2014

Novo relatório de política sobre drogas da Organização dos Estados Americanos avalia a reforma da política sobre drogas: o relatório de nível mais elevado até hoje

BOGOTÁ, Colômbia, 17 de maio de 2013 /PRNewswire/ -- A Open Society Foundations recebeu hoje um relatório reformulador do controle de drogas que considera as possíveis alternativas às políticas internacionais atuais sobre drogas.

"A avaliação explora o que pode ser feito em um mundo pós guerra mundial", disse Kasia Malinowska-Sempruch, diretora do Programa Mundial de Política sobre Drogas da Open Society. "Este relatório prevê uma série de possibilidades que vai ampliar o debate atual sobre a reforma da política sobre drogas."

A avaliação da Organização dos Estados Americanos, encomendada na Cúpula das Américas de Cartagena no ano passado, reflete a crescente insatisfação com o status quo. Vários chefes de estado latino-americanos, frustrados com o fracasso e a natureza contraproducente das estruturas de controle de drogas existentes, pressionaram por esta avaliação.

David Holiday, responsável regional sênior pela defesa do programa da Open Society para a América Latina, disse: "Este é o início de um diálogo internacional sobre uma nova abordagem em relação às drogas. Podemos esperar que isso altere as políticas atualmente baseadas na repressão para estratégias enraizadas em saúde pública e direitos humanos. "

Trata-se notavelmente da primeira vez que qualquer grande agência multilateral fornece uma visualização séria e detalhada para alternativas à proibição, inclusive com a regulamentação do mercado legal ou reforma das convenções sobre drogas da ONU.

Este relatório prevê diferentes possibilidades para o futuro da política sobre drogas de entre hoje e 2025. Ele estabelece uma série de cenários, inclusive muitos que seriam impensáveis alguns anos atrás.

"Embora os líderes tenham falado sobre a mudança de 'criminalização' para 'saúde pública' na política sobre drogas, abordagens punitivas e de abstinência ainda têm predominado, mesmo na esfera da saúde", disse Daniel Wolfe, diretor do Programa da Open Society Internacional de Redução dos Efeitos Nocivos. "Esses cenários oferecem uma oportunidade para os líderes de substituir a detenção indiscriminada e abusos de direito por abordagens que distinguem entre usuários e traficantes e oferecer serviços de saúde de base comunitária que funcionem melhor para aqueles que precisam."

O Relatório de Cenários é um grande avanço no debate sobre a reforma política sobre drogas mundial. Este documento também será acompanhado por uma revisão em nível nacional na terça-feira, quando a Comissão Consultiva da Colômbia sobre a Política de Drogas irá produzir um relatório com foco nos resultados e impactos das estratégias nacionais.

A Assembleia Geral das Nações Unidas convocará uma sessão especial sobre drogas em 2016 e espera-se que os cenários previstos pela Organização dos Estados Americanos influenciem algumas das discussões.

FONTE Open Society Foundations

FONTE Open Society Foundations

SOURCE Open Society Foundations



More by this Source


Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.