Pew aplaude voto do Parlamento Europeu sobre aumento das restrições para remoção e retenção das barbatanas de tubarões

Nov 22, 2012, 14:17 ET from Pew Environment Group

BRUXELAS, 22 de novembro de 2012 /PRNewswire/ -- O Parlamento Europeu votou hoje a favor do aumento das restrições da União Europeia para remoção e retenção das barbatanas de tubarões e descarte dos corpos no mar (em inglês, "shark finning"). Foram 566 membros do Parlamento Europeu votando a favor da proposta da Comissão Europeia para acabar com uma brecha mediante a exigência de que as barbatanas permaneçam naturalmente presas em todos os tubarões transportados por embarcações de pesca da União Europeia em todo o mundo e em todas as embarcações que entrarem com tubarões na União Europeia.     

(Foto: http://photos.prnewswire.com/prnh/20121122/DC17877)

Uta Bellion do Pew Environment Group emitiu a seguinte declaração como resposta à votação:  

"O voto do Parlamento é um passo muito importante para acabar com essa prática que representa um desperdício, da remoção e retenção das barbatanas dos tubarões e descarte dos corpos ao mar. Agradecemos profundamente a comissária Damanaki por sua proposta ambiciosa e de extrema visão, as centenas de membros do Parlamento europeu que a apoiaram e, principalmente, os milhares de cidadãos da União Europeia que os encorajaram a fazer isso.  

"Ministérios da Pesca de toda a União Europeia já deram uma nítida indicação de que apoiam a postura da comissão por uma grande maioria. Tentaremos agora que aceitem as deliberações do parlamento e promulguem a regulamentação o quanto antes."  

A regulamentação anterior da União Europeia que proibia a remoção e retenção das barbatanas de tubarão ("shark finning") previa uma exceção na qual os pescadores com licenças para isso poderiam remover as barbatanas dos tubarões à bordo do navio e chegar em terra com as barbatanas separadas dos corpos dos tubarões. Isso abria a possibilidade para a prática oculta do "shark finning", já que o processo de monitoramento era complexo e envolvia medir e comparar os pesos das barbatanas com os tubarões inteiros que haviam sido trazidos.  

Mike Walker
32476622575
MWalker@pewtrusts.org

FONTE Pew Environment Group

FONTE Pew Environment Group

SOURCE Pew Environment Group