Oscar D'Leon, Juan Formell, Roberto Menescal, Totó La Momposina, Palito Ortega, Eddie Palmieri, e Miguel Ríos serão homenageados com O Prêmio à Excelência Musical da Academia Latina da Gravação® MARIO KREUTZBERGER "DON FRANCISCO" E PEDRO RAMIREZ VELAZQUEZ RECEBERÃO O PRÊMIO DA JUNTA DIRETIVA

MIAMI, 3 de setembro de 2013 /PRNewswire/ -- Oscar D'León, Juan Formell, Roberto Menescal, Totó La Momposina, Palito Ortega, Eddie Palmieri e Miguel Ríos serão homenageados com o Prêmio à Excelência Musical da Academia Latina da Gravação® e Mario Kreutzberger "Don Francisco" e Pedro Ramírez Velázquez receberão o prestigiado Prêmio da Junta Diretiva, conforme anunciado hoje pela Academia Latina da Gravação. Estes homenageados serão reconhecidos em uma cerimônia especial somente para convidados na quarta-feira, 20 de novembro, no Four Seasons Hotel Las Vegas, como parte da celebração de uma semana da 14ª Entrega Anual do Latin GRAMMY ®. Para notícias e conteúdo exclusivo, participe das redes sociais da Academia Latina da Gravação no Twitter e Facebook.

(Logo: http://photos.prnewswire.com/prnh/20080819/LATU001LOGO)

"É com grande orgulho que anunciamos os homenageados deste ano, que não só sintetizam a essência dos verdadeiros mestres de sua arte e gênero, mas representam o espectro musical global que abrange a comunidade latina em geral", disse Gabriel Abaroa Jr., presidente/CEO da Academia Latina da Gravação. "Continuamos agradecidos por suas contribuições para o legado musical do mundo latino e celebramos e homenageamos suas realizações e o talento que  graciosamente compartilham conosco ao longo dos anos e que sobreviverão para as gerações vindouras."

O Prêmio à Excelência Musical é definido pelos votos dos membros da Junta Diretiva da Academia Latina da Gavação e concedido àqueles que tenham dado contribuições criativas de extraodinária relevância artística no campo da música durante suas carreiras.

Nascido com o ritmo em seu sangue, o renomado cantor e músico venezuelano Oscar D'León é conhecido como "El León de la Salsa" ("O Leão da Salsa"). Ainda jovem, D'León expressou o gosto pela música improvisando harmonias vocalmente e usando tampas para imitar os ritmos de percussão. Autodidata como baixista, ele ganhou notoriedade por sua capacidade de entreter, dançar, cantar e tocar instrumentos ao se apresentar. Em 1972, formou o grupo Dimensión Latina, com o qual lançou um de seus hits mais famosos, "llorarás". Em 1976, deixou o grupo para formar mais duas orquestras, La Salsa Mayor e La Crítica. Nos anos 80, a carreira solo de D'León ganhou ainda mais fama internacional quando ele começou uma turnê pela Europa e se tornou um fenômeno da noite para o dia naquele continente. Em sua carreira de 30 anos, já se apresentou no Japão, Austrália, Cuba, Turquia, Canadá e América Latina, entre outros lugares. Hoje, continua gravando e é um grande filantropo.

Músico cubano de renome, o baixista, compositor e arranjador Juan Formell é a verdadeira definição de um inovador musical. Seus estudos começaram sob a tutela de seu pai, o músico e compositor Francisco Formell. À medida que o seu talento crescia, ele começou a trabalhar com alguns dos artistas mais famosos em Havana o que o levou a gravar  suas composições de grande sucesso com a Orquestra de Carlos Faxas, "Ya Lo Se," "De Mis Recuerdos" e "Lo Material". O trabalho de Formell com a Orquestra de Elio Reve marcou sua genialidade como um pioneiro no som da música popular. Introduziu instrumentação eletrônica no campo da música cubana, mudando sua forma, estilo e estrutura, resultando na criação da "La Nueva Trova Cubana" ("A nova balada de Cuba"). Em 1969, criou Los Van Van, uma das bandas mais importantes e influentes da história da música pop cubana e, posteriormente, ganhou um GRAMMY® em 1999 de Melhor Performance de Salsa. É autor de mais de 250 obras musicais, compostas para o teatro, televisão e cinema, e percorreu o mundo, continuando a experimentar e criar novos ritmos e sons.

