2014

Alerta aos expatriados: nem todos os leasings são criados iguais. Proteja-se e saiba quais são as diferenças antes de assinar os papéis!

WOODBURY, Nova York, 6 de Julho de 2012 /PRNewswire/ -- Os expatriados, ou pessoas que se mudam para os Estados Unidos por motivo de trabalho, podem enfrentar vários desafios para fazer aqui o leasing (arrendamento) de um veículo, já que não possuem um histórico estabelecido de crédito nos EUA. Nos Estados Unidos, há dois tipos de leasing de automóveis – abertos ("open-end") e fechados ("closed-end") – tanto para veículos novos como usados. Os expatriados precisam se proteger e saber a diferença antes de assinar, para ter certeza de que estão fazendo um bom negócio.

Leasing Fechado – Às vezes chamados também de "walk-away leases", os leasings fechados se baseiam na quantidade de milhas que um cliente típico roda por ano (12.000), na condição de que o veículo seja utilizado em condições normais de condução de veículos, e no fato de que o valor residual do veículo é conhecido desde o início. Para os expatriados, esta é uma boa opção, pois trata-se de um contrato de leasing sem riscos, com todos os custos definidos e conhecidos antes de assinar o contrato de leasing. A escolha de um plano de leasing direto do fabricante protege o expatriado com um valor residual mais alto, prestações mensais mais baixas e taxas de juros reduzidas, que não são encontradas em outros lugares. Ao final do prazo de leasing, o cliente simplesmente devolve o veículo e não tem mais nenhuma responsabilidade, exceto por um possível desgaste excessivo do veículo ou por encargos devido a milhagem adicional percorrida. 

Leasing Aberto – Usado mais tipicamente por empresas, é o arrendatário, neste caso, que assume todos os riscos financeiros. Nos leasings abertos, os pagamentos mensais são muito mais elevados e o custo total do arrendamento é desconhecido até que transcorra todo o período contratado de leasing. No caso, se um expatriado decidir celebrar um contrato deste tipo de leasing, ele será responsável por pagar a diferença entre o valor estimado do final do contrato de leasing e o valor de mercado do veículo ao final do leasing. Os expatriados devem ter cuidado porque os leasings abertos são muitas vezes promovidos como uma boa opção já que os clientes não ficam amarrados num contrato de longo prazo. No entanto, acontece frequentemente que os expatriados terminam pagando mais por esta flexibilidade, já que os pagamentos mensais são normalmente mais elevados do que os dos leasings abertos e, também, os arrendatários ficam responsáveis pela diferença entre o valor residual e o preço de mercado, que pode resultar na necessidade do pagamento de uma soma elevada por ocasião da devolução do veículo!

Por décadas, a International AutoSource tem auxiliado os expatriados que não têm histórico de crédito nos EUA a arrendar veículos neste país. Através de planos de leasing direto dos fabricantes, os expatriados têm acesso a programas de leasing fechados, mais seguros e a tarifas mais baixas. Para ler mais sobre a AutoSource, visite http://www.intlauto.com.

Contato: James Krulder

International AutoSource

+1-516-496-1810, jkrulder@intlauto.com

FONTE  International AutoSource

FONTE International AutoSource

SOURCE International AutoSource



RELATED LINKS
http://www.intlauto.com

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.