Shell lança óleo de motor revolucionário para indústria de transporte marítimo

LONDRES, 30 de julho de 2012 /PRNewswire/ -- A Shell (NYSE: RDS.A) (NYSE: RDS.B) lançou hoje o Shell Alexia S4, seu óleo de motor marítimo mais inovador desta geração. Ao contrário dos convencionais óleos de cilindro, ele pode ser usado em uma ampla gama de embarcações e tipos de motor, especificações de combustíveis, cargas e climas - desde a Antártida para a Amazônia e o Canal de Suez. Isso significa que os navios não precisam mais carregar vários óleos. O Shell Alexia S4 também funciona de forma eficaz em qualquer velocidade da embarcação, incluindo lento e ultralento, especialmente importante para os navios modernos que têm de variar a velocidade para reduzir o consumo de combustível e atender horários rigorosos.

"A Shell Marine Products tem uma herança orgulhosa de trabalho com nossos clientes há mais de 100 anos. Nós desenvolvemos um óleo de motor mais inteligente para atender as crescentes necessidades da indústria moderna de transporte marítimo", disse Surinderdeep Singh, gerente geral da Shell Marine Products. "O Shell Alexia S4 oferece simplicidade operacional, potencial redução de custos e desempenho comprovado em condições difíceis."

A nova formulação protege melhor os motores, o que pode reduzir a manutenção e uso de óleo e reduz a necessidade de desligar os motores para reparo. Tudo isso pode oferecer operações mais simples e menores custos para os operadores de navios de hoje, diante de um mercado competitivo e normas de emissões cada vez mais rígidas.

Os cientistas da Shell desenvolveram o Shell Alexia S4 com base em sua experiência única de 20 anos em estresse de óleo, um dos fatores que degradam os lubrificantes e os impede o trabalho. A nova formulação, com uma combinação inovadora de aditivos, passou por testes rigorosos no Centro de Inovação Energética e Naval da Shell em Hamburgo, Alemanha. Testes em motores de laboratório sob condições simuladas de vapor lento demonstraram que o Shell Alexia S4 forneceu uma melhoria de até 20% no desgaste geral do motor em comparação com o óleo de cilindro existente da Shell e superou todos os outros óleos testados. Também foi amplamente testado durante mais de 25.000 horas de testes de campo por clientes e pelos fabricantes de motores originais MAN e Wartsila. Aqui ele provou sua capacidade de proteger os motores que funcionam com destilados* e combustíveis residuais contendo 0,2% a 3,75% de enxofre em uma variedade de locais e climas, inclusive na Antártida, Oriente Médio e América do Sul. Com o apoio técnico e uma mudança para o Alexia S4, um estudo específico mostrou uma redução de 33% na velocidade de alimentação do óleo. O Alexia S4 estará disponível aos clientes a partir de 1 de agosto de 2012.

*Para até 1000 horas em certos motores

Para uma animação explicando os benefícios do Shell Alexia S4 acesse: http://www.shell.com/home/content/marine_products/alexia/animation/

Para mais informações sobre o Shell Alexia S4 acesse: http://www.shell.com/home/content/marine_products/alexia/about/

Para imagens, por favor, acesse: http://shell.qbank.se/v2.7/mb.php?h=4802a93a7c470bee8a89002f88b41b69

B-roll footage estão disponíveis mediante pedido.

Notas aos Editores

Shell Marine Products

A Shell fornece lubrificantes para a indústria marítima por meio de sua empresa Shell Marine Products. Atende mais de 15.000 embarcações de clientes, desde grandes navios oceânicos a pequenos barcos de pesca em cerca de 500 portos e 47 países. Os serviços de aconselhamento técnico que oferecemos ajudam nossos clientes a atingir o valor máximo do uso de nossos produtos de lubrificantes em todos os tipos de máquinas e equipamentos em um navio. http://www.shell.com/home/content/marine_products/

Royal Dutch Shell plc

A Royal Dutch Shell plc é legalmente estabelecida na Inglaterra e País de Gales, tem sua sede em Haia e está listada nas bolsas de valores de Nova York, Londres e Amsterdã. As empresas Shell operam em mais de 80 países e territórios com negócios que incluem exploração e produção de petróleo e gás, produção e comercialização de gás natural liquefeito e gás em líquidos, fabricação, marketing e transporte de produtos petrolíferos e produtos químicos e projetos de energia renovável. Para mais informações, visite http://www.shell.com.

