A indústria de salmão cultivado põe a sustentabilidade antes da concorrência para atender à demanda recorde de consumo

BOSTON, 18 de março de 2014 /PRNewswire/ -- Hoje, na Seafood Expo North America (Feira de Frutos do Mar da América do Norte), em Boston, a Global Salmon Initiative (GSI), junto com o World Wildlife Fund (WWF), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) das Nações Unidas(ONU) e o Rabobank, vão se juntar pela primeira vez nos Estados Unidos para demonstrar como a indústria mundial do cultivo de salmão está liderando o caminho de mudança nas práticas do negócio de aquicultura para garantir um futuro sustentável para o setor.

Para ver o comunicado de notícias multimídia, favor clicar:
http://www.multivu.com/mnr/65032-global-farmed-salmon-industry

Os Estados Unidos são os maiores consumidores mundiais por país de salmão cultivado, tendo consumido mais de 282.000 toneladas em 2013. De fato, somente nos EUA a demanda dos consumidores por salmão cultivado aumentou 14% nos últimos 5 anos e não está mostrando sinais de desaceleração. A demanda global por salmão aumentou ainda mais rápido, dobrando na última década, e está prevista para dobrar de novo até 2020.  

O Pathways to Sustainability Seminar (Seminário Caminhos para a Sustentabilidade) pretende estabelecer um exemplo sobre como a cooperação entre membros da indústria de frutos do mar pode levar ao desenvolvimento sustentável e pode ser reproduzida em outros setores. Muitos líderes empresariais acreditam que uma mudança significativa nas atuais práticas empresariais é a única maneira de o setor atender ao seu potencial de mercado e a futura demanda global dos consumidores por salmão. Executivos da GSI reunidos em Boston com líderes mundiais da sustentabilidade estão hoje anunciando seu compromisso de por a sustentabilidade na frente da competição, de modo a buscar um modelo único de cooperação ambiental como um motor para o sucesso da sua indústria.

"É extremamente raro ver CEOs -- que normalmente estão competindo ferozmente por participação de mercado – juntando-se para tratar de desafios em torno da sustentabilidade", disse Jason Clay, vice-presidente sênior de transformação de mercado do WWF. "Este tipo de ação coletiva e firme no setor do salmão cultivado é o que é necessário a todas as commodities alimentícias se de fato esperamos alimentar nove bilhões de pessoas e ao mesmo tempo preservar a biodiversidade.".

Durante o seminário em 18 de março, líderes da GSI e o painel de especialistas avaliarão os sinais iniciais do modelo de cooperação da GSI e discutirão como a colaboração industrial pode ser traduzida em melhorias para o setor. Por sua vez, fornecendo uma solução sustentável, tanto econômica quanto ambientalmente, para a crescente demanda mundial por produtos altamente proteicos.

Na vanguarda da mudança na indústria da aquicultura, a GSI foi formada para ajudar a modificar as atuais práticas empresariais e concentra-se em um modelo de cooperação ambiental como um motor para o sucesso da indústria.

"As empresas atuantes na GSI reconhecem que a sustentabilidade é comercialmente sensível e ao fazerem um esforço público de práticas sustentáveis, eles estão ajudando a incluir a sustentabilidade como um motor estratégico para o sucesso de longo prazo", disse Jeroen Leffelaar, diretor-adjunto mundial de proteína animal do Rabobank.

A GSI escolheu três áreas prioritárias em que pretende traduzir o funcionamento do modelo em melhorias significativas para o setor. As prioridades específicas da GSI incluem:

  • Ter todas as empresas participantes certificadas pelo Salmon Standard (Padrão Salmão) da Aquaculture Stewardship Council (ASC) até 2020. Até hoje, os membros da GSI já certificaram suas primeiras três fazendas - uma comprovação do sucesso deste modelo único
  • Focar em biosegurança – primariamente em piolho marinho e gestão de doenças - onde as empresas-membro estão usando a transferência de conhecimentos como meio de geração de práticas de gestão melhoradas
  • Trabalhar com parceiras de setor para garantir fontes sustentáveis de alimento para atender a demanda crescente.  

"Como empresas individuais, nós podemos trabalhar tão duro quanto quisermos na melhoria de nossas operações de apoio ao crescimento sustentável, mas devido à natureza de nossos negócios, estamos inerentemente afetados pelas ações de nossos vizinhos e empresas similares", disse Jon Hindar, diretor-adjunto da GSI e CEO da Cermaq. "Ao nos concentrarmos em cooperação e colaboração, nós estamos vendo que progressos podem ser feitos em uma escala muito maior e a uma taxa muito mais rápida.".

SOBRE a GSI

A Global Salmon Initiative (GSI) é uma iniciativa de lideranças criada em 2013 por produtores mundiais de salmão cultivado com foco na conquista de progressos significativos em termos da sustentabilidade no setor. A GSI está empenhada em integralmente realizar a meta compartilhada de fornecer fontes de alimentação saudável altamente sustentável para alimentar uma população mundial em crescimento e ao mesmo tempo minimizar nossa pegada ambiental e continuar a melhorar a nossa contribuição social.

As empresas-membro da GSI member incluem a Bakkafrost; Blumar; Cermaq; Compania Pesquera Camanchaca; Empresas AquaChile; Grieg Seafood; Leroy Seafood Group; Los Fiordos; Marine Harvest; Norway Royal Salmon; SalMar; Multiexport Foods SA; The Scottish Salmon Company e  Scottish Sea Farms. As empresas da GSI estão presents no Chile, Canadá, Noruega, e Ilhas Faroe, Irlanda e Escócia e fazem contribuições significativas para as economias destes respectivos países.

Mais informações podem ser recebidas através do contato com o secretariado da GSI, AXON, em GSI@axon-com.com ou visitando http://www.globalsalmoninitiative.org.  Siga a GSI no Twitter @GSI_Salmon.

SOBRE o ASC

ASC é a sigla para Aquaculture Stewardship Council (Conselho Administrativo da Aquicultura) uma organização independente sem fins lucrativos. O ASC foi fundado em 2010 pelo WWF e IDH (Iniciativa de Comércio Sustentável da Holanda) para administrar padrões mundiais de aquicultura responsável, desenvolvidos por Aquaculture Dialogues, um programa de mesas redondas iniciado e coordenado pelo WWF. O ASC visa ser o principal programa mundial de certificação e selos para frutos do mar responsavelmente cultivados. O ASC é uma organização mundial trabalhando com produtores de aquicultura, processadores de frutos do mar, empresas de varejo e de serviços alimentícios, cientistas, grupos de conservação e o público para promover a melhor escolha social e ambiental em frutos do mar. O programa de certificação e em aquicultura do ASC e de selos para frutos do mar reconhece e recompensa a aquicultura responsável.

REFERÊNCIAS
Disponíveis mediante solicitação.

Contatos de mídia:
Sophie Ryan
AXON Communications
+44(0)7809-390-664
sryan@axon-com.com

Jill Moors
AXON Communications
+44(0)203-595-2415
jmoors@axon-com.com

FONTE Global Salmon Initiative

SOURCE Global Salmon Initiative



RELATED LINKS
http://www.multivu.com/mnr/65032-global-farmed-salmon-industry
http://www.globalsalmoninitiative.org

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.