Com uma carreira que se estende por mais de 50 anos como compositor, produtor, guitarrista e vocalista, Roberto Menescal é reverenciado como um dos fundadores da bossa nova. Nascido no Brasil e começando sua carreira profissional aos 20 anos, sua capacidade criativa e brilhante de compor, juntamente com o uso rítmico do violão, levou-o a criar algumas das canções mais amadas e que viraram clássicos no país, como "O Barquinho", "Você", "Nós e o Mar", "Bye, Bye Brasil" e "Rio", entre outras. Além de formar a base para o som da bossa nova, Menescal já se aventurou por vários gêneros da música latina, inclusive pop brasileiro, MPB e samba. Compôs duas trilhas sonoras para o cinema e quatro livros biográficos foram escritos sobre o trabalho e as contribuições de sua vida. Ele continua se apresentando pelo mundo, gravando e participando de oficinas musicais em todo o Brasil.

Vinda da Colômbia, a cantora e performática Totó La Momposina é um tesouro nacional. Sua música é inspirada por uma rica mistura cultural da história africana, indígena e espanhola que abraça sua terra natal e é representada nos ritmos latino-americanos que ela apresenta. Excursionando e se apresentando quando jovem em aldeias costeiras, seu profundo amor por suas raízes e tradições musicais desenvolveu-se em seu estilo característico. Ao estudar a história da música, coreografia e ritmo na Universidade Sorbonne de Paris, ela também começou a turnê na Europa, apresentando pela primeira vez a música indígena de sua terra natal para o exterior. Turnês na América Latina e no Caribe viriam a seguir, juntamente com uma mudança para Cuba, onde estudou bolero. Ela continua a excursionar pelo circuito internacional, compartilhando a história colorida, as melodias nativas e as formas rítmicas de sua amada Colômbia.

O cantor, ator, produtor e ex-político argentino Palito Ortega é parte integrante do grande panteão de artistas do rock and roll cujas inovações formam parte da nueva ola (nova onda) da música durante os anos 1960. Devido à sua idolatria pelo lendário Elvis Presley, ele começou a tocar com diferentes bandas até partir para a carreira solo. Ao colaborar com o compositor Dino Ramos, rapidamente alcançou o sucesso com hits como "Sabor A Nada", "Lo Mismo Que Usted" e "Vestida de Novia". Sua popularidade lhe rendeu um papel de protagonista no programa musical de televisão "El Club Del Clan" e, logo depois, uma carreira no cinema. Durante sua carreira, gravou 27 álbuns, atuou em 26 filmes e emergiu como ídolo dos adolescentes. Depois de várias décadas de sucesso no mundo do entretenimento, voltou suas atenções à política, tornando-se governador da província de Tucumán, na Argentina, em 1991. Ele continua a se apresentar e permanece ativo gravando e colaborando com vários artistas.

O pianista e vencedor por oito vezes do GRAMMY e Latin GRAMMY, líder de banda e músico, Eddie Palmieri já gravou cerca de 40 álbuns e tem uma carreira que se estende por mais de cinco décadas. Da primeira geração "Nuyorican", é mais conhecido por combinar piano jazz e solos instrumentais com ritmos latinos. Inspirado por seu irmão mais velho, o renomado pianista Charlie Palmieri, formou a banda Conjunto La Perfecta, em 1961, liderada pelo cantor Ismael Quintana, e viria a criar um estilo influente e um som único. Em 1975, ganhou seu primeiro GRAMMY de Melhor Gravação Latina por The Sun of Latin Music, sendo a primeira vez que a premiação reconhecia o gênero da música latina. Palmieri já excursionou pelo mundo várias vezes e recebeu inúmeros prêmios, honrarias e distinções.

