (SCS) apresenta liderança global em certificação de sustentabilidade e ambiental de terceiros, auditoria, testes e desenvolvimento de padrões já há quase 30 anos. Nossos programas abrangem uma larga seção transversal de indústrias, reconhecendo conquistas em construção verde, fabricação de produtos, comida e agricultura, silvicultura, varejo e mais. Uma certificadora autorizada por ISO/IEC Guia 65, nós oferecemos serviços de acordo com uma ampla variedade de programas de certificação internacionalmente reconhecidos. Nós somos uma corporação de benefício registrada e uma B Corp™ certificada, refletindo nosso compromisso com práticas empresariais social e ambientalmente responsáveis.

FONTE  SCS Global Services

CONTATO: Nick Kordesch, +1-510-452-8035, NKordesch@scsglobalservices.com

FONTE SCS Global Services

SOURCE SCS Global Services