Nota de advertência

As empresas em que a Royal Dutch Shell plc direta ou indiretamente detém investimentos são entidades separadas. Neste comunicado de imprensa, "Shell", "Shell Group" e "Royal Dutch Shell" são termos às vezes usados por conveniência, onde há referências à Royal Dutch Shell plc e suas subsidiárias em geral. Do mesmo modo, as palavras "nós", "nos" e "nossos" são também usadas para referências às subsidiárias em geral ou àqueles que nelas trabalham. Estas expressões são também usadas onde não há propósito na identificação de uma empresa em particular ou empresas. "Subsidiárias", "subsidiárias da Shell" e "empresas da Shell", como usados neste comunicado de imprensa, referem-se às empresas em que a Royal Dutch Shell exerce controle direto ou indireto, ao deter ou a maioria dos direitos de voto ou o direito de exercer controle de influência. As empresas em que a Shell tem influência significativa, mas não controla, são referidas como as "empresas associadas" ou "associadas", e as empresas em que a Shell tem controle compartilhado são referidas como "entidades conjuntamente compartilhadas". Neste comunicado de imprensa, associadas e entidades conjuntamente compartilhadas são também citadas como "investimentos contabilizados como equity". O termo "participação Shell" é usado por conveniência, para indicar a participação direta e/ou indireta (por exemplo, por meio de nosso controle de 23% das ações na Woodside Petroleum Ltd.) da Shell numa venture, parceria ou empresa, depois da exclusão dos interesses de todas as terceiras partes.

Este comunicado contém declarações prospectivas a respeito das condições financeiras, resultados das operações e negócios da Royal Dutch Shell. Todas as afirmações, outras que não se baseiem em fatos históricos são - ou podem estar fadadas a ser - declarações prospectivas. As declarações prospectivas são da ordem das expectativas futuras, baseadas nas atuais expectativas da administração e suposições, e envolvem riscos conhecidos e desconhecidos e incertezas que poderiam levar os resultados de fato, desempenho ou eventos, a diferirem materialmente daqueles expressos ou implícitos nestas declarações. As declarações prospectivas incluem, entre outras coisas, afirmações a respeito da exposição potencial da Royal Dutch Shell aos riscos do mercado e afirmações expressando as expectativas da administração, crenças, estimativas, previsões, projeções e suposições. Estas declarações prospectivas são identificadas pelo uso de termos e expressões tais como "antecipa", "crê", "poderia", "estima", "espera", "pretende", "pode", "planeja", "objetiva", "prevê", "provavelmente", "projeta", "será", "busca", "visa", "arrisca", "almeja", "deveria" e similares. Há um número de fatores que poderiam afetar as futuras operações da Royal Dutch Shell e que poderiam levar aqueles resultados a diferirem materialmente daquilo expresso nas declarações prospectivas incluídas neste comunicado de imprensa. Incluindo (sem limitações): (a) flutuações de preço para o petróleo bruto e gás natural; (b) mudanças nas demandas pelos produtos da Shell; (c) flutuações de moeda; (d) resultados de perfuração e produção; (e) estimativas de reservas; (f) perda de participação de mercado e competição industrial; (g) riscos ambientais e físicos; (h) riscos associados à identificação adequada do potencial de aquisição de propriedades e metas, bem-sucedida negociação e conclusão de tais transações; (i) o risco de fazer negócios em países em desenvolvimento e países sujeitos a sanções internacionais; (j) desenvolvimentos legislativos, fiscais e de regulamentação, incluindo medidas regulatórias para o tratamento das mudanças climáticas; (k) condições econômicas e financeiras do mercado em vários países e regiões; (l) riscos políticos, incluindo os riscos de expropriação e renegociação dos termos de contratos com entidades governamentais, atrasos ou avanços na aprovação de projetos e atrasos no reembolso de custos compartilhados; e (m) mudanças nas condições de negociação. Todas as declarações prospectivas contidas neste comunicado de imprensa estão expressamente qualificadas em sua inteireza pelas declarações prospectivas contidas ou citadas nesta seção. Os leitores não deveriam depositar exagerada confiança em declarações prospectivas. Fatores adicionais que podem afetar resultados futuros estão contidos no formulário 20-F da Royal Dutch Shell para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2011 (disponível em http://www.shell.com/investor e http://www.sec.gov- abre em uma nova janela). Estes fatores também deveriam ser considerados pelo leitor. Cada declaração de caráter futuro vale apenas pela data deste comunicado, 30 de julho de 2012. Nem a Royal Dutch Shell ou qualquer de suas subsidiárias assume qualquer obrigação de publicamente atualizar ou revisar qualquer declaração de caráter antecipatório como resultado de nova informação, eventos futuros ou outra informação. À luz destes riscos, resultados poderiam materialmente diferir daqueles afirmados, implícitos ou inferidos das declarações contidas neste comunicado de imprensa. Não há garantia de que os pagamentos de dividendo chegarão ou excederão aqueles divulgados neste comunicado no futuro ou que eles serão efetuados.

Utilizamos certos termos neste comunicado, como recursos, que as diretrizes da SEC (Comissão de Valores e Seguros dos Estados Unidos) expressamente nos proíbe de incluir em nossos registros junto à SEC. Os investidores dos EUA estão conclamados a estreitamente considerar o divulgado em nosso formulário 20-F, arquivo de número 1-32575, disponível no site da SEC http://www.sec.gov - abre em uma nova janela. Você também pode obter estes formulários da SEC ao ligar para 1-800-SEC-0330. 

INFORMAÇÕES:
Relações com a Imprensa da Shell International +44 (0) 20-7934-5550

FONTE Royal Dutch Shell plc

FONTE Royal Dutch Shell plc

SOURCE Royal Dutch Shell plc



RELATED LINKS
http://www.shell.com

More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.