Relatório da GSMA revela que telefonia móvel promove crescimento sem precedentes no mundo árabe Novo Observatório Móvel pede espectro extra e regulamentações transparentes para gerar mais empregos e investimentos

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 12 de fevereiro de 2013 /PRNewswire/ -- A GSMA publicou hoje sua primeira avaliação detalhada do impacto do setor de telefonia móvel nos Estados Árabes(10), destacando o crescimento estrondoso dos serviços de telefonia móvel na região. Com base em uma pesquisa feita pela Deloitte, o Observatório Móvel dos Estados Árabes da GSMA(2) apresenta em detalhes a forte concorrência no mercado regional e a queda de preços de aparelhos, que promoveram um crescimento anual de 32% nas conexões móveis nos últimos dez aos, as quais passaram de 19 milhões, em 2002, para 391 milhões em 2012. 

O relatório destaca o extraordinário desenvolvimento na região na última década, mas identifica desafios fundamentais que colocam o crescimento do setor em risco, como, por exemplo, disponibilidade limitada de espectro, alta tributação e regulamentações rígidas. 

"As comunicações móveis nos Estados Árabes transformaram a sociedade e promoveram um crescimento significativo em investimento, inovação e produtividade", comentou Tom Philips, diretor de assuntos governamentais e regulamentares da GSMA. "Porém, existem oportunidades ainda maiores para o setor móvel na região. Os governos precisam tomar medidas agora para aumentar a disponibilidade de espectro e estabilizar o ambiente regulamentar se quiserem manter o impulso e concretizar todo o potencial do setor móvel." 

Impacto econômico do setor móvel 
O ritmo acelerado da adoção da telefonia móvel trouxe vantagens econômicas significativas para a região, e contribuiu diretamente com US$132 bilhões para as economias dos Estados Árabes, ou aproximadamente 5,5% do total do PIB, em 2011(3). 

Além do valor econômico, o setor móvel contribuiu para a geração de empregos na região. O número de empregos de tempo integral criados nos Estados Árabes como resultado da disponibilidade da tecnologia móvel foi de mais de 1,2 milhão em 2011, segundo as estimativas. Esse número representa uma combinação de empregos diretos oferecidos pela operadoras de comunicações móveis com empregos oferecidos peloecossistema móvele o efeito multiplicador causado pelo impacto empresarial positivo do ecossistema móvel em diversos setores, o que amplia ainda mais a criação de empregos. Se houvesse uma alocação de espectro harmonizado extra à banda larga móvel, 5,9 milhões de empregos adicionais poderiam ser criados até 2025, de acordo com o estudo.

Necessidade urgente de espectro extra
As conexões móveis de banda larga em todos os Estados Árabes deverão ter um aumento descomunal de 255% até 2017, passando de 40 milhões em 2011 para 142 milhões, e refletindo o apetite voraz por serviços móveis de banda larga. As conexões móveis de banda larga já superaram em mais de 350% as conexões fixas.

Porém, para aumentar a penetração e a capacidade do setor móvel e para colher os benefícios econômicos a ele associados, os governos na região precisam urgentemente fornecer espectro adequado e alinhado com as bandas de espectro harmonizado regionais e internacionais, inclusive Dividendo Digital, bandas de 2,6GHz e 1,8GHz.  

A liberação do espectro adicional poderia aumentar o PIB combinado da região em US$ 108 bilhões(4) entre 2015 e 2025. A harmonização das bandas de espectro resultaria em economias de escala para os fabricantes de dispositivos, o que, por sua vez, aumentaria o acesso dos consumidores a tecnologia móvel de melhor preço.

Santino Saguto, consultor associado e líder de TMT para a Deloitte do Oriente Médio, comentou, "A penetração da telefonia móvel aumentou imensamente nos últimos cinco anos e é agora superior a 100% em vários países dos Estados Árabes. Porém, para atender a demanda prevista de serviços de nova geração, os governos precisam continuar apoiando o desenvolvimento de banda larga móvel, principalmente através do fornecimento do espectro apropriado. As alocações atuais de espectro não são capazes de sustentar o crescimento potencial em tráfego de dados e, a menos que sejam aumentadas, haverá aumento no custo de provisão, desafios às decisões de investimento e aumento na congestão da rede." 