Reconhecido como um dos pioneiros do rock en español, o cantor, compositor, diretor, produtor e ator espanhol Miguel Ríos é um tour de force. Seus inúmeros concertos e turnês lotados ressoam com os fãs de rock de todas as idades há mais de 50 anos. Em 1970, ele lançou uma de suas obras-primas, no auge do movimento de rock sinfônico, "Himno de La Alegría" ("Hino da Alegria"), que contou com um trecho da Nona Sinfonia de Beethoven. A gravação vendeu mais de 3 milhões de cópias em todo o mundo e atingiu o décimo quarto lugar na Billboard Hot 100. Em 1982, lançou um álbum duplo ao vivo do seu concerto Rock & Rios, vendendo mais de 450.000 cópias em menos de um ano. A gravação é considerada pelos críticos de música como uma das obras mais importantes do rock espanhol moderno. Participoude inúmeros concertos beneficentes e recebeu diversos prêmios, distinções e louvores em toda a península espanhola.

Prêmio da Junta Diretiva: Este prêmio especial é outorgado por votação dos curadores da Academia Latina da Gravação e concedido a indivíduos que tenham dado contribuições significativas, que não performances, no campo da música, ao longo de suas carreiras.

Adorada personalidade da televisão, Mario Kreutzberger, mais conhecido como"Don Francisco", tem sido personalidade básica para o entretenimento nos lares latinos nos Estados Unidos, Chile e América Latina há mais de 50 anos. Criador e apresentador do "Sábado Gigante"  desde 1962, o programa passou a fazer parte da história da televisão e serviu como uma plataforma para o desenvolvimento, tendo descoberto artistas que ali se apresentam para mostrar a sua música a uma enorme população de língua espanhola. O Guinness World Records declarou "Sábado Gigante" o mais antigo programa de variedades da televisão nas Américas, sendo apresentado ininterruptamente pelo seu mesmo astro anfitrião.Em 2012, o programa comemorou seu 50° aniversário. Juntamente com o show de variedades, ele apresenta o programa baseado em entrevista "Don Francisco Presenta" e o "Teletón", para captação de contribuições beneficentes. Além disso, Don Francisco é um respeitado autor de jingles e recebeu inúmeros prêmios, inclusive uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood e um Emmy® honorário por ser um "líder da televisão em língua espanhola". Em 2012, passou a fazer parte do Television Academy Hall of Fame.

Em tenra idade, o músico, compositor e diretor musical mexicano, Pedro Ramírez Velázquez, era fascinado pelo trompete. Depois de estudar formalmente na Escuela Libre de Música na Cidade do México, logo se juntou à trupe musical de seu pai como um segundo trompetista, algo sem precedentes para as bandas de mariachi no final dos anos 40. Em 1954, aos 14 anos, foi convidado a participar do Mariachi México de Pepe Villa, um grupo que recebeu a aclamação da crítica pelas orquestrações de dois trompetes. Velázquez permaneceu com o grupo ao longo do que os críticos consideram a idade de ouro da música mariachi e, com a sua saída na década de 1970, ele começou a arranjar, dirigir e produzir alguns dos mais lendários atos na história da música latina. Já colaborou com Angélica Maria, Leo Dan, Roberto Carlos e Beatriz Adriana, entre outros, e atua como diretor musical exclusivo para Vicente e Alejandro Fernández, o que lhe rendeu três Latin GRAMMYs.

A Academia Latina da Gravação é uma organização internacional composta por artistas, músicos, compositores, produtores e outros profissionais técnicos e artísticos da gravação de língua espanhola e portuguesa. A organização se dedica a melhorar a qualidade de vida e as condições culturais da música latina e de seus criadores. Além de produzir a Entrega Anual do Latin GRAMMY para premiar a excelência nas artes e nas ciências da gravação, a Academia Latina da Gravação promove programas educativos e assistenciais para a comunidade musical latina. Para mais informações sobre a Academia Latina da Gravação, por favor, visite o site LatinGRAMMY.com. Para ter acesso a notícias de último momento e conteúdo exclusivo, siga @LatinGRAMMYs no Twitter, torne-se um fã no Facebook, e associe-se às redes sociais da organização Foursquare, Google+, Instagram, Pinterest, Tumblr e YouTube.

FONTE The Latin Recording Academy

FONTE The Latin Recording Academy

SOURCE The Latin Recording Academy



RELATED LINKS
http://www.grammy.com

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.