Necessidade de maior segurança regulamentar  
O estudo apontou também a necessidade urgente de os governos revisarem os impostos sobre telefonia móvel e os regimes regulamentares na região. Políticas para tecnologia de informação e comunicação que apoiem legislações menos rígidas aumentarão o investimento das operadoras de telefonia móvel nos serviços de dados de próxima geração em toda a região. 

A alta tributação, para o consumidor, sobre serviços e produtos móveis está travando o crescimento do setor, diminuindo o acesso e, por sua vez, os níveis de uso, negando aos membros menos privilegiados da população o acesso aos serviços móveis. Vários países na região, inclusive Egito, Jordânia e Marrocos têm impostos extremamente altos para os serviços móveis como resultado de impostos para artigos de "luxo" ou específicos ao setor de telefonia móvel. 

Se as necessidades de espectro forem atendidas e houver segurança regulamentar, os governos terão a chance de gerar uma receita extra significativa com o ecossistema móvel, e poderão arrecadar US$ 528,7 milhões no Oriente Médio Árabe e US$ 383,7 milhões na África do Norte até 2025. 

Phillips continuou: "O setor móvel dos Estados Árabes está fazendo uma contribuição importante para suas sociedades e economias. Porém, há uma oportunidade nítida de fazer uma contribuição ainda maior para o sucesso da região e seu crescimento, por meio do fornecimento de dados móveis e serviços de banda larga móvel. Essa oportunidade poderá se concretizar com a solução dos principais problemas de disponibilidade de espectro, tributação e investimento na rede, e com a criação de um ambiente regulamentar mais transparente e mais amigável para as empresas."   

Para acessar o relatório, visite: www.gsma.com/MO

Notas para os Editores
(1) Os "Estados Árabes" são definidos neste relatório como sendo os seguintes países: Bahrain, Iraque, Jordânia, Kwuait, Líbano, Omã, Palestina, Qatar, Arábia Saudita, Síria, Emirados Árabes Unidos, Iêmen (Oriente Médio Árabe); e Argélia, Egito, Líbia, Marrocos, Tunísia, Sudão e Sudão do Sul (África do Norte). 

(2) Esse relatório foi preparado pela Deloitte para a GSMA, é o primeiro Observatório Móvel (Mobile Observatory) da GSMA a se concentrar nos Estados Árabes. Fornece uma análise completa do setor de comunicações móveis no Oriente Médio Árabe e na África do Norte. O relatório apresenta as estatísticas mais recentes e desenvolvimentos no mercado móvel, e é uma referência importante para os membros do setor móvel, responsáveis pela elaboração de políticas e outras partes interessadas. Avalia a situação do setor, inclusive a evolução da concorrência, inovação em produtos novos, serviços e tecnologias, e a contribuição do setor para o desenvolvimento social e econômico da região.  

(3) O impacto econômico total do setor de comunicação móvel em 2011 foi US$ 98,1 bilhões para o Oriente Médio Árabe e US$ 34,1 bilhões para a África do Norte, o que representa um PIB de 6,2% e 4,9%, respectivamente. 

(4) US$ 57,5 bilhões no Oriente Médio Árabe e US$ 50,5 na África do Norte.

Sobre a GSMA
A GSMA representa os interesses de operadoras de tecnologia móvel do mundo inteiro. Cobrindo mais de 220 países, a GSMA reúne quase 800 operadoras celulares do mundo, com mais de 230 companhias no ecossistema móvel mais amplo, inclusive fabricantes de aparelhos, companhias de software, fornecedores de equipamentos e companhias de Internet, além de organizações em setores tais como serviços financeiros, saúde, mídia, transportes e serviços de utilidade pública. A GSMA também organiza eventos que são líderes do setor, como o Mobile World Congress e Mobile Asia Expo. 

Para obter mais informações, visite o web site corporativo da GSMA, em www.gsma.com ou Mobile World Live, portal online para o setor de comunicações móveis, em  www.mobileworldlive.com

FONTE  GSMA

FONTE GSMA

SOURCE GSMA



RELATED LINKS
http://www.gsma.com

Custom Packages

Browse our custom packages or build your own to meet your unique communications needs.

Start today.

 

PR Newswire Membership

Fill out a PR Newswire membership form or contact us at (888) 776-0942.

Learn about PR Newswire services

Request more information about PR Newswire products and services or call us at (888) 776-